{ang{ nome }ang}

10/07/2014 10:02 - Atualizado em 22/07/2014 19:05

Osteoartrite


POR

A.D.A.M.

  • +A
  • -A

Definição

A osteoartrite (OA) é o distúrbio mais comum das articulações.

Nomes alternativos

Osteoartrite hipertrófica; osteoartrose; doença degenerativa das articulações, OA; artrite - osteoartrite

Causas, incidência e fatores de risco

A osteoartrite é causada pelo desgaste de uma articulação.

  • A cartilagem é o tecido fino e emborrachado que reveste os ossos nas articulações e permite que os ossos deslizem uns sobre os outros.
  • A cartilagem pode quebrar e se desgastar. Como resultado, os ossos se friccionam, causando dor, inchaço e rigidez.
  • Bicos de papagaio ou esporões podem se formar ao redor da articulação e os ligamentos e músculos ao redor da bacia ficam mais fracos e rígidos.

Em geral, a causa da OA é desconhecida. Ela está relacionada principalmente ao envelhecimento. Os sintomas da OA geralmente aparecem na meia-idade. Quase todo mundo tem algum sintoma por volta dos 70 anos. No entanto, esses sintomas podem não ser graves Antes dos 55, a OA ocorre tanto em homens quanto em mulheres. Após os 55 anos, ela é mais comum em mulheres.

Outros fatores também podem levar à OA.

  • A osteoartrite tende a ser genética
  • Estar acima do peso aumenta o risco de OA na bacia, nos joelhos, nos tornozelos e nas articulações dos pés
  • Fraturas ou outras lesões nas articulações podem causar osteoartrite futuramente
  • O uso excessivo a longo prazo no trabalho ou no esporte pode levar à osteoartrite

Entre as doenças que podem causar OA estão:

  • Distúrbios de coagulação que causam hemorragia na articulação, como hemofilia
  • Distúrbios que bloqueiam o suprimento sanguíneo próximo a uma articulação, como a necrose vascular
  • Outros tipos de artrite, como gota crônica, pseudogota ou artrite reumatoide

Sintomas

Dor e rigidez nas articulações são os sintomas mais comuns. A dor é muitas vezes pior depois do exercício e quando peso ou pressão são colocados na articulação.

Suas articulações ficam mais rígidas e duras de mover com o tempo. Você poderá perceber um som de fricção, atrito ou estalido ao mover as articulações.

A frase "rigidez matutina" refere-se à dor e à rigidez que as pessoas sentem quando se levantam pela manhã. A rigidez geralmente dura no máximo 30 minutos. Ela melhora com atividades leves que "aqueçam" a articulação.

Durante o dia, a dor pode piorar com a atividade e melhorar quando você estiver descansando. Depois de um tempo, a dor pode voltar quando você estiver descansando. Ela pode até fazer você acordar de noite.

Algumas pessoas podem não ter sintomas, embora as radiografias mostrem as alterações da OA.

Sinais e testes

O exame físico pode mostrar:

  • Movimentação da articulação que pode provocar rangidos (atrito) chamado de crepitação
  • Inchaço das articulações (os ossos ao redor das articulações podem parecer maiores do que o normal)
  • Amplitude de movimento reduzida
  • Dor ao pressionar a articulação
  • Movimento normal que é geralmente doloroso

Não existem exames de sangue que auxiliem no diagnóstico da OA.

Um raio X das articulações afetadas mostrará uma perda do espaço da articulação. Em casos avançados, haverá desgaste das extremidades dos ossos e dos osteófitos.

Tratamento

A OA não pode ser curada. É muito provável que ela se torne pior com o tempo. Entretanto, os sintomas da OA podem ser controlados.

Embora seja possível fazer cirurgias, outras terapias podem melhorar a dor e tornar sua vida melhor. Embora esses tratamentos não curem a artrite, eles podem adiar a cirurgia.

MEDICAMENTOS

Os analgésicos de venda livre, que podem ser comprados sem receita, podem ajudar nos sintomas da OA.

  • A maioria dos médicos recomenda primeiro o acetaminofeno (Tylenol) porque ele apresenta menos efeitos colaterais do que outros medicamentos.
  • Se a dor continuar, seu médico poderá recomendar anti-inflamatórios não esteroides (NSAIDs). Essas drogas ajudam a aliviar a dor e o inchaço. Tipos de NSAIDs incluem aspirina, ibuprofeno e naproxeno.
  • É possível tomar acetaminofeno ou outro analgésico antes de se exercitar. No entanto, não faça exercícios em excesso só porque tomou remédio.
  • Se estiver tomando analgésicos quase todos os dias, fale com seu médico. Você poderá precisar observar efeitos colaterais, como úlceras e sangramentos. Esses medicamentos também podem aumentar o risco de ataque cardíaco e de derrames.

Os corticoides injetados diretamente na articulação também podem ser usados para reduzir o inchaço e a dor. Entretanto, o alívio dura somente por um curto período. Mais de duas ou três injeções por ano podem ser prejudiciais à saúde.

Muitas pessoas usam remédios de venda livre como a glucosamina e o ácido condroitinossulfúrico.

  • Esses suplementos podem ser úteis para ajudar a controlar a dor, embora não ajudem no crescimento de novas cartilagens.
  • Alguns médicos recomendam um período de teste de 3 meses para ver se a glucosamina e a condroitina funcionam.

A capsaicina (Zostrix) em pomada pode ajudar a aliviar a dor. Você pode ter uma sensação de calor ou de queimação ao aplicar a pomada pela primeira vez. Essa sensação desaparece depois de alguns dias de uso. O alívio da dor normalmente começa a partir de uma ou duas semanas.

Um líquido sinovial artificial (Synvisc, Hyalgan) também pode ser injetado no joelho. Ele pode aliviar a dor por três a 6 meses.

MUDANÇAS NO ESTILO DE VIDA

Os exercícios podem ajudar a manter o movimento geral e das articulações. Peça a seu médico que recomende uma rotina apropriada de exercícios domésticos. Os exercícios aquáticos, como a natação, são especialmente úteis.

Entre outras recomendações sobre estilo de vida estão:

  • Aplicar frio e calor
  • Ter uma dieta balanceada e saudável
  • Repousar
  • Emagrecer se estiver acima do peso
  • Proteger as articulações

À medida que a dor da OA na bacia ou no joelho aumentar, manter as atividades diárias pode se tornar mais difícil ou doloroso.

  • Fazer algumas mudanças na casa pode diminuir o estresse nas articulações e aliviar um pouco a dor.
  • As pessoas cujo trabalho esteja causando estresse em determinadas articulações devem encontrar maneiras de reduzir o trauma. Você pode precisar fazer ajustes na área de trabalho ou alterar as tarefas de trabalho.

FISIOTERAPIA

A fisioterapia pode ajudar a fortalecer os músculos, a movimentação de articulações rígidas e o seu senso de equilíbrio. Os fisioterapeutas têm técnicas para tratar a OA. Se você não melhorar com a fisioterapia depois de 6 a 8 semanas, ela provavelmente não funcionará para você.

A massagem também pode trazer alívio rápido para a dor. Certifique-se de se consultar com um massagista experiente que entenda como trabalhar com articulações sensíveis.

ÓRTESES

Em alguns casos, as férulas e as órteses podem sustentar articulações fragilizadas. Algumas impedem o movimento da articulação, enquanto outras permitem algum movimento. Use órteses somente quando o uso for recomendado por seu médico ou fisioterapeuta. O uso incorreto de uma órtese pode causar lesões, rigidez e dor na articulação.

TRATAMENTOS ALTERNATIVOS

A acupuntura é um tratamento baseado na medicina chinesa. Seu funcionamento não está inteiramente claro. Alguns estudos concluíram que a acupuntura pode aliviar a dor de pessoas com OA.

A S-adenosilmetionina (SAMe, pronuncia-se "Sammy") é uma forma sintética de um bioproduto natural do aminoácido metionina. Ela tem sido comercializada como um remédio para a artrite, mas não há evidência científica para comprovar sua eficácia.

CIRURGIA

Os casos graves de OA podem necessitar de cirurgia para substituir ou reparar as articulações lesionadas. As opções cirúrgicas abrangem:

  • Cirurgia artroscópica para remover a cartilagem danificada
  • Alteração do alinhamento de um osso para aliviar o estresse no osso ou na articulação (osteotomia)
  • Fusão cirúrgica de ossos, normalmente na coluna (artrodese)
  • Substituição total ou parcial da articulação danificada por uma articulação artificial (substituição do joelho, quadril, ombro, tornozelo, cotovelo)

Grupos de apoio

Para obter mais informações e apoio, consulte Recursos de artrite.

Expectativas (prognóstico)

Cada pessoa com OA é diferente. A dor e a rigidez podem impedir que uma pessoa execute atividades diárias, ao passo que outras podem ser capazes de manter um estilo de vida ativo que inclua esportes e outras atividades.

Seus movimentos podem se tornar bastante limitados. Em geral, o tratamento melhora a função.

Complicações

  • Reações adversas aos medicamentos usados no tratamento
  • Redução da capacidade de realizar tarefas cotidianas, como higiene pessoal, tarefas domésticas ou cozinhar
  • Redução da capacidade de andar
  • Complicações cirúrgicas

Ligando para o médico

Consulte um profissional da área da saúde se tiver sintomas de OA.

Prevenção

A perda de peso pode diminuir o risco de OA em mulheres com sobrepeso.

OsteoartriteOsteoartrite

Referências

Gregory PJ, Sperry M, Wilson AF. Dietary supplements for osteoarthritis. Am Fam Physician. 2008;77:177-184.

Hunter DJ. In the clinic: Osteoarthritis. Ann Intern Med. 2007;147(3):ITC8-1-ITC8-16.

Hunter DJ, Lo GH. The management of osteoarthritis: an overview and call to appropriate conservative treatment. Med Clin North Am. 2009;93:127-43, xi.

comentários

{ang{ nome }ang}