10/07/2014 10:02 - Atualizado em 22/07/2014 19:05

bBotulismo

POR

A.D.A.M.

  • +A
  • -A

O que é?

O botulismo é uma doença rara, porém grave, causada pela bactéria Clostridium botulinum. Essa bactéria pode entrar no organismo através de machucados ou podem viver em alimentos enlatados ou preservados inadequadamente.

Causas

A bactéria Clostridium botulinum é encontrada no solo e em água não tratada em todo o mundo. Ela produz esporos que sobrevivem em alimentos preservados ou enlatados de forma inadequada, onde produzem a toxina. Ao ser ingerida, mesmo quantidades mínimas dessa toxina podem causar envenenamento grave.

Os alimentos mais comumente contaminados são vegetais em conservas caseiras, carne de porco e presunto curados, peixe defumado ou cru, e mel ou xarope de milho. O botulismo também pode ocorrer se a bactéria entrar em ferimentos abertos e produzir as toxinas ali.

O botulismo infantil ocorre quando um bebê ingere esporos e as bactérias crescem em seu trato gastrointestinal. A causa mais comum de botulismo infantil é a ingestão de mel e xarope de milho.

Normalmente, a bactéria Clostridium botulinum pode ser encontrada nas fezes de algumas crianças.

Cerca de 110 casos de botulismo ocorrem nos EUA por ano. A maioria dos casos ocorre em crianças.

Exames

O médico realizará um exame físico. Pode haver sinais de:

  • Ausência ou diminuição dos reflexos do tendão profundo
  • Ausência ou diminuição do reflexo faríngeo
  • Pálpebra caída
  • Perda da função/sensibilidade muscular
  • Instestino paralisado
  • Comprometimento da fala
  • Retenção urinária com incapacidade de urinar

Podem ser realizados exames de sangue para identificar a toxina. Pode ser solicitada também uma cultura das fezes. Podem ser realizados exames laboratoriais no alimento suspeito para confirmar o botulismo.

Tratamento

Será necessário um medicamento para combater as bactérias, denominado antitoxina contra botulismo.

O indivíduo deverá permanecer no hospital se apresentar problemas respiratórios. Uma sonda pode ser inserida através do nariz ou da boca para o interior da traqueia, para proporcionar uma passagem para o oxigênio. Pode ser necessário utilizar um aparelho de respiração artificial.

Indivíduos com problemas para engolir podem receber líquidos pela veia (por IV). Pode ser inserida uma sonda de alimentação.

Os médicos devem comunicar às autoridades estaduais de saúde ou aos Centros de Controle e Prevenção de Doenças dos EUA sobre pacientes com botulismo, para que os alimentos contaminados possam der removidos das lojas.

São prescritos antibióticos para algumas pessoas, mas nem sempre eles ajudam.

Prevenção

NUNCA dê mel ou xarope de milho para crianças abaixo de 1 ano de idade - nem mesmo um pouco para adoçar a chupeta.

Previna o botulismo infantil dando apenas leite do peito, se possível.

Jogue sempre fora latas estufadas ou alimentos guardados com cheiro de estragado. Esterilize os alimentos em conservas caseiras cozinhando-os na panela de pressão a 120oC por 30 minutos para reduzir o rico de botulismo.

Mantenha batatas assadas em papel-alumínio quentes ou na geladeira, nunca à temperatura ambiente.

Buscando ajuda médica

Dirija-se ao pronto-socorro ou ligue para o número de emergência local(por exemplo, 190) se suspeitar de botulismo.

Fontes e referências:

Arnon SS. Botulism (Clostridium botulinum). In: Kliegman RM, Behrman RE, Jenson HB, Stanton BF, eds. Nelson Textbook of Pediatrics. 19th ed. Philadelphia, Pa: Saunders Elsevier; 2011:chap 202.

Reddy P, Bleck TP. Clostridium botulinum (botulism). In: Mandell GL, Bennett JE, Dolin R, eds. Principles and Practice of Infectious Diseases. 7th ed. Philadelphia, Pa: Churchill Livingstone Elsevier; 2009: chap 245.

Long SS. Clostridium botulinum (Botulism). In: Long SS, ed. Principles and Practice of Pediatric Infectious Diseases. 3rd ed. Philadelphia, Pa: Churchill Livingstone Elsevier; 2008: chap 189.

ADAM, Inc. é credenciada pelo URAC, também conhecida como American Accreditation HealthCare Commission (www.urac.org). URAC é uma auditoria independente para verificar se ADAM segue padrões rigorosos de qualidade e responsabilidade. A.D.A.M. é um dos primeiros a conseguir essa importante distinção para informações e serviços de saúde on-line. Saiba mais sobre a política editorial da ADAM, o processo editorial e a política de privacidade. A.D.A.M. também é um membro fundador da Hi-Ethics e subscreve os princípios de Saúde na Net Foundation (www.hon.ch).

As informações contidas neste documento não devem ser usados ​​durante qualquer emergência médica ou para o diagnóstico ou tratamento de qualquer condição médica. Um profissional licenciado médico deve ser consultado para diagnóstico e tratamento de todo e qualquer problema médico. Links para outros sites são fornecidos apenas para informação - não constituem endosso desses outros sites. © 1997 - 2013 ADAM, Inc. A reprodução ou distribuição das informações aqui contidas é estritamente proibida.

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

SERVIÇOS PARA VOCÊ