{ang{ nome }ang}

10/07/2014 10:02 - Atualizado em 22/07/2014 19:05

Etapa 4: Como a osteoartrite é diagnosticada


POR

A.D.A.M.

  • +A
  • -A

Pessoas mais velhas frequentemente não percebem que têm osteoartrite quando não sentem dores ou outros sintomas. Entretanto, exames de raio-X revelam com frequência um pouco de osteoartrite na coluna vertebral ou em dedos nos idosos.

Seu médico poderá diagnosticar a osteoartrite através de:

  • Um exame físico e uma discussão de seus sintomas
  • Raio-X e possivelmente outros exames de imagem
  • Aspiração de fluido e exame de sangue

Exame físico

Se tiver dores nas articulações ou outros sintomas, você poderá conversar com seu médico, que deverá estar familiarizado com o diagnóstico da artrite. Você também poderá consultar um reumatologista (um especialista em problemas nas articulações) ou um ortopedista. O médico irá lhe perguntar sobre quaisquer doenças, lesões ou operações que você teve no passado. Você deverá contar ao médico sobre quaisquer alergias ou outras condições que você tenha hoje.

O médico irá examinar suas articulações, procurando inchaços, deformidades, vermelhidão, calor, sensibilidade e manchas na pele. O médico identificará quais articulações estão afetadas, e como, para distinguir a osteoartrite de outras formas de artrite.

Os músculos que cercam articulações dolorosas e desgastadas poderão estar fracos. Os sintomas em suas mãos poderão ser especialmente importantes para a realização do diagnóstico. A osteoartrite costuma afetar a base do polegar e as articulações do meio e das pontas dos dedos.

Osteoartrite é associada ao processo de envelhecimento e poderá afetar qualquer articulação. A cartilagem da articulação afetada é gradualmente desgastada, eventualmente fazendo com que ossos friccionem entre si. Esporões ósseos se desenvolvem em ossos desprotegidos, causando dores e inflamação.

Raios-X e outros exames de imagem

Raios-X podem confirmar que você tem artrite, porém não indicam necessariamente o tipo de artrite. Seu médico irá procurar por alterações estruturais específicas nas articulações, que sugerem a presença de osteoartrite, tais como:

  • Estreitamento do espaço da articulação. Isto ocorre devido à perda de cartilagem (por exemplo, estreitamento do espaço da articulação da parte interna do joelho).
  • Esporões ósseos. Estes são crescimentos anormais do novo osso que se desenvolve à margem da articulação, sendo a maneira encontrada pela natureza de proteger a articulação.
  • Distribuição em um único lado (por exemplo, um joelho, um lado do quadril) de irregularidades nas articulações.
  • Cistos. Estes podem ser vistos no osso logo abaixo das superfícies da articulação.

Por outro lado, exames de imagem em pessoas com artrite reumatoide mostram com maior frequência:

  • Perda de cálcio do osso (chamado de descalcificação óssea)
  • Defeitos causadores de erosão ou buracos nos ossos em uma articulação
  • Mudanças em muitas articulações em ambos os lados do corpo

Testes em laboratório

Caso exista dúvida sobre a natureza exata do inchaço nas articulações, o médico poderá executar uma aspiração na articulação. Durante este procedimento:

  • Uma agulha é cuidadosamente inserida na articulação para retirar uma pequena quantidade de fluido sinovial da articulação.
  • O fluido é então examinado em suas características químicas, viscosidade (espessura), número de células sanguíneas, aparência geral e microrganismos (no caso de suspeita de infecção).
  • O fluido de uma articulação com osteoartrite é geralmente claro, enquanto no caso de artrite reumatoide é um pouco turvo, devido à presença de muitos leucócitos.
  • O fluido é então examinado à procura de cristais para excluir outros diagnósticos, como o de gota.
  • Às vezes o fluido de uma articulação com osteoartrite contém cristais como o pirofosfato de cálcio, que poderá causar irritações leves e aumentar o inchaço.

Exames de sangue poderão ser solicitados para identificar infecção, medir a quantidade de células sanguíneas e indicar fatores decisivos de diagnóstico, como o fator reumatoide (FR), que são mais comuns em pessoas com tipos inflamatórios de artrite, como a artrite reumatoide.

Testes de sangue e urina poderão ser solicitados para descartar condições como gota. O sangue de pessoas com gota contém um alto nível de ácido úrico, que está associado com o acúmulo de cristais causadores de artrite no fluido da articulação.

Você sabia...?

  • A osteoartrite é um dos problemas de saúde já descobertos mais antigos, tendo sido encontrada em articulações de dinossauros e em múmias egípcias.
  • A osteoartrite ocorre em homens e mulheres e geralmente se desenvolve após os 45 anos de idade.
  • Mais de 50% das pessoas acima de 65 anos possuem algum grau de osteoartrite.

comentários

{ang{ nome }ang}