Clínica Geral

28/10/2015 09:48 - Atualizado em 28/11/2016 04:20

Conheça 4 sintomas da osteoporose e foque na prevenção

Doença causa diminuição da massa óssea, aumentando as chances de fraturas.

POR

Redação

  • +A
  • -A

Os ossos são responsáveis pela sustentação do corpo. Identificar precocemente sintomas da osteoporose, doença que causa a diminuição na densidade óssea, é fundamental para evitar problemas como fraturas e lesões.

Segundo informações da Associação Brasileira de Avaliação Óssea e Osteometabolismo (Abrasgo), a osteoporose atinge cerca de 10 milhões de pessoas no Brasil. Além disso, dados da International Osteoporosis Foundation (IOF) mostram que mais de 9 milhões de fraturas por ano são causadas em decorrência da doença, representando uma lesão a cada três segundos.

idosa com sintomas de osteoporose na maca

Saiba identificar os sintomas da osteoporose

Os sintomas da osteoporose podem ser sentidos por pessoas de ambos os sexos e costuma atingir principalmente os idosos. No caso do público feminino, o problema costuma aparecer no período pós-menopausa, sendo causados pela redução hormonal.

Essa é considerada uma doença assintomática e, na maioria das vezes, só pode ser identificada após alguma fratura ou lesão. Ainda assim, estar atento a alguns sinais do organismo pode contribuir para um diagnóstico precoce. Confira:

1. Dor nos ossos e nas articulações

Um dos sintomas da osteoporose mais comuns é a dor nos ossos e nas articulações. No entanto, esse é um sinal que pode estar relacionado a uma série de outros problemas e, por isso, precisa de avaliação médica para que seja identificada a verdadeira causa.

2. Fragilidade nos ossos e fraturas

Muitas vezes, o paciente não descobre a doença até sofrer uma queda leve e acabar fraturando algum osso. Diante dessa fragilidade, busca-se identificar o motivo. Em alguns casos, acaba-se revelando a osteoporose.

3. Diminuição na altura

Em algumas situações, a pessoa começa a sentir mais dores nas costas que de costume e pode notar diminuição na altura. Isso ocorre pelas pequenas fraturas de vértebra, que vão diminuindo o tamanho do indivíduo sem que ele perceba.

4. Ombros caídos e corcunda

A dor e a fragilidade dos ossos também podem ocasionar uma piora na postura do paciente. Os ombros caídos e a popular corcunda podem ser sinais de coluna com microfraturas.

Saiba Mais
Alimentos ricos em cálcio contribuem para ossos fortes
Leucopenia indica distúrbios na medula óssea
Osteoporose demanda cuidados na hora de praticar exercícios físicos

A importância da prevenção

Por essa ser uma doença silenciosa, checar a saúde óssea é muito importante para a prevenção de problemas graves. Até o momento, não existe cura para a osteoporose, apenas tratamentos que diminuem as chances de lesões e melhoram a qualidade de vida do paciente.

A densitometria óssea é uma das formas mais eficazes de checar se tudo anda bem. O teste é rápido, pode ser feito por qualquer pessoa e o resultado sai na hora. Para as mulheres, em especial, o exame deve fazer parte da rotina de saúde a partir da menopausa, que ocorre, geralmente, entre os 40 e os 50 anos de idade.

Uma pesquisa encomendada pela Abrasgo ao Ibope mostrou que a desinformação sobre os sintomas da osteoporose ainda é bastante evidente. No estudo, 60% das mulheres com mais de 45 anos afirmaram nunca terem realizado o exame.

Após o diagnóstico, o tratamento é feito com remédios que evitam a perda de massa óssea e ajudam na reposição do cálcio perdido. Alimentação saudável e prática moderada de atividades físicas são atitudes positivas no tratamento.

Alerte amigos e familiares sobre os sintomas da osteoporose e evite problemas mais sérios! Não deixe de contar o que você achou deste artigo e aproveite para conferir outras dicas de saúde do Vivo Mais Saudável.

TAGS
densidade óssea
fraturas
menopausa
cálcio

Comentários

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

SERVIÇOS PARA VOCÊ