MEDICINA ALTERNATIVA

10/07/2014 10:02 - Atualizado em 22/07/2014 19:05

Yoga

Conduz o ser humano à compreensão de si mesmo com a prática de posições e exercícios de meditação.

POR

A.D.A.M.

  • +A
  • -A

O que é Yoga?

Yoga é uma terapia de mente-corpo que conecta o corpo, respiração e mente para energizar e equilibrar a pessoa. Ela usa a postura física, exercícios de respiração e meditação para melhorar o bem-estar como um todo.

Descrições da yoga: a palavra significa "união" em Sânscrito - apareceram há mais de 2.000 anos atrás, e a yoga havia sido praticada há milhares de anos antes disso. Hoje, milhões de americanos de todas as idades e níveis de aptidão praticam yoga regularmente. Embora a yoga seja uma prática espiritual para muitos, a maioria dos ocidentais praticam yoga para exercitar-se ou reduzir o estresse.

Veja como está o seu nível de estresse e ansiedade.

História da yoga

Em sua forma tradicional, a yoga é considerada um estilo de vida completo que oferece um caminho para a iluminação espiritual.

As dimensões da yoga são às vezes retratadas como uma árvore com oito membros:

  • Pranayama (respiração)
  • Asana (posturas)
  • Yama (limitação)
  • Niyama (observâncias saudáveis)
  • Pratyahara (afastamento sensorial)
  • Dharana (concentração)
  • Dhyana (meditação)
  • Samadhi (consciência mais elevada)

A prática da yoga começou nos Estados Unidos nos anos 1890 graças aos ensinamentos de um guru chamado Swami Vivekananda. A yoga se tornou popular nos anos 1960 por causa do interesse crescente em terapias de mente-corpo. Hoje, a yoga é geralmente praticada como exercício, separada de suas raízes espirituais tradicionais. Nessa forma, a yoga é ensinada em ACMs locais, academias de ginástica e centros de yoga. Ela é comumente sugerida por médicos para reduzir estresse em pessoas com pressão arterial alta, doenças cardíacas e para melhorar a flexibilidade em pessoas com artrite.

Conheça o Vivo Qualidade de Vida e receba mais dicas para mente-corpo.

Tipos de yoga

Diferentes ramos ou caminhos de yoga se desenvolveram, incluindo:

  • Yoga Bhakti: Essa forma de yoga visa pegar todo o amor no coração de uma pessoa e direcioná-lo para o divino. Ao enxergar Deus em toda a criação, a pessoa adquire respeito por toda a vida e é encorajada a tratar os outros com generosidade.
  • Yoga Hatha: A forma mais comum de yoga nos Estados Unidos. Ela enfatiza as posturas e exercícios físicos, conhecidos como asanas, com o objetivo de equilibrar os opostos na vida de uma pessoa. Durante os exercícios, flexões são seguidas por extensões, costas encurvadas é seguido por costas arqueadas e os exercícios físicos são seguidos de meditações.
  • Yoga Jnana: Essa forma de yoga enfatiza a contemplação profunda. Os praticantes procuram a Jnana, ou "sabedoria", através da meditação. O objetivo é ser unido com Deus.
  • Yoga Karma: Essa forma de yoga é baseada na filosofia de que "as ações de ontem determinam as circunstâncias de hoje". Praticantes da yoga Karma tomam uma decisão consciente de realizar atos altruístas de bondade. Tornando as ações de hoje positivas, eles esperam melhorar as circunstâncias de amanhã tanto para si mesmos como para outros.
  • Yoga Raja: Conhecida na Índia como "a estrada real (raj) para a integração", a yoga Raja mistura quatro camadas do ser: o corpo, a consciência individual, o subconsciente individual e a consciência universal e infinita. A yoga Raka está mais preocupada com a mente e o espírito e enfatiza a meditação.
  • Yoga Tantra: Como a yoga Hathya, praticantes da yoga Tantra procuram equilíbrio entre opostos em suas vidas. Eles também tentam libertar-se dos "seis inimigos" (desejo físico, raiva, ganância, vaidade, obsessão, ciúmes) e os "oito grilhões" (ódio, apreensão, medo, timidez, hipocrisia, orgulho da linhagem, vaidade da cultura, egoísmo) usando disciplina, treinamento e rituais.

A yoga Hatha é um termo geral normalmente usado para muitos tipos e estilos de yoga. Se uma aula for chamada de "Yoga Hathya", ela inclui respiração e exercícios físicos ou posturas. Outros estilos de yoga podem ser mais intensos. Entre os estilos de yoga mais populares estão:

  • Yoga Ashtanga ou Power Yoga: um exercício mais exigente onde você se mexe constantemente de uma postura para a outra ("fluxo").
  • Yoga Bikram ou Yoga Quente: é uma série de 26 asanas (posturas) feitas em uma sala com temperatura entre 35 e 38 graus. O objetivo é aquecer e alongar os músculos, ligamentos e tendões, e purificar o corpo através do suor.
  • Integral: um tipo suave de yoga que pode incluir exercícios de respiração, cantos e meditação.
  • Iyengar: enfatiza a maior atenção a detalhes e ao alinhamento preciso do corpo, mantendo poses por longos períodos de tempo.
  • Kundalini: enfatiza os efeitos da respiração sobre as posturas, a fim de liberar energia no corpo inferior para que se mova para cima.
  • Viniyoga: adapta a postura às necessidades e habilidades de cada pessoa e sincroniza respiração e postura. A respiração guia o corpo para cada postura.

Como a yoga funciona?

Cientistas não sabem como a yoga funciona exatamente para uma boa saúde. Alguns dizem que reduz estresse como outras terapias de mente-corpo, e outros acreditam que a yoga causa a liberação endorfina, analgésicos naturais e substâncias químicas do "prazer", liberados pelo cérebro. Estudos mostram que a yoga pode diminuir a frequência cardíaca e a pressão arterial, aumentar o relaxamento muscular e a capacidade respiratória.

Todos os ramos da yoga mencionados acima usam três técnicas principais: respiração, exercícios (asana ou posturas) e meditação. Essas três técnicas melhoram a saúde de várias formas:

  • Lições de respiração: na yoga, a respiração é conhecida como pranayama. Pranayama aumenta o fluxo de sangue e reduz o consumo de oxigênio. Isso traz mais oxigênio para o seu cérebro e melhora a maneira como o seu corpo usa oxigênio. Os exercícios de respiração também podem aumentar a quantidade de ar que você puxa para o pulmão. Puxar bastante ar para o pulmão o ajuda a sentir-se mais alerta e focado.
  • Asanas (posturas): oferece exercícios de grau suaves a intensos que aumentam a força, flexibilidade e equilíbrio.
  • Meditação: acalma a mente e causa relaxamento físico e emocional, o que ajuda a reduzir a pressão arterial, dor crônica, ansiedade e níveis de colesterol.

Avalie agora sua Saúde Emocional e receba dicas do Vivo Bem-estar.

Uma sessão típica de yoga

A maioria das pessoas aprendem yoga participando de aulas em grupo com um instrutor experiente, mas também há aulas individuais disponíveis. Essas sessões privadas ou semi-privadas são mais caras. As aulas geralmente levam entre 45 e 90 minutos e começam com exercícios de aquecimento, passam para uma série guiada de posturas de yoga criadas para alongar e tonificar todas as áreas do seu corpo, e terminam com um relaxamento profundo ou meditação. Ao longo da aula, o professor o ajuda com o controle de sua respiração e alinhamento adequado do corpo.

Seu instrutor irá lhe encorajar a praticar yoga em casa, para aproveitar o máximo possível.

Os benefícios da yoga

A Yoga melhora a condição física, diminui a pressão arterial, promove o relaxamento e a autoconfiança e reduz estresse e ansiedade. Pessoas que praticam yoga tendem a possuir uma boa coordenação, postura, flexibilidade, variedade de movimentos, concentração, hábitos de sono e digestão. A yoga é uma terapia complementar que tem sido usada com a medicina convencional para ajudar no tratamento de uma grande variedade de problemas, mas não cura nenhuma das doenças.

Estudos mostram que a yoga pode ajudar nas seguintes doenças:.

  • Ansiedade e estresse
  • Artrite, tanto osteoartrite como artrite reumatoide
  • Asma
  • Câncer, como uma terapia adicional para reduzir o estresse e fortalecer o sistema imunológico. Um estudo com 68 pacientes com câncer de mama descobriu que aqueles que praticavam yoga tinham menos ansiedade e depressão em comparação àqueles que não praticavam. Mesmo os danos ao DNA causados pela radioterapia eram levemente menor no grupo de yoga em comparação com aqueles no grupo de controle.
  • Dor duradoura nas costas
  • Depressão
  • Diabetes
  • Epilepsia
  • Doença cardíaca, diminuindo os níveis de colesterol, pressão arterial, estresse e a frequência com a qual a pessoa sentia dores no peito e quão severa era a dor (quando combinada com uma dieta saudável)
  • Pressão arterial alta
  • Problemas hormonais
  • Síndrome do intestino irritável
  • Doenças pulmonares
  • Gravidez
  • Enxaquecas

Além disso, as posturas de yoga que alongam e fortalecem as juntas na parte superior do corpo podem melhorar a força de aperto e reduzir a dor em pessoas com síndrome do túnel carpal.

Precauções

Algumas pessoas podem se sentir rígidas à medida em que seus corpos vão se acostumando às diferentes posturas. Assim como com qualquer atividade física, a yoga pode causar lesões se não for praticada corretamente. É importante praticar yoga com um professor treinado.

Certifique-se de consultar seu médico antes de tentar yoga caso você tenha pressão arterial alta, doenças cardíacas, artrite ou uma lesão recente nas costas, assim como o faria com qualquer programa de exercícios. Escolha uma das formas mais suaves de yoga.

Mulheres grávidas podem precisar evitar algumas posturas. Aulas especiais estão disponíveis para mulheres grávidas. Certifique-se de falar com seu médico caso algum dos exercícios cause dores de cabeça, câimbra muscular, tontura ou dor severa em suas costas, pernas ou juntas.

Lembre-se de que os instrutores de yoga não são médicos. Apenas você e seu médico podem decidir se uma certa postura de yoga é muito difícil ou pode lesioná-lo dependendo de sua condição. Caso você sinta que uma postura possa lhe causar uma lesão, não a faça ou peça ao seu instrutor para modificá-la para você.

Recursos

International Association of Yoga Therapists (IAYT) - www.iayt.org

Aliança de Yoga - www.yogaalliance.org

Yoga Journal - www.yogajournal.com

 

Anand MP. Non-pharmacological management of essential hypertension. J Indian Med Assoc. 1999;97(6):220-225.

Banerjee B, et al. Effects of an integrated yoga program in modulating psychological stress and radiation-induced genotoxic stress in breast cancer patients undergoing radiotherapy. Integr Cancer Ther. 2007;6(3):242-50.

Beddoe AE, Lee KA. Mind-body interventions during pregnancy. J Obstet Gynecol Neonatal Nurs. 2008;37(2):165-75.

Berk B. Yoga for moms. Building core stability before, during and after pregnancy. Midwifery Today Int Midwife. 2001;(59):27-29.

Bharshankar JR, Bharshankar RN, Deshpande VN, et al. Effect of yoga on cardiovascular system in subjects about 40 years. Indian J Physiol Pharmacol. 2003;Apr, 47(2):202-206.

Bijlani RL, Vempati RP, Yadav RK, et al. A brief but comprehensive lifestyle education program based on yoga reduces risk factors for cardiovascular disease and diabetes mellitus. J Altern Complement Med. 2005;Apr, 11(2): 267-274.

Birkel DA, Edgren L. Hatha yoga: improved vital capacity of college students. Altern Ther Health Med. 2000;6(6):55-63.

Carlson LE, Speca M, Patel KD, Goodey E. Mindfulness-based stress reduction in relation to quality of life, mood, symptoms of stress, and immune parameters in breast and prostate cancer outpatients. Psychosom Med. 2003;Jul-Aug, 65(4):571-581.

Cox H, Tilbrook H, Aplin J, Semlyen A, Torgerson D, Trewhela A, Watt I. A randomised controlled trial of yoga for the treatment of chronic low back pain: results of a pilot study. Complement Ther Clin Pract. 2010 Nov;16(4):187-93.

Ernst E. Breathing techniques -- adjunctive treatment modalities for asthma? A systematic review. Eur Respir J. 2000;15(5):969-972.

Field T. Yoga clinical research review. Complement Ther Clin Pract. 2011 Feb;17(1):1-8. Epub ahead of print.

Galantino ML, Bzdewka TM, Eissler-Russo JL, et al. The impact of modified Hatha yoga on chronic low back pain: a pilot study. Altern Ther Health Med. 2004;Mar-Apr, 10(2):56-59.

Garfinkel MS, Singhal A, Katz WA, Allan DA, Reshetar R, Schumacher HR Jr. Yoga-based intervention for carpal tunnel syndrome: a randomized trial. JAMA. 1998;280(18):1601-1603.

Jorm AF, Christensen H, Griffiths KM, Rodgers B. Effectiveness of complementary and self-help treatments for depression. Med J Aust. 2002;176 Suppl:S84-96.

Kreitzer MJ, Snyder M. Healing the heart: integrating complementary therapies and healing practices into the care of cardiovascular patients. Prog Cardiovasc Nurs. 2002;17(2):73-80.

Labarthe D, Ayala C. Nondrug interventions in hypertension prevention and control. Cardiol Clin. 2002;20(2):249-263.

La Forge R. Mind-body fitness: encouraging prospects for primary and secondary prevention. J Cardiovascular Nurs. 1997;11(3):53-65.

Luskin FM, Newell KA, Griffith M et al. A review of mind/body therapies in the treatment of cardiovascular disease. Part 1: Implications for the elderly. Altern TherHealth Med. 1998;4:46-61.

Luskin FM, Newell KA, Griffith M et al. A review of mind/body therapies in the treatment of musculoskeletal disorders with implications for the elderly. Altern TherHealth Med. 2000;6(2):45-56.

Mahajan AS, Reddy KS, Sachdeva U. Lipid profile of coronary risk subjects following yogic lifestyle intervention. Indian Heart J. 1999;51(1):37-40.

Malathi A, Damodaran A. Stress due to exams in medical students -- role of yoga. Indian J Physiol Pharmacol. 1999;43(2):218-224.

Manjunath NK, Telles S. Improved performance in the Tower of London test following yoga. Indian J Physiol Pharmacol. 2001;45(3):351-354.

Manocha R, Marks GB, Kenchington P, Peters D, Salome CM. Sahaja yoga in the management of moderate to severe asthma: a randomised controlled trial. Thorax. 2002;57(2):110-115.

Miller JJ, Fletcher K, Kabat-Zinn J. Three-year follow-up and clinical implications of a mindfulness meditation-based stress reduction intervention in the treatment of anxiety disorders. Gen Hosp Psychiatry. 1995;17(3):192-200.

Miller AL. The etiologies, pathophysiology, and alternative/complementary treatment of asthma. Altern Med Rev. 2001;6(1):20-47.

Ott MJ. Yoga as a clinical intervention. Adv Nurse Pract. 2002;10(1):81-3, 90.

Pandya DP, Vyas VH, Vyas SH. Mind-body therapy in the management and prevention of coronary disease. Compr Ther. 1999;25(5):283-293.

Pettinati PM. Meditation, yoga, and guided imagery. Nurs Clin North Am. 2001;36(1):47-56.

Ray US, Mukhopadhyaya S, Purkayastha SS, et al. Effect of yogic exercises on physical and mental health of young fellowship course trainees.Indian J Physiol Pharmacol. 2001;45(1):37-53.

Sahay BK, Sahay RK. Lifestyle modification in management of diabetes mellitus. J Indian Med Assoc. 2002 Mar;100(3):178-80

Sathyaprabha TN, Murthy H, Murthy BT.Efficacy of naturopathy and yoga in bronchial asthma--a self controlled matched scientific study. Indian J Physiol Pharmacol. 2001;45(1):80-86.

Silverberg DS. Non-pharmacological treatment of hypertension. [review] J Hypertens Suppl. 1990 Sep;8(4):S21-26.

Spicuzza L, Gabutti A, Porta C, Montano N, Bernardi L. Yoga and chemoreflex response to hypoxia and hypercapnia. Lancet. 2000;356(9240):1495-1496.

Steurer-Stey C, Russi EW, Steurer J. Complementary and alternative medicine in asthma: do they work? Swiss Med Wkly. 2002;132(25-26):338-344.

Wahbeh H. Mind-body interventions: applications in neurology. Neurology. 2008;70(24):2321-8.

Yang K. A review of yoga programs for four leading risk factors of chronic diseases. Evid Based Complement Alternat Med. 2007;4(4):487-91.

comentários

  • Naturopatia

    Especialidade de saúde com terapias e métodos naturais para o bom funcionamento do organismo e prevenção.

  • Osteopatia

    Técnicas manuais que estimulam as articulações e a capacidade de recuperação do corpo sem medicamentos e cirurgias.

  • Técnicas de Relaxamento

    Métodos que auxiliam o relaxamento muscular, nervoso e mental para equilíbrio e tranquilidade.