Terapias

24/05/2015 01:11 - Atualizado em 09/12/2016 10:55

Utilize o artesanato para fins terapêuticos

Além de estimular a concentração e a criatividade, o artesanato também aumenta a autoestima.

POR

Redação

  • +A
  • -A

O artesanato pode ser usado não só como trabalho ou hobby, mas também servir de terapia para combater o estresse e outros problemas de saúde. A atividade traz uma série de benefícios que proporcionam bem-estar e ainda oferecem a oportunidade de desenvolver novas habilidades.

Existe uma grande variedade de técnicas e objetos que podem ser criados com o trabalho manual. Basta ter vontade e soltar a criatividade, reservando um dia ou até mesmo algumas horas por semana para praticar e viver melhor.

artesanato

Benefícios do artesanato como terapia

A prática de trabalhos manuais oferece diversos fatores que aumentam a autoestima e melhoram o estado emocional por completo. Costurar, bordar, pintar e recortar são formas de relaxar e aliviar o estresse do dia a dia, ou então de um evento traumático.

A produção estimula a concentração, a criatividade e o desenvolvimento de outras habilidades, a partir do aprendizado de algo novo.

Pode servir como passatempo, terapia ou até mesmo fonte de renda. O importante é que criar com as próprias mãos e ver o trabalho pronto é uma forma de se expressar por meio da técnica e se sentir capaz e produtivo. Com isso, o artesanato traz sensação de prazer e bem-estar, além de aumentar a autoestima e a confiança.

A atividade ajuda a tratar e prevenir problemas como depressão, transtornos de humor e doenças mentais. A prática de diferentes técnicas artísticas serve como apoio terapêutico, buscando o objetivo de melhorar a capacidade de expressão e de comunicação das pessoas. Também é uma ótima opção para idosos, servindo como forma de ocupação, lazer e integração.

Opções e dicas para começar

Além dos cursos presenciais organizados por artesãs, por lojas de artesanato ou por grupos de pessoas interessadas nas técnicas, também é possível aprender com revistas que mostram o passo a passo, ou até mesmo pela internet, em blogs e vídeos tutoriais. Basta descobrir a técnica que você mais gosta e começar a praticar.

O artesanato envolve todo tipo de trabalho manual. Uma das principais técnicas é o patchwork, que é feito por meio de costura, colagem e aplicações para fabricação de peças de pano. Podem ser criadas bonecas, chaveiros, painéis, guirlandas, porta-objetos e os mais diversos itens de decoração.

A costura e o bordado também possibilitam criar uma série de objetos, que podem servir como decoração da casa ou de uma festa, ou então para adornar roupas, sapatos, bolsas e outros acessórios.

Outras formas de artesanato que são ótimas opções para melhorar a expressão e a comunicação são o desenho e a pintura. Pode ser em papel, tecido, tela ou na parede, com lápis, giz ou tinta, mas criar e colorir obras proporciona benefícios para o corpo e para a mente.

Ainda existem técnicas de crochê, tricô, decoupage, biscuit, escultura, marcenaria, entre outras. Elas permitem a utilização de materiais como tecido, linha, gesso, barro, madeira e itens recicláveis, de garrafas PET e latas até caixas de leite.

Que tal usar o artesanato como terapia? Deixe seu comentário! E aproveite para conferir outras dicas de bem-estar do Vivo Mais Saudável.

TAGS
trabalhos manuais
arteterapia
decoração
passatempo

Comentários

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

SERVIÇOS PARA VOCÊ