Clínica Geral

11/01/2015 12:05 - Atualizado em 07/12/2016 01:39

Como tirar verrugas de forma saudável

Saber como tirar verrugas sem expor o organismo é o primeiro passo para livrar-se do problema.

POR

Redação

  • +A
  • -A

Mãos, pés, cotovelos, pescoço, rosto e órgãos genitais: nenhuma dessas regiões está livre do surgimento de verrugas. Mais comuns em crianças do que nos adultos, as lesões na pele são causadas pelo vírus HPV e exigem atenção para o tratamento. Saber como tirar verrugas de forma saudável e segura é fundamental para evitar complicações. Entenda mais sobre o problema.

Verrugas são contagiosas

Causadas pelo vírus papilomavírus humano, popularmente conhecido como HPV, as verrugas são chamadas, tecnicamente, de tumorações benignas de pele. Após a infecção, o HPV ativa o crescimento anormal de células da epiderme, as quais são lançadas para a superfície do corpo, dando origem às verrugas.

como tirar verrugas

Como acontece com outras lesões originadas por vírus, as verrugas tendem a ser contagiosas. A contaminação pode ocorrer por meio de pequenos ferimentos, que funcionam como porta de entrada para o vírus, por contato direto com pessoas e objetos infectados, nas relações sexuais e por via materno-fetal, no momento do nascimento.

Pessoas com o sistema imunológico frágil ou debilitado são mais propensas a contrair o vírus, razão pela qual as crianças são mais atingidas pelo problema. Isso não significa, no entanto, que uma pessoa aparentemente saudável e sem qualquer alteração em seu sistema imunológico esteja livre do problema. Por isso, saber como tirar verrugas de forma segura é um conhecimento útil para todos.

Os 5 tipos de verrugas

Em geral, as verrugas podem ocorrer em qualquer região do corpo. Compreender as diferenças específicas entre os tipos pode ser importante para quem deseja saber como tirar verrugas sem colocar a saúde em risco. A classificação leva em conta a localização e o formato:

1. Verrugas vulgares

É o tipo de verruga mais comum. Arredondadas ou irregulares, endurecidas e ásperas, as lesões podem ser semelhantes ao aspecto de uma couve-flor. Ocorrem principalmente nas áreas em que há mais atrito, como mãos, dedos, cotovelos e joelhos.

2. Verrugas planas

São caracterizadas por múltiplas e pequenas pápulas amareladas ou acastanhadas, com no máximo cinco milímetros de comprimento, pouco proeminentes e mais macias do que as verrugas vulgares. Na maior parte dos casos, surgem na face.

3. Verrugas plantares

Como ocorrem na planta dos pés, muitas vezes são confundidas com calos. A área central da verruga é irregular e envolta por uma camada endurecida da epiderme. O peso do corpo dá origem a dores quando a pessoa se movimenta.

4. Verrugas filiformes

Finas e alongadas, as lesões se projetam para fora da epiderme da face, do pescoço, das pálpebras e dos lábios. Atingem principalmente as pessoas mais velhas.

5. Verrugas anogenitais

É preciso atenção, pois essas lesões podem ser precursoras de tumores malignos, como o câncer de pênis e de colo de útero. Em geral, as verrugas se formam nas mucosas das regiões genital e oral, além da uretra.

Como tirar verrugas de forma saudável

O médico dermatologista é o especialista indicado para o diagnóstico e o tratamento das verrugas. Tentar descobrir como tirar verrugas em casa, por meio de remédios caseiros e de métodos de eficácia não comprovada, pode ser perigoso para a saúde.

Além de não conseguir diferenciar a verruga de uma lesão cancerígena, o paciente leigo pode acabar prejudicando a si mesmo com métodos controversos: queimaduras, infecções e cicatrizes são alguns dos riscos de buscar a auto-medicação.

Como boa parte das verrugas comuns desaparece espontaneamente depois de algum tempo, os remédios caseiros e as soluções mágicas envolvendo produtos naturais se popularizaram. O tratamento específico recomendado, no entanto, envolve o uso local de medicamentos capazes de cauterizar quimicamente a verruga.

Além disso, a remoção cirúrgica por meio da eletrocauterização e a destruição das verrugas com nitrogênio líquido ou laser também podem ser indicadas. Tudo vai depender da idade do paciente, do tamanho, da localização e do tipo da verruga.

Gosta das nossas dicas de saúde? Então deixe um comentário! E não esqueça de curtir nossa página no Facebook para ficar ligado em todas as novidades do Vivo Mais Saudável.

TAGS
pele
saúde

Comentários

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

SERVIÇOS PARA VOCÊ