Clínica Geral

10/05/2015 02:19 - Atualizado em 04/12/2016 11:24

Cirurgia de catarata está cada vez mais simples

Com os avanços tecnológicos, a cirurgia de catarata se tornou mais simples e a recuperação mais rápida.

POR

Redação

  • +A
  • -A

A catarata é um tipo de lesão ocular que pode prejudicar muito a visão e a qualidade de vida de uma pessoa. Em alguns casos, apenas recorrendo à cirurgia de catarata é que um dos principais sentidos humanos é recuperado.

A doença ocorre quando o cristalino, que é uma lente natural dos olhos, localizada atrás da íris, se torna opaco. Com isso, acaba impedindo a passagem dos raios de luz que formam a imagem no fundo do olho.

O problema tem tratamento e os pacientes podem voltar a enxergar. Com o avanço da tecnologia, a cirurgia se tornou mais fácil e a recuperação mais rápida. O procedimento é simples e indolor, permitindo que o paciente volte a exercer suas atividades normalmente dentro de poucos dias.

cirurgia de catarata

Quando recorrer à cirurgia de catarata

A causa mais comum da catarata é o envelhecimento, mas até mesmo crianças podem ser acometidas, considerando aquelas que já nascem com a doença. Nesse caso, a razão pode estar em uma doença que acometeu a mãe, como rubéola ou toxoplasmose durante a gravidez.

A ocorrência em crianças é rara. Normalmente, a doença aparece após os 50 anos de idade, chamada de catarata senil. No entanto, pode se manifestar também em outras faixas etárias devido ao uso de colírios com corticoides, inflamações intraoculares ou por acidentes que causam traumatismo local.

O único tratamento é a cirurgia de catarata, que deve ser feita logo nos primeiros sinais da doença, se tornando ainda mais simples e eficaz. A perda de visão por conta do problema é reversível com o procedimento.

Como funciona a cirurgia de catarata

Atualmente, a cirurgia de catarata passou por avanços tecnológicos e se tornou mais rápida e simples. O procedimento dura cerca de 20 minutos e é feito apenas com colírios e uma sedação leve, sem a necessidade de anestesia na maioria dos casos.

O médico oftalmologista utiliza um laser e facoemulsificação para realizar a operação. São feitas incisões no olho menores que 3mm para a introdução de uma cânula no globo ocular, ligada a um equipamento que aspira e dilui a catarata. Após, é implantada uma lente intraocular, que varia de acordo com o grau, e se é monofocal ou multifocal.

Os cuidados do pós-operatório incluem o uso de colírios por um período e repouso por determinado período. Em geral, a visão volta ao normal em poucas horas, e o paciente volta à rotina após poucos dias. O tempo exato varia de acordo com cada caso e deve ser indicado pelo médico.

Para evitar qualquer complicação depois da cirurgia de catarata, é preciso tomar certos cuidados, como respeitar o tempo de recuperação. O contato com o ambiente externo aumenta o risco de infecção e de perda da visão.

A catarata prejudica a qualidade de vida, podendo inclusive atrapalhar a vida profissional. O problema pode ser diagnosticado precocemente através da realização de exame oftalmológico periodicamente, pois a cirurgia de catarata possibilita recuperar praticamente 100% da visão.

Gostou das dicas de saúde? Então deixe um comentário! E não esqueça que você sempre encontra novidades aqui no Vivo Mais Saudável.

TAGS
visão
saúde dos olhos
oftalmologista
doenças

Comentários

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

SERVIÇOS PARA VOCÊ