{ang{ nome }ang}

10/07/2014 10:02 - Atualizado em 22/07/2014 19:05

Tratamentos com medicamentos: Resinas de ácidos biliares


POR

A.D.A.M.

  • +A
  • -A

Guias de cuidado

As resinas de ácidos biliares e agentes similares incluem:

  • A colestiramina em pó (Questran e Questran Light)
  • O cloridrato de colesevelam em tablete (Welchol), que provou ser redutor de LDL sem muitos dos efeitos colaterais (ex.: constipação)

As resinas ligadoras de ácidos biliares funcionam, como o nome sugere, por ligação à bile no trato digestivo. Isto reduz o colesterol da seguinte maneira:

  • Como parte da digestão normal, o fígado transforma o colesterol em ácidos biliares. Estes ácidos biliares vão para os intestinos, onde a maioria é reabsorvida e retorna ao fígado.
  • As resinas de ácidos biliares se ligam aos ácidos biliares conforme eles passam pelos intestinos, para que os ácidos biliares saiam do corpo pelas fezes em vez de entrar de novo na corrente sanguínea.
  • Como resposta, o fígado converte mais colesterol em ácidos biliares; estes também são expelidos do corpo pelas fezes.
  • O resultado é que o colesterol LDL ("ruim") é removido efetivamente do fígado e do sangue.

Quando utilizado com controle de dieta, as resinas de ácidos biliares podem reduzir os níveis de LDL de 15 a 20%. Quando as resinas de ácidos biliares são combinadas com o ácido nicotínico, os níveis de LDL podem cair de 40% a 60%.

Sem medicaçãoMedicação

Efeitos colaterais

Geralmente, as pessoas passam por constipação, azia, gases e outros problemas gastrintestinais enquanto tomam uma medicação desta classe. Estes sintomas podem ser tão incômodos que a pessoa quer mudar as medicações.

O colesevelam, a resina mais nova, parece produzir menos dos efeitos colaterais gastrintestinais descritos.

Com o tempo, as deficiências de vitaminas A, D, E, K e B9 (ácido fólico) podem ocorrer, e pode ser necessária a ingestão de suplementos vitamínicos. Se utilizadas a longo prazo, as resinas de ácidos biliares levam ao esgotamento de vitamina K no corpo e podem ocorrer sangramentos.

Raramente foram relatados efeitos tóxicos ao fígado. Os pacientes com distúrbios hepáticos devem ser monitorados.

Interações do medicamento

As resinas de ácidos biliares podem interferir em outras medicações, incluindo:

  • Digoxina (Lanoxina)
  • Varfarina
  • Medicações betabloqueadoras para pressão alta (como atenolol, metoprolol e propranolol)
  • Diuréticos
  • Sulfonilureias (como glimepirida e gliburida) utilizadas para tratar o diabetes

Para evitar a interação entre as medicações, tome as medicações 1 hora antes ou de 4 a 6 horas após tomar as resinas de ácidos biliares.

comentários

{ang{ nome }ang}