Clínica Geral

03/04/2015 02:20 - Atualizado em 08/12/2016 10:27

Consulta médica exige preparação adequada

Organizar os exames anteriores e vestir roupas adequadas são algumas dicas.

POR

Redação

  • +A
  • -A

Para algumas pessoas, a consulta médica pode ser motivo de preocupação e nervosismo. Elas não sabem o que falar ou mesmo levar para o consultório.

Não é preciso entrar em pânico, mas apenas ter em mente o que é necessário saber na hora de conversar com o médico. Preparar exames anteriores e identificar exatamente os sintomas pode ajudar num diagnóstico mais preciso.

consulta medica

Como se preparar para uma consulta médica

Antes da consulta médica, alguns preparativos são fundamentais. Comece procurando exames que você já tenha feito anteriormente e separe-os para levá-los e mostrá-los ao médico. Além dos exames e consultas anteriores, lembre também das doenças e de outros problemas de saúde que você já teve.

Prepare-se também para falar sobre os medicamentos que você toma ou já tomou. Os nomes e dosagens dos remédios são informações importantes e que podem fazer diferença na prescrição de novas medicações. Se não lembrar dessas informações ou não possuir as receitas, você pode levar a caixa do remédio para a consulta.

Geralmente, os médicos pedem para responder uma ficha sobre o histórico familiar de doenças. Por isso, é preciso também descobrir quais foram os problemas de saúde mais frequentes e as causas de morte dos seus parentes próximos.

Outra dica importante ao ir à consulta médica é vestir roupas confortáveis e que sejam fáceis de tirar e colocar, para caso sejam feitos alguns exames já na hora. Roupas muito apertadas podem atrapalhar no momento de tirar a pressão, por exemplo. Além disso, evite usar muitos acessórios, como anéis, pulseiras e colares.

Enfim, saber explicar o que você está sentindo é um dos aspectos mais importantes na hora de conversar com o médico. Para ajudar nessa tarefa e não esquecer nenhum detalhe, vale anotar os sintomas, a frequência e os horários que eles acontecem, além de quando os sinais começaram a aparecer.

Identifique os sintomas antes da consulta médica

Muitas pessoas chegam à consulta médica sem saber explicar o que estão sentindo, ou onde exatamente é o foco da dor e como ela começa. Por isso, é preciso prestar atenção nesses detalhes e levar a maior quantidade possível de informações para o médico. Isso vai ajudar no diagnóstico e tornar o tratamento mais direcionado e eficaz.

Além de explicar o local exato da dor e a intensidade com que ela aparece, tente perceber onde e como ela começa - se, por exemplo, algum movimento ou esforço específico a desencadeia.

Para ajudar a descrever o tipo de dor que está sentindo, você pode usar os seguintes termos:

- Focada: apenas em um ponto do corpo

- Irradiada: espalha-se para outras regiões

- Súbita: começa de repente e de forma abrupta

- Constante: mantém-se por bastante tempo e não alivia facilmente

- Formigamento: sensação desagradável como uma picada

- Queimação: ardência na região.

Não fique com dúvidas durante a consulta médica. Pergunte novamente, se você não entender algo. Também não deixe a vergonha lhe atrapalhar, mesmo quando se referir a sintomas íntimos. O médico é um profissional qualificado e preparado para ajudar nessas situações.

Gostou das dicas de saúde? Então deixe um comentário! E não esqueça de curtir nossa página no Facebook para ficar por dentro de todas as novidades do Vivo Mais Saudável.

TAGS
exames
avaliação médica
consulta
prevenção

Comentários

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

SERVIÇOS PARA VOCÊ