Clínica Geral

27/04/2015 08:35 - Atualizado em 02/12/2016 03:49

Conheça os prós e os contras da água destilada

Comum nas aulas de química do colégio, a bebida é tida como benéfica para o organismo.

POR

Redação

  • +A
  • -A

Consumimos água diariamente e das mais diversas formas, mas você já ouviu falar em água destilada? Também conhecida no meio químico como "pura", seu uso mais comum está ligado à produção de baterias de carros e remédios.

No entanto, não é difícil encontrar informações que definem também a sua ingestão como benéfica para a saúde. Há quem alegue, inclusive, que é a melhor para o consumo humano. Será?

agua destilada

Como posso obter água destilada?

O processo que resulta na água destilada é relativamente simples. Ao ferver, a água se transforma em vapor e, com o auxílio de um recipiente, é condensada e volta ao estado líquido. Os minerais, porém, permanecem no local de fervura, o que possibilita a destilação.

A água destilada pode ser encontrada em farmácias, lojas de produtos químicos e especializadas em automóveis. Para quem deseja fazer a destilação em casa, confira um passo a passo do procedimento:

- Encha com água uma panela com capacidade para cinco litros

- Coloque um recipiente de vidro dentro da panela, de forma que ele flutue e não encoste no fundo

- Leve a panela até o fogo, com cuidado para que a água não ferva

- Para que a condensação ocorra, pegue a tampa da panela e posicione-a em seu lugar, porém invertida. Feito isso, coloque gelo sobre a tampa

- A partir desse ponto, a água deve ferver. Assim, o vapor vai subir, condensar na tampa e escorrer para o recipiente de vidro que está colocado dentro da panela

- Siga com o processo até que haja a quantidade desejada de água destilada

- Depois de frio, despeje o líquido em garrafas de vidro e tampe até o consumo.

Vantagens e desvantagens de tomar água destilada

Embora alguns especialistas entendam que a água destilada possa ter efeitos positivos no organismo, não existe consenso sobre o assunto. Há também quem acredite que ela cause a desmineralização do organismo e que não sirva para o consumo humano. Por conta dessa discordância, o melhor é optar pelo consumo moderado.

Entre os que utilizam a água destilada, estão os fisiculturistas. A tese é de que ela ajuda a “secar” o corpo - o que seria uma decorrência da remoção de toxinas do corpo - ao mesmo tempo em que hidrata. Outro benefício alegado é a remoção de substâncias como flúor, metais pesados e também bactérias nocivas.

Junto com as impurezas, porém, o processo de destilação também elimina componentes benéficos, como é o caso do cálcio, do magnésio e do ferro, por exemplo. Apesar disso, vale ressaltar que a água não é a única fonte de consumo que utilizamos para obter esses minerais.

Em locais em que a água distribuída não é potável ou parece conter resíduos, a destilação pode ser uma opção para livrar o líquido de resíduos que não devem ser ingeridos. Contudo, ao optar por destilar água em casa, sempre confira se o equipamento utilizado está devidamente limpo, de forma que ele não possa interferir no resultado final.

E você? Arriscaria tomar água destilada? Comente aqui! E continue ligado nas novidades de saúde do Vivo Mais Saudável.

TAGS
água
minerais
nutrientes
hidratação

Comentários

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

SERVIÇOS PARA VOCÊ