{ang{ nome }ang}

10/07/2014 10:02 - Atualizado em 22/07/2014 19:05

Melhore a qualidade do ar em ambientes fechados


POR

A.D.A.M.

  • +A
  • -A

A qualidade do ar interno nas residências tem um papel essencial em sua saúde respiratória, especialmente se você sofrer de asma ou alergias. Uma pesquisa da Associação Americana do Pulmão demonstrou que a maioria dos norte-americanos (87%) não estão cientes de que o ar interno da maioria das residências americanas é mais poluído do que o ar externo.

Felizmente, há algumas medidas concretas que você pode tomar para melhorar os espaços em que vive:

  • Mantenha sua casa limpa e livre de poeira.
  • Controle todos os alérgenos biológicos (pólen da área externa, ácaros, descamação de animais de estimação, mofo e bolor).
  • Aumente a ventilação. Utilize exaustores ao cozinhar, ao tomar banho e ao utilizar a máquina de lavar louças.
  • Certifique-se de que sua secadora de roupas joga o ar para a parte externa.
  • Mantenha uma temperatura confortável e baixa umidade.
  • Não permita o fumo na casa. Evite utilizar um fogão a lenha ou lareira. Certifique-se de que seja vedada caso utilize uma.
  • Evite utilizar perfumes ou sprays de limpeza aromatizados. Utilize sprays com gatilho em vez de aerossóis.
  • Melhore a filtragem do ar.

A Agência de Proteção Ambiental (EPA) dos Estados Unidos considera a poluição interna como um dos cinco problemas ambientais mais urgentes nos Estados Unidos. Casos de asma aumentaram 60% nas últimas duas décadas, e é provável que parte deste aumento se deva a problemas de ar interno. As pessoas mais suscetíveis são os idosos, os mais jovens e aqueles cuja saúde está prejudicada, particularmente aqueles com uma condição respiratória ou do sistema imunológico.

Para evitar sintomas de asma e alergia, mantenha seu ar interno tão limpo quanto possível, identificando e controlando as fontes de irritantes transportados pelo ar em sua casa. Há três tipos de irritantes:

  • Alérgenos biológicos como pólen, esporos de mofo, alérgenos de ácaros, alérgenos de baratas e descamação dos animais de estimação
  • Fumaça de tabaco e de outros subprodutos de combustão
  • Gases de produtos de madeira e de outras fontes (por exemplo, radônio e formaldeído)

Aumente a ventilação

Ventilação adequada em certas áreas da casa é essencial para melhorar a qualidade do ar interno. Uma tarefa diária como cozinhar pode produzir odores, vapores de água e outros irritantes potenciais como gordura e fumaça. Evite utilizar ventiladores de janela padrão para ventilação, pois eles permitem que pólen e esporos de mofo externos entrem na casa. Utilize exaustores na cozinha e no banheiro para remover umidade e poluentes internos.

Um bom tipo de exaustor tem ventoinha de tamanho adequado com saída para a área externa. Use também um exaustor para a área externa da garagem, especialmente se ela for anexa à casa. Isto vai impedir que fumaça do carro entre na casa. Vedação na porta que vai da garagem para a casa também vai ajudar a manter os gases de exaustão fora da casa. Se tiver qualquer canalização para um sistema de aquecimento/ar condicionado forçado na garagem, certifique-se de que esteja bem selado.

Se sua casa estiver sempre cheia, considere um sistema de ventilação para toda a casa além do sistema de aquecimento e resfriamento forçado existente. Um sistema de aquecimento e resfriamento de ar forçado padrão puxa o ar de dentro da casa através de um registro ou grelha e força o ar aquecido ou refrigerado para fora do ambiente. O sistema de aquecimento e refrigeração de uma casa média americana não inclui um sistema de ventilação que puxa o ar fresco de fora.

Controle de temperatura e umidade

Pessoas com alergias ou asma devem monitorar a temperatura e a umidade na casa. Ar condicionado muitas vezes ajuda, principalmente porque permite que você mantenha as janelas fechadas em dias de mais pólen e mantém o crescimento de fungos e ácaros no mínimo (confira a previsão de pólen para a sua região). Um sistema de aquecimento e refrigeração central ajuda a manter a mesma temperatura e controla a umidade em toda a casa. Como segunda opção, em um cômodo isolado, uma unidade de ar condicionado de janela pode proporcionar refrigeração adequada, o que é particularmente importante no quarto. Certifique-se de limpar os filtros regularmente.

Use um desumidificador para manter o nível de umidade na casa em uma umidade relativa de 35 a 50%. Manter a casa fresca e seca ajuda a reduzir mofo, ácaros e baratas. No entanto, isso pode ser uma tarefa difícil, dependendo de onde vive. Segundo a Dra. Elaine Gonsior, Diretora da Clínica de Alergia da Kansas State University, é muito difícil obter os níveis de umidade abaixo de 50% em muitas áreas dos Estados Unidos, mesmo com ar condicionado e desumidificação. "Níveis tão baixos quanto 35% só podem ser alcançados em casas-padrão em climas frios e secos, a menos que o isolamento e a ventilação sejam de alta tecnologia, e isso está além do alcance da média dos proprietários", diz Gonsior.

Evite o fumo e produtos de combustão

Fumaça proveniente do fumo passivo é um importante desencadeador de asma. As crianças estão em maior risco, pois seus pulmões ainda estão em desenvolvimento. Exposição ao fumo passivo está associada a infecções do trato respiratório inferior (como bronquite e pneumonia), infecções de ouvido, aumento da gravidade e da frequência de episódios de asma e redução da função pulmonar. Não permita o fumo em casa ou no carro, principalmente na presença de uma criança. Se resolver fumar, fume na área externa.

Ao queimar velas, fumaça, fuligem e pequenas quantidades de produtos químicos tóxicos podem ser liberadas no ar, como benzeno, chumbo e mercúrio. Certifique-se que o pavio seja curto: queimar um longo pavio pode resultar em uma chama maior e produzir mais fuligem. Além disso, evite o uso de velas perfumadas ou de queima lenta, pois podem conter aditivos tóxicos.

Fogões a lenha e lareiras também podem ser uma fonte de fumaça que desencadeia asma ou sintomas de alergia. Se você precisa usar um fogão a lenha ou uma lareira, use madeira seca ou curada em vez de madeira pressionada (menos gases são liberados) e limpe e inspecione regularmente a chaminé. Nunca queime madeira pressionada, pois cinzas e gases tóxicos são liberados em decorrência de produtos químicos adicionados para torná-la resistente ao mofo e ao apodrecimento. Outros aparelhos de queima de combustível, como fogões a gás, fornos a óleo, aquecedores de água e aquecedores de ambiente, liberam subprodutos da combustão que podem poluir o ar interior de forma significativa e desencadear sintomas de asma em algumas pessoas.

Inspecione e faça manutenção nestes aparelhos regularmente para identificar vazamentos ou danos. Backdrafting (fluxo de ar para baixo em uma chaminé) pode permitir que a fuligem ou fumaça entre no espaço interno. Peça para um especialista em chaminés verificar a pressão do ar dentro e fora da chaminé para evitar backdrafting. O sistema de aquecimento ideal para alguém com alergias ou asma limitaria a exposição aos subprodutos da queima de madeira ou de combustíveis fósseis. Bombas de calor geotérmico, aquecedores de rodapé elétricos, aquecimento geotérmico ou aquecimento de combustão selados são bons exemplos.

Manter a casa limpa

Como várias substâncias irritantes podem estar presentes na poeira, tente manter a sua casa livre de pó. Uma vez por semana, use um pano úmido para limpar todas as superfícies planas. Tenha cuidado com os agentes de limpeza que utiliza. Alguns sprays perfumados ou aerossóis e outros limpadores podem ser irritantes para pessoas com asma e alergias. Por segurança, use borrifadores e uma máscara facial, e aumente a ventilação durante a limpeza para minimizar sua exposição a substâncias químicas irritantes.

Inspecione os dutos de ar em sua casa. Por vezes, a poeira e o bolor/mofo podem se acumular nos dutos de seu sistema de aquecimento e refrigerado forçado, o que pode resultar em maior dispersão destes alérgenos no ar. Isso pode ser um problema em casas com animais de estimação ou em áreas de alta umidade. Considere a contratação de um profissional para examinar ou limpar a sua canalização.

Melhore a filtração

Para melhorar o seu sistema existente de aquecimento/refrigeração, considere instalar um filtro eletrostático. Estes filtros, que trabalham 3 a 4 vezes melhor do que um filtro de espuma padrão, podem ser facilmente instalados em seu sistema para minimizar pequenas partículas suspensas no ar que são potenciais alérgenos. Uma alternativa para o filtro eletrostático é o filtro de ar de superfície estendida. Este filtro do tipo acordeão, que normalmente é de espessura de 5 a 15 centímetros, exige a instalação por um profissional de sistemas de aquecimento/refrigeração. O filtro de superfície estendida pode durar até dois anos e pode capturar mais alérgenos no ar do que um filtro eletrostático.

Depois de seguir estes passos para remover as fontes óbvias de poluição do ar interior, considere a compra de um purificador de ar para eliminar quaisquer partículas que permaneçam suspensas no ar. Purificadores de ar variam em tamanho, tipo e eficiência. Você pode escolher entre um modelo simples, barato e de mesa, até um sistema completo e caro para toda a casa. A medida padrão para avaliar a eficiência de um filtro de ar é a "taxa de entrega de ar puro" (ou CADR, Clean Air Delivery Rate), medida em pés cúbicos por minuto. Uma CADR maior indica mais capacidade do purificador de ar retornar o ar limpo para o ambiente. Alguns modelos são projetados com uma CADR maior para um tipo de partícula que o outro.

Modelos de mesa são geralmente muito pequenos para serem eficazes, mas uma unidade simples de purificador de ar com "acumulador de partículas de alta eficiência" (ou HEPA, High Efficiency Particulate Accumulator) pode ajudar a filtrar as partículas suspensas no ar, como fumaça, alérgenos de ácaros e alérgenos de animais de estimação. Purificadores de ar eletrônicos (também chamados de precipitadores eletrostáticos) são bastante eficientes, mas liberam uma pequena quantidade de ozônio durante o funcionamento. Em geral, os purificadores de ar não removem os gases irritantes, como radônio, monóxido de carbono ou formaldeído. No entanto, se eles contêm carbono ativado (ou material similar), eles podem remover alguns tipos de gases.

Considere o uso dos seguintes produtos:

  • Roupas de cama impermeáveis a alérgenos
  • Desumidificadores
  • Medidor do clima (temperatura e umidade)
  • Filtro de alta qualidade para o sistema de aquecimento/refrigerado forçado
  • Limpeza profissional do duto do sistema de aquecimento/refrigerado forçado
  • Purificador/filtro de ar portátil
  • Instalação de sistema de ventilação central
  • Aspiradores de pó ou sistema de aspiração central com HEPA

comentários

{ang{ nome }ang}