{ang{ nome }ang}

10/07/2014 10:02 - Atualizado em 22/07/2014 19:05

Incompatibilidade do grupo sanguíneo (Rh)


POR

A.D.A.M.

  • +A
  • -A

A incompatibilidade Rh ocorre quando o tipo sanguíneo da mãe é Rh negativo e o tipo sanguíneo do feto é Rh positivo. Um nome alternativo é doença de Rhesus. Rh é abreviatura para Rhesus.

Rh

O que é isso?

Todos nascem com um determinado tipo sanguíneo que é o Rh positivo ou Rh negativo. O sangue Rh positivo é mais comum que o Rh negativo. Cerca de 85% dos Caucasianos são Rh positivo, enquanto que a porcentagem é ainda maior entre afro-americanos, asiáticos e nativos americanos. Se você for Rh positivo, ou se tanto você como o pai do bebê forem Rh negativo, não há motivo para preocupação sobre incompatibilidade Rh. No entanto, se você for Rh negativo e o pai do bebê for Rh positivo, então seu bebê pode herdar o tipo sanguíneo do pai, criando incompatibilidade entre você e o feto.

Rh

Com incompatibilidade Rh, se um pouco do sangue fetal entrar na sua corrente sanguínea, seu corpo produzirá anticorpos. Esses anticorpos podem retornar pela placenta e lesionar as hemácias do bebê em desenvolvimento, causando anemia de leve à grave no feto. Seu primeiro bebê estará seguro, pois o sangue fetal e materno geralmente não se misturam até o parto. Se seu segundo bebê também for Rh positivo, há um risco de que seus anticorpos ataquem suas hemácias e causem problemas.

Rh

Como posso saber se tenho o problema?

Não há sintomas físicos que permitiriam detectar por sí só se você é Rh incompatível com seu bebê. Se estiver grávida, é procedimento padrão que seu médico peça um teste de sangue que determinará se você é Rh positivo ou Rh negativo. Se o teste indicar que você desenvolveu anticorpos Rh, seu sangue será monitorado regularmente para avaliar o nível de anticorpos alí contidos. Se os níveis forem altos, será realizada uma amniocentese para determinar o grau de anemia do feto.

Como posso tratar?

Durante cuidados pré-natais, o médico geralmente toma medidas para evitar que uma mãe Rh negativo desenvolva anticorpos em resposta ao sangue Rh positivo do feto. Seu bebê poderá ser monitorado por meio de ultrassons para observar sinais de anemia.

Se houver anticorpos presentes e for detectada anemia no feto, será realizada uma transfusão de sangue para substituir o abastecimento de sangue do feto por sangue Rh negativo, que não será lesionado pelos anticorpos que seu corpo criou. A transfusão é administrada através do cordão umbilical enquanto o feto ainda está no útero, começando na 18a semana de gravidez ou mais. Esse procedimento pode ser arriscado, então alguns médicos preferem induzir um trabalho de parto antecipado. A transfusão de sangue é então administrada depois que o bebê nasceu.

Como posso prevenir?

A doença de Rhesus é rara hoje em dia, pois as mães que são Rh negativo recebem injeções intramusculares com uma droga chamada Rhogam. O Rhogam remove as células fetais Rh positivo da corrente sanguínea da mãe antes que seu corpo as reconheça e comece a produzir anticorpos. Todas as mães Rh negativo recebem uma injeção de Rhogam por volta das 28 semanas. Você pode receber uma injeção extra se tiver sangramento na gravidez ou se passar por algum procedimento como a amniocentese, que pode fazer com que as células sanguíneas fetais se misturam à sua circulação.

Se seu bebê nascer Rh positivo, outra dose será administrada dentro de 72 horas após o parto. Isso irá evitar que seu corpo crie anticorpos futuros que poderiam causar problemas em uma gestação subsequente.

Perguntas Frequentes

P: Se meu bebê nascer Rh negativo, mas eu tiver recebido a vacina imunoglobulina anti-Rh, ele será prejudicado?

R: Não. Não há risco causado pela vacina nem para você nem para o bebê. É sempre melhor ser cuidadosa e administrá-la, mesmo se seu bebê for Rh negativo em vez de Rh positivo.

P: Por que algumas pessoas nascem Rh positivo enquanto outras nascem Rh negativo?

R: Os grupos sanguíneos são determinados pela quantidade específica de moléculas de proteína que aparecem na superfície das suas células sanguíneas. O fator Rh é um desses grupos sanguíneos. Apenas uma pequena porção da população é Rh negativo.

P: Quais são minhas chances de desenvolver a doença de Rhesus durante minha primeira gestação?

R: Há uma pequena possibilidade de o sangue fetal entrar na sua corrente sanguínea através da placenta ou durante uma amniocentese na primeira gestação. É por isso que o Rhogam é administrado se você passar por algum procedimento que possa misturar sangue fetal e sangue materno. Geralmente, a doença de Rhesus só ocorre durante a segunda gestação ou gestações subsequentes.

comentários

{ang{ nome }ang}