{ang{ nome }ang}

10/07/2014 10:02 - Atualizado em 22/07/2014 19:05

Leptospirose


POR

A.D.A.M.

  • +A
  • -A

Definição

A leptospirose é uma rara e grave infecção bacteriana que ocorre quando as pessoas são expostas à bactéria Leptospira.

Nomes alternativos

Síndrome de Weil; febre icterohemorrágica; doença dos porqueiros; febre do arrozal; febre dos cortadores de cana; febre dos pântanos; febre da lama; icterícia hemorrágica; doença de Stuttgart; tifo canino

Causas, incidência e fatores de risco

A bactéria Leptospira pode ser encontrada em água contaminada com urina de animais. A infeccção ocorre em temperaturas mais quentes.

Não é transmitida de uma pessoa a outra, exceto em casos muito raros em que é passada pelo leite materno ou da mãe para o feto.

Os fatores de risco incluem:

  • Exposição ocupacional -- fazendeiros, agricultores, trabalhadores em abatedouros, caçadores, veterinários, lenhadores, militares e pessoas que trabalham em esgotos ou em arrozais
  • Atividades recreativas -- nadar em águas naturais, canoagem, andar de caiaque e fazer trilha de bicicleta em regiões quentes
  • Exposições domésticas -- cachorros, criação de animais domésticos, sistemas de captação da água da chuva e roedores infectados.

A leptospirose é rara na região continental dos Estados Unidos. O Havaí possui o maior número de casos nos Estado Unidos.

Sintomas

Os sintomas podem levar de 2 a 26 dias (média de 10 dias) para se desenvolverem, podendo incluir:

  • Tosse seca
  • Febre
  • Dor de cabeça
  • Dor muscular
  • Náusea, vômito e diarreia
  • Calafrios

Sintomas menos comuns incluem:

  • Dor abdominal
  • Sons anormais nos pulmões
  • Dor nos ossos
  • Conjuntivite
  • Glândulas linfáticas aumentadas
  • Fígado ou baço aumentado
  • Dores nas articulações
  • Rigidez muscular
  • Sensibilidade muscular
  • Erupções cutâneas
  • Dor de garganta

Sinais e testes

O sangue é examinado para verificar a existência de anticorpos contra as bactérias.

Outros exames que podem ser realizados:

  • Hemograma completo
  • Creatinofosfoquinase
  • Enzimas hepáticas
  • Urinálise

Tratamento

Os medicamentos para tratar a leptospirose incluem:

  • Ampicilina
  • Ceftriaxona
  • Doxiciclina
  • Penicilina

Os casos complicados ou graves podem precisar de cuidados assistenciais ou tratamento em uma unidade de tratamento intensivo (UTI).

Grupos de apoio

Expectativas (prognóstico)

O resultado geralmente é bom. Entretanto, um caso complicado pode apresentar risco de morte se não for tratado imediatamente.

Complicações

  • Reação de Jarisch-Herxheimer com a administração de penicilina
  • Meningite
  • Sangramento grave

Ligando para o médico

Procure um médico se você apresentar quaisquer sintomas ou fatores de risco da leptospirose.

Prevenção

Evite regiões com água estagnada, principalmente em climas tropicais. Se você estiver exposto a uma área de alto risco, o uso de doxiciclina ou amoxicilina pode diminuir o risco de desenvolver a doença.

Anticorpos

Referências

Ko AI. Leptospirosis. In Goldman L, Schafer AI, eds. Cecil Medicine. 24th ed. Philadelphia, Pa: Saunders Elsevier; 2011:chap 331.

Levett PN, Haake DA. Leptospira species (leptospirosis).In:Mandell GL, Bennett JE, Dolin R, eds. Principles and Practice of Infectious Diseases. 7th ed. Philadelphia, Pa: Elsevier Churchill Livingstone; 2009:chap 240.

comentários

{ang{ nome }ang}