{ang{ nome }ang}

10/07/2014 10:02 - Atualizado em 22/07/2014 19:05

Gengivite


POR

A.D.A.M.

  • +A
  • -A

Definição

A gengivite é a inflamação das gengivas.

Nomes alternativos

Doença das gengivas; Doença periodontal

Causas, incidência e fatores de risco

A gengivite é uma forma de doença periodontal. A doença periodontal consiste em inflamação e infecção que destrói os tecidos que dão sustentação aos dentes, inclusive as gengivas, os ligamentos periodontais e os ossos alveolares.

A gengivite é resultado dos efeitos a longo prazo do acúmulo de placas. A placa é um material grudento feito de bactéria, muco e resíduos de comida que se desenvolve nas partes expostas dos dentes. É a maior causa de cárie dentária. Se a placa não for removida, ela se transforma em um depósito duro chamado de tártaro, que fica preso na base do dente. A placa e o tártaro irritam e inflamam as gengivas. As bactérias e as toxinas produzidas pela placa e pelo tártaro deixam as gengivas infectadas, inchadas e sensíveis.

Danos às gengivas resultantes de qualquer causa, inclusive de excessiva escovação ou limpeza com fio dental vigorosa, podem causar gengivite.

As seguintes situações aumentam o risco de desenvolver a gengivite:

  • Moléstias em geral
  • Higiene dental precária
  • Gravidez (mudanças hormonais aumentam a sensibilidade das gengivas)
  • Diabetes não controlado

Ainda, dentes desalinhados, pontas de obturação ásperas ou aplicações bucais mal encaixadas ou mal limpas (tais como aparelhos, dentaduras, pontes e coroas) podem irritar as gengivas e elevar o risco da inflamação.

Também estão associados à gengivite medicamentos como fenitoína e pílulas anticoncepcionais, além de metais pesados, como chumbo e bismuto.

Muitas pessoas têm gengivite em graus variáveis. Geralmente surge na puberdade ou no ínicio da vida adulta, devido a mudanças hormonais, e pode persistir ou reaparecer com frequência, dependendo da saúde dos dentes e das gengivas.

Sintomas

  • Sangramento nas gengivas(sangue ao escovar, mesmo quando se escova os dentes suavemente)
  • Gengivas com um aspecto de um vermelho vivo ou arroxeado
  • Gengivas sensíveis somente quando se toca nelas
  • Lesões na boca
  • Gengivas inchadas
  • Gengivas com um aspecto de brilho

Sinais e testes

O dentista vai examinar a boca e os dentes procurando por gengivas moles, inchadas e roxo avermelhadas. Os depósitos de placa e tártaro podem ser vistos na base dos dentes. As gengivas geralmente são indolores ou levemente sensíveis.

Outros testes não são necessários, embora raios X dentários e medidas do osso dental possam ser realizadas para determinar se a inflamação atingiu as estruturas de suporte dos dentes.

Consulte: Periodontite

Tratamento

O objetivo é reduzir a inflamação. Os dentes são completamente limpos por um profissional. Isso pode envolver o uso de vários instrumentos ou aparelhos para soltar e remover os acúmulos dos dentes.

Uma higiene oral cuidadosa é necessária após a limpeza dentária profissional. O profissional vai mostrar como escovar e como usar o fio dental. Além da escovação e do uso do fio dental, pode ser recomendada a realização de limpeza duas vezes por ano, ou com mais frequência em casos mais graves. Além de uma escovação e uma limpeza com fio dental cuidadosa e frequente, o uso de enxaguantes bucais antibacterianos ou outros produtos pode ser aconselhado.

Recomenda-se o reparo de dentes desalinhados ou a substituição de aparelhos ortodônticos e dentários. Quaisquer outras doenças subjascentes devem ser tratadas.

Grupos de apoio

Expectativas (prognóstico)

A remoção da placa de gengivas inflamadas pode ser desconfortável. Sangramento e sensibilidade das gengivas não deve passar de uma ou duas semanas após a realização da limpeza profissional e de uma higiene oral cuidadosa. O uso de enxaguantes bucais ou salmora morna pode reduzir o mau hálito. Medicamentos anti-inflamatórios de balcão - que não necessitam de receita médica - aliviam qualquer desconforto resultante de uma limpeza rigorosa.

Gengivas saudáveis são rosadas e aparentemente firmes. Mantenha a higiene oral rigorosa por toda a vida, senão a gengivite pode reaparecer.

Complicações

  • Recorrência da gengivite
  • Periodontite
  • Infecção ou abscesso da gengiva ou dos ossos da mandíbula
  • Boca de trincheira

Ligando para o médico

Procure seu dentista se os sintomas da gengivite estiverem presentes, principalmente se não tiver sido realizada nenhuma limpeza ou nenhum exame nos últimos 6 meses.

Procure assistência médica se o seu dentista tiver recomendado tratamento médico para doenças subjascentes que contribuem para o desenvolvimento da gengivite.

Prevenção

Uma boa higiene oral é a melhor prevenção contra a gengivite, pois remove a placa que causa o transtorno. Os dentes devem ser escovados pelo menos duas vezes ao dia e o fio dental deve ser suavemente usado pelo menos uma vez ao dia. Para pessoas propensas a terem gengivite, recomenda-se a escovação e o uso do fio dental após cada refeição e antes de dormir. Consulte seu dentista para receber instruções de técnicas de escovação e de uso do fio dental apropriadas.

Ferramentas ou acessórios especiais podem ser recomendados a pessoas muito propensas a terem depósitos de placas. O uso de suplementos não substitui de forma alguma a escovação e o uso do fio dental. Os acessórios e as ferramentas podem incluir palitos especiais, escovas de dentes, irrigadores ou outros acessórios.

O dentista ainda pode indicar o uso de pastas de dentes ou exaguantes bucais antiplaca ou antitártaro.

A realização regular de uma limpeza oral profissional é importante para remover a placa, que pode se desenvolver mesmo com escovação e uso de fio dental meticulosos. Muitos dentistas aconselham uma limpeza dental pelo menos de seis em seis meses.

Anatomia do denteGengiviteGingivitis

Referências

Ferri FF. Ferri''s Clinical Advisor: Instant Diagnosis and Treatment. St. Louis, Mo: Mosby; 2005:447-448.

Marx J. Rosen''s Emergency Medicine: Concepts and Clinical Practice. 5th ed. St. Louis, Mo: Mosby; 2002:898.

American Academy of Periodontology. Parameter on plaque-induced gingivitis. J Periodontol. 2000;71:851-852.

comentários

{ang{ nome }ang}