Clínica Geral

24/07/2014 10:00 - Atualizado em 11/12/2016 06:26

Aprenda 7 dicas caseiras para aliviar azia e má digestão

Azia e má digestão são problemas comuns no dia a dia de muita gente.

POR

Redação

  • +A
  • -A

A alimentação é um hábito vital, imprescindível a qualquer animal. Para nós, é ainda uma atividade prazerosa, a não ser quando incômodos como azia e má digestão entram em cena para estragar tudo.

Azia e má digestão causam irritação

azia-e-ma-digestao

A azia é aquela sensação de queimação no estômago e no peito, e acontece quando o conteúdo ácido do estômago retorna para o esôfago, onde não deveria estar – ele não tem o revestimento adequado para conter a acidez, e aí ocorre a irritação.

Já a má digestão também pode ser causada por irritação ácida, mas é um problema mais amplo que pode abrigar vários sintomas digestivos. Seus sintomas, no entanto, costumam ser mais suaves, como dor e desconforto na parte superior do estômago, mal estar, náusea e sensação de estufamento.

Saiba como amenizar casos de azia e má digestão

Azia e má digestão em muitos casos podem ser evitados ou então amenizados com hábitos alimentares corretos. Veja algumas das nossas dicas para combater o problema:

Massagem

A massagem pode ser útil para ambos os casos: azia e má digestão. Se o caso é de comida que não “desceu” direito, bata suavemente, com a mão em formato de concha, na região que vai do começo do estômago até um palmo abaixo do umbigo. Você pode, também, fazer esses movimentos nas costas, na mesma altura.

Já se o problema é queimação, faça uma massagem com movimentos circulares na barriga, nove vezes em sentido horário e mais nove na direção anti-horária.

Não aperte

Roupas que apertam muito a sua região abdominal, como calças, saias e cintos, podem pressionar demais o estômago, fazendo com que ele retroceda parte de seu conteúdo para o esôfago, causando a desagradável azia. Portanto, para evitar o problema, tente vestir sempre roupas leves.

Sem pressa

Em cada refeição, mastigue bem os seus alimentos. Quando nós comemos rápido demais, não há tempo suficiente para que o cérebro transmita a mensagem para o resto do corpo, liberando a enzima que facilita a quebra do alimento.

O resultado é que o estômago acaba ficando sobrecarregado, pois demoramos um pouco para sentir que é hora de parar de comer. É aí que surgem novamente as sensações de azia e má digestão.

Sem jejum

Ficar longos períodos sem comer aumenta a chance de azia. O motivo é que o ácido gástrico se acumula nessas situações e pode refluir para o final do esôfago, irritando-o. Para que isso não aconteça, faça pequenas refeições a cada três horas. Esse é um costume a ser adquirido, pois muita gente acha que precisa comer apenas quando está com muita fome.

Leite

Tomar leite pode ser uma boa maneira de aliviar a queimação provocada pela azia. Mas sem exagero: apenas um ou dois copos por dia, porque a bebida contém cálcio e proteínas que estimulam a secreção ácida do estômago.

Sem beber

Quando estiver fazendo uma refeição, evite tomar qualquer tipo de líquido até 30 minutos após terminada. Isso porque eles diluem o ácido clorídrico, uma substância fundamental para o processo digestivo. É uma combinação que prejudica o processo digestivo, causando azia e má digestão. 

Fumo e álcool

Por fim, evite fumar e consumir álcool. No caso do cigarro, a nicotina, quando entra na corrente sanguínea, direciona-se ao sistema digestivo, provocando a diminuição na contração do estômago. Já o álcool irrita as mucosas do esôfago e do estômago e altera as membranas do intestino.

Você sofre com azia e má digestão? Quais são os sintomas que você tem? E quais são as suas próprias técnicas para aliviar as dores, e o que você acha que tem causado esse problema?

TAGS
queimação
estômago
digestão

Comentários

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

SERVIÇOS PARA VOCÊ