{ang{ nome }ang}

10/07/2014 10:02 - Atualizado em 22/07/2014 19:05

Shigelose


POR

A.D.A.M.

  • +A
  • -A

Definição

A shigelose é uma infecção bacteriana do revestimento dos intestinos.

Nomes alternativos

Gastroenterite por Shigella; Enterite por Shigella; Enterite - Shigella; Gastroenterite - Shigella

Causas, incidência e fatores de risco

A shigelose é causada por um grupo de bactérias chamadas de Shigella.

Existem vários tipos de Shigella.

  • Shigella sonnei, também chamada Shigella do grupo D, responsável pela maior parte dos casos de shigelose nos Estados Unidos.
  • A Shigella flexneri ou Shigella do grupo B causa quase todos os outros casos.
  • A Shigella dysenteriae tipo 1 é rara nos EUA, mas pode levar a epidemias mortais em países em desenvolvimento.

As pessoas infectadas com a bactéria a liberam nas fezes. A bactéria pode se espalhar de uma pessoa infectada contaminando a água ou alimento ou contaminando diretamente outra pessoa. A entrada de apenas um pouco da bactéria Shigella na sua boca é suficiente para causar os sintomas.

Epidemias de shigelose estão associadas ao saneamento deficiente, água e alimentos contaminados e condições de vida em aglomerações.

A shigelose é comum entre viajantes em países em desenvolvimento e trabalhadores ou residentes de campos de refugiados.

A condição é vista mais comumente em creches e locais de vida em grupo.

Sintomas

Os sintomas geralmente se desenvolvem cerca de 1 a 7 dias (média de 3 dias) após o contato com a bactéria.

Os sintomas incluem:

Sinais e exames

  • Desidratação com frequência cardíaca acelerada e pressão sanguínea baixa
  • Sensibilidade abdominal
  • Contagem elevada de leucócitos (glóbulos brancos) no sangue
  • Coprocultura
  • Glóbulos brancos nas fezes

Tratamento

O objetivo do tratamento é repor líquidos e eletrólitos (sal e minerais) perdidos na diarreia.

Medicamentos que interrompem a diarreia geralmente não são dados porque fazem com que a infecção leve mais tempo para desaparecer.

Cuidados de saúde pessoal para evitar desidratação incluem beber soluções com eletrólitos para repor líquidos perdidos na diarreia. Diversos tipos de soluções com eletrólitos são vendidos sem receita.

Antibióticos podem ajudar a diminuir a duração da doença e ajudam a evitar que se espalhe para os outros do grupo ou da creche. Também podem ser prescritos para pacientes com sintomas graves. Os antibióticos usados com frequência incluem sulfametoxazol e trimetoprim (Bactrim), ampicilina, ciprofloxacino (Cipro) ou azitromicina.

Se você estiver com diarreia e não conseguir beber líquidos pela boca por causa de náusea intensa, você pode precisar de cuidados médicos e líquidos intravenosos (via intravenosa). Isso é especialmente comum em crianças pequenas.

Pessoas que tomam diuréticos (medicamentos que aumentam a micção) podem ter que parar de tomar esses remédios se tiverem enterite aguda por Shigella. Nunca pare de tomar nenhum remédio sem primeiro consultar seu médico.

Grupos de apoio

Expectativas (prognóstico)

Muitas vezes a infecção é moderada e desaparece sozinha. A maioria dos pacientes, exceto crianças mal nutridas e aqueles com sistema imunológico enfraquecido, têm uma perspectiva excelente.

Complicações

As complicações podem incluir:

  • Desidratação grave
  • Síndrome hemolítico-urêmica (SHU), uma forma de insuficiência renal com anemia e problemas de coagulação
  • Artrite reativa

Cerca de 1 em cada 10 crianças com enterite grave causada por Shigella desenvolve problemas neurológicos incluindo convulsões febris ou doença cerebral (encefalopatia) com cefaleia (dor de cabeça), letargia, confusão e pescoço enrijecido.

Consulte seu médico

Consulte o seu médico se a diarreia não melhorar, se houver sangue nas fezes, ou se houver sinais de desidratação.

Vá ao pronto-socorro se o seguinte acontecer com a pessoa com shigelose:

  • Confusão
  • Cefaleia com enrijecimento do pescoço
  • Letargia
  • Convulsões 

Esses sintomas são mais comuns em crianças.

Prevenção

A prevenção envolve manipulação, armazenagem e preparo adequado de alimentos, além de boa limpeza. Lavar as mãos é a medida preventiva mais eficiente. Evite alimentos e água contaminados.

Sistema digestivoÓrgãos do sistema digestivo

Referências

DuPont HL. Approach to the patient with suspected enteric infection. In: Goldman L, Schafer AI, eds. Cecil Medicine. 24th ed. Philadelphia, Pa: Saunders Elsevier; 2011:chap 291.

Semrad CE. Approach to the patient with diarrhea and malabsorption.In: Goldman L, Schafer AI, eds. Cecil Medicine. 24th ed. Philadelphia, Pa:Saunders Elsevier; 2011:chap142.

Giannella RA. Infectious enteritis and proctocolitis and bacterial food poisoning. In: Feldman M, Friedman LS, Brandt LJ, eds. Sleisenger & Fordtran''s Gastrointestinal and Liver Disease. 9th ed. Philadelphia, Pa:Saunders Elsevier; 2010:chap 107.

comentários

{ang{ nome }ang}