Dr. Fernando Tardelli

ESPECIALIDADE

Urologia

ONDE ATENDE

São Paulo, SP

Dr. Fernando Tardelli

Apresentação

Urologista da Clínica Uroserv de São Paulo;
Atua como médico cirurgião, colunista e palestrante;
Responsável pelo serviço de Laparoscopia e Endourologia da Clínica Uroserv.

O que Trata

Atendimento humanizado nas patologias urológicas, de homens e mulheres;

Prevenção do Câncer de Próstata.

Formação Acadêmica

Graduado em Medicina pela Universidade de Mogi das Cruzes, SP;
Residência de Cirurgia Geral no Hospital Geral de Carapicuíba (SUS-SP);
Curso de Atendimento Avançado e Suporte ao Trauma (ATLS) na Santa Casa de São Paulo;
Residência de Urologia no Hospital Felício Rocho, MG;
Graduado em Laparoscopia na Universidade Federal de Goiás;
Diversos cursos de Laparoscopia e Endourologia nacionais e internacionais.

Cargos e Títulos

Cirurgião Urologista;
Membro Titular da Sociedade Brasileira de Urologia;
Responsável pelo serviço de Laparoscopia e Endourologia da Clínica Uroserv.

Clínica Geral

10/09/2015 06:00 - Atualizado em 07/12/2016 10:46

Cálculo renal: O que eu devo saber para evitar?

O urologista Fernando Tardelli explica as principais maneiras de como se cuidar para não contrair a doença.

POR

Dr. Fernando Tardelli

  • +A
  • -A

 A pedra no rim, também conhecida como cálculo renal ou litíase renal, é uma doença relativamente comum. Temida por ser uma das doenças que causa mais dor nos seres humanos.

A crise de cólica renal geralmente surge quando uma pedra formada no rim move-se e fica parada em uma região do trato urinário, impedindo a passagem da urina. Esta obstrução pode ocorrer dentro do próprio rim, mas é mais comum nos ureteres, o canal que leva a urina do rim à bexiga.

Quer conteúdos interessantes sobre saúde? Clique aqui

Quem já teve uma cólica renal nunca esquece! E a má notícia é que as pessoas que já tiveram um cálculo urológico têm uma chance de 50% de desenvolver um novo cálculo nos próximos 5 a 10 anos.

Os dois principais fatores de risco são: alimentação e história familiar.

Se você tem familiares próximos que já tiveram cálculo renal, as chances de você desenvolver são maiores. (Então, o que você pode fazer é cuidar melhor da sua alimentação).


Você faz check-ups? Saiba os exames recomendados para você


Como se prevenir?

- Beber 2 litros de líquido diariamente. Dica: para saber se você está se hidratando bem, fique atento à cor da urina – quanto mais clara melhor. E se ela estiver escura? É um sinal que você precisa se hidratar melhor. Sempre lembre de beber mais líquido no verão.

- Tomar suco de laranja e limão: o citrato encontrado nestes alimentos é um fator que diminui a formação de cálculos.

- Diminuir a ingestão de sal (sódio) e proteínas: o sódio ingerido aumenta a saída de cálcio na urina, produzindo mais cálculos. Diminua o sal da sua alimentação, um bom começo é retirar o saleiro da mesa.

Pessoas que já foram submetidas à cirurgia de redução de estomago têm mais chances de desenvolver cálculo renal. Essas cirurgias aumentam a quantidade de oxalato na urina, fator este que aumenta a formação de cálculos.

 

Você já sabe como se cuidar do cálculo renal? Então fique sempre bem informado com o conteúdo dos nossos especialistas do Vivo Mais Saudável.

TAGS
problemas nos rins
urologista
como se prevenir do

Comentários

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

SERVIÇOS PARA VOCÊ