Terapias

09/05/2015 05:32 - Atualizado em 25/11/2016 11:59

Terapia em grupo diminui o peso dos problemas

Troca de experiências permite ver as dificuldades por outras perspectivas.

POR

Redação

  • +A
  • -A

Se está difícil resolver os problemas sozinho, talvez a terapia em grupo seja a solução mais adequada para lidar com as dificuldades do dia a dia. Essa prática terapêutica tem se tornado cada vez mais comum, principalmente com os grupos de apoio para alcoolistas e dependentes de drogas.

No entanto, não são apenas essas pessoas que podem obter bons resultados com a terapia em grupo. Situações de conflitos familiares e dificuldades no trabalho também podem se beneficiar da técnica, que objetiva ajudar as pessoas a superarem seus problemas. Quer tentar resolver os seus? Saiba como.

Como é feita a terapia em grupo?

Com o mínimo de três pessoas já é possível dar inicio a uma terapia em grupo. Os encontros vão depender do objetivo e da disponibilidade dos pacientes. Geralmente, são feitos uma vez por semana e têm duração de uma hora e meia. Na ocasião, trocam-se experiências, sentimentos e dores, principalmente de quem esteja passando por momentos complicados na vida.

terapia em grupo

Muitas pessoas sequer tentam realizar esse tipo de terapia por medo ou vergonha da exposição. Porém, quando se propõem a participar de um grupo de apoio coletivo, todos os membros buscam compreender as dificuldades alheias, ouvindo sempre que necessário. Menosprezo e julgamentos são totalmente banidos do procedimento.

Toda terapia em grupo é conduzida por um psicólogo, psicoterapeuta ou psiquiatra. O intuito é orientar os presentes nas discussões, ajudando cada um com seu problema. Ele também é responsável por não permitir a inserção de pessoas sem objetivo de melhora ou com comportamento agressivo, o que poderia dificultar a integração dos demais.

Depois de superar a timidez e ganhar mais confiança, os participantes passam a perceber os benefícios da terapia. No grupo, a pessoa mantém contato com outros que estão passando por situações semelhantes às dela, além de trocar dicas e experiências, aprendendo a perceber as dificuldades através de outras perspectivas.

Benefícios da terapia em grupo

Na terapia em grupo, os membros fogem das frases prontas como “faça como eu” ou “eu não agiria assim”. Todos ali passam por uma dificuldade em comum, então a ideia é não ficar apenas reclamando. O espaço é aberto para ajudar o outro na construção de suas próprias soluções.

Troca de experiências: com o contato interpessoal, você conhece outras pessoas que também vivenciam ou vivenciaram um período difícil. O melhor disso é poder ser ouvido e compreendido, já que todos partilham dificuldades e evitam questionamentos e julgamentos.

Baixo custo: geralmente, as terapias feitas com mais de uma pessoa têm valor mais baixo que a individual. Dessa forma, o procedimento se torna mais acessível. Ainda existe a opção de grupos de apoio para casos específicos que podem, inclusive, ser gratuitos.

Grupos especiais: as terapias de grupo geralmente se dividem em temas. Dependendo do interesse ou da dificuldade da pessoa, ela se encaixa para tratamentos de álcool, drogas, depressão, luto e obesidade, mas também para compartilhar questões da gestação ou da terceira idade.

Apoio familiar: quando um membro da família é afetado por alguma doença, como depressão ou bipolaridade, a família pode realizar terapia para ajudar no combate aos sintomas e na manifestação do problema.

Gostou das dicas de bem-estar? Então deixe um comentário! E não esqueça que você sempre encontra novidades para sua qualidade de vida aqui no Vivo Mais Saudável.

TAGS
grupos de apoio
terapia familiar
superação
dependência

Comentários

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

SERVIÇOS PARA VOCÊ