Clínica Geral

02/09/2014 03:38 - Atualizado em 08/12/2016 01:20

Academia com ar condicionado pode oferecer riscos à saúde

Academia com ar condicionado facilita infecções respiratórias.

POR

Redação

  • +A
  • -A

Cada vez mais pessoas buscam as academias para entrar em forma. Esses espaços têm horários flexíveis, diversas formas de pagamento e praticidades para quem deseja se exercitar. Nada mais normal do que elas terem ar condicionado para que os clientes não suem tanto durante a atividade física. Parece muito bom, certo? Nem tanto. Vamos descobrir agora por que você deve tomar muito cuidado com a academia com ar condicionado.

academia-com-ar-condicionado

A prática de exercícios físicos regulares é considerada um dos pilares para se ter uma vida saudável, segundo a própria Organização Mundial da Saúde. O sedentarismo é um dos principais fatores de risco para que a pessoa tenha doenças crônico-degenerativas. Porém, se alguns cuidados básicos não forem tomados, o exercício físico pode acabar sendo prejudicial. Assim como estamos acostumados a observar a alimentação, o repouso e a hidratação após as atividades, devemos ficar atentos à temperatura ambiente do local onde praticamos os exercícios.

Academia com ar condicionado pode causar doenças

A procura dos clientes por estar em um local agradável, aliada a uma falta de informação de alguns proprietários de academia, faz com que estes aparelhos sejam utilizados em temperaturas bastante baixas. A personal trainer Rafaella Dias explica que a prática de exercícios aumenta a frequência dos batimentos cardíacos e a temperatura corporal, o que leva a um incremento da ventilação pulmonar e da alteração de diversas condições do organismo. Ao final do exercício, agentes do sistema imunológico fazem os reparos necessários nos tecidos que foram lesados.

“Por consequência dessas adaptações do organismo, o sistema imune sofre uma baixa momentânea nas suas defesas e, associando-se ao aumento da ventilação pulmonar, em uma academia com ar condicionado onde o ar circulante não é trocado com o meio externo, o indivíduo fica vulnerável à ação infecto-contagiosa de micro-organismos, o que apresenta grande risco para a saúde”, afirma Rafaella.

Academia com ar condicionado não é a única solução

A academia com ar condicionado não é a única opção para se ter um ambiente climatizado. É mais saudável para a prática de exercícios físicos que eles sejam feitos em locais onde exista ventilação, ainda que seja mecânica. Condições naturais de clima e direção do vento podem possibilitar que o organismo se adapte melhor à atividade.

Segundo a personal trainer, o ar-condicionado na academia pode retirar a umidade do ambiente e, com isso, facilitar infecções. “O ar-condicionado desidrata o ar, o que resseca o muco protetor que reveste as vias aéreas dos praticantes, prejudicando o desempenho esportivo. O ressecamento da superfície do epitélio respiratório destrói anticorpos e enzimas que atacam germes invasores, predispondo-nos às infecções. O ar seco irrita os brônquios, que produzem mais muco, mais catarro. Assim há o aparecimento de rinites, sinusites e bronquites”, completa.

Gosta das nossas dicas? Então deixe um comentário e curta nossa página no Facebook para ficar por dentro de todas as novidades do Vivo Mais Saudável.

Comentários

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

SERVIÇOS PARA VOCÊ