Clínica Geral

08/08/2015 04:33 - Atualizado em 09/12/2016 11:26

Artralgia: Saiba o que causa as dores nas articulações

Doenças, movimentos repetitivos ou até mesmo obesidade estão associados à sobrecarga das articulações.

POR

Redação

  • +A
  • -A

Dores articulares podem ser chamadas de artralgia. Essa é uma queixa bastante comum entre indivíduos das mais diferentes idades e pode estar relacionada a um grande número de doenças.

Para o diagnóstico correto da causa da dor, é preciso levar em conta a história clínica do paciente, bem como um exame físico cuidadoso. Em alguns casos, inclusive, não é possível chegar a uma conclusão precisa para o que está causando a artralgia, mas os sintomas podem ser aliviados com acompanhamento médico.

artralgia idosa com dor no pulso

Entenda a artralgia

A artralgia é mais frequente que a artrite, mas ambas são consideradas doenças de curta duração, que tendem a desaparecer sem comprometer as articulações de forma permanente. No entanto, identificar a causa e iniciar o tratamento adequado é fundamental para que o problema não tome maiores proporções.

Conheça algumas condições que estão fortemente associadas à artralgia:

Obesidade

Um dos fatores que ampliam o risco de desenvolvimento de artralgia é a obesidade. Estar acima do peso aumenta a pressão sobre as articulações e contribui no desenvolvimento da doença. Além disso, a gordura geralmente está associada a hábitos sedentários, que contribuem para a sobrecarga nas articulações.

Viroses

Diferentes tipos de vírus têm sido relacionados a dores nas articulações. Um estudo publicado na Revista da Sociedade Brasileira de Medicina Tropical, em 1999, relacionou o mal a doenças como dengue e rubéola. Ele foi menos observado em casos com parvovirose humana e sarampo, mas também faz parte dos sintomas.

Doenças e lesões

Outras doenças associadas ao problema são gota, osteoartrite, síndrome de Reiter, artrite reumatoide e artrite séptica. Causas traumáticas também podem levar a dor nas articulações: lesões como ossos quebrados, hérnia de disco, distúrbios de movimentos repetitivos, estresse de fraturas, ruptura do tendão e lesões causadas pelo uso excessivo de uma articulação são alguns exemplos.

Tratamento envolve hábitos saudáveis

As dores nas articulações podem ser decorrentes de vários problemas. Porém, na maior parte das vezes, o fim do desconforto envolve melhores hábitos no dia a dia.

A prática regular de exercícios, por exemplo, é fundamental para manter as articulações em perfeito funcionamento. Fortalecendo os músculos, elas tendem a ficar menos sobrecarregadas, o que alivia as dores para muitas pessoas.

Lembre-se que o acompanhamento de um fisioterapeuta ou educador físico é importantíssimo para orientar a execução correta dos movimentos. Além disso, exercícios como caminhada, ciclismo ou natação são muito benéficos para aliviar dores nas articulações.

Outras terapias complementares também podem ser interessantes, como acupuntura, massagem terapêutica ou yoga. Um organismo saudável é sinônimo de um sistema imunológico mais forte, que também colabora na cura de outras doenças que podem estar associadas à artralgia.

A consulta com um reumatologista é essencial para o diagnóstico e o tratamento. Apesar de o problema geralmente ser fácil de tratar, pode ocorrer complicações mais sérias e, por isso, a visita a um especialista é muito importante.

Você sofre com artralgia? Quais foram as mudanças no seu estilo de vida para lidar com a doença? Deixe seu comentário! E aproveite para conferir mais dicas de saúde e bem-estar aqui no Vivo Mais Saudável.

TAGS
articulações
dores
artrite
ler

Comentários

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

SERVIÇOS PARA VOCÊ