Terapias

23/04/2015 09:25 - Atualizado em 25/11/2016 06:49

Terapia com pedras quentes espanta a tensão

Aproveite os benefícios das pedras quentes no tratamento para ansiedade e até mesmo câncer.

POR

Redação

  • +A
  • -A

Você já pensou que as pedras podem ser uma excelente fonte de energia e ainda combater o estresse? Quando utilizadas na terapia com pedras quentes, elas retomam princípios da Antiguidade para ajudar no relaxamento do corpo e da mente.

Os monges, em seu isolamento, utilizavam as pedras aquecidas para controlar a fome quando estavam jejuando. Acredita-se, então, que a técnica também funcione para perda de peso.

As pedras liberam uma corrente de energia chamada piezoelétrica, reduzindo inflamações e ajudando a melhorar a regeneração das células, o que contribui para tratamentos contra celulite. Veja como é feita a terapia com pedras quentes.

terapia com pedras quentes

Terapia com pedras quentes faz bem para quê?

Se você está com retenção de líquidos, problemas nas articulações, insônia, falta de disposição e dores nas terminações nervosas dos ombros, da região lombar e do nervo ciático, então a terapia com pedras quentes pode ajudar no tratamento.

No entanto, ela é recomendada principalmente para quem sofre de estresse, ansiedade, irritabilidade e depressão. Com a terapia, os pacientes podem melhorar a circulação sanguínea, a digestão e a respiração, além de liberarem as emoções com mais facilidade, já que ela proporciona maior sensação de alegria e bem-estar.

A técnica é conhecida desde os tempos antigos, com registros no Egito e até mesmo na Bíblia, mas seu uso pelos esteticistas é recente. Desenvolvida primeiro com intuito terapêutico na Europa e nos Estados Unidos, a massagem com pedras aquecidas ou frias vem aparecendo aos poucos no Brasil.

Como é feita a terapia com pedras quentes?

A terapia com pedras quentes utilizou os princípios antigos e repaginou-o com técnicas de massagens suecas e do shiatsu. Aliada a procedimentos orientais - como a termoterapia, realizada para processo de cura -, além de estudos de geoterapia e massoterapia, as pedras quentes começaram a ganhar popularidade por seus efeitos relaxantes.

O processo da massagem com pedras aquecidas é alternado com pedras resfriadas e propõe agregar reações fisiológicas e orgânicas. Ao longo dos músculos, as pedras são dispostas pelo corpo para transmitir energia. Além dos efeitos corporais, a terapia busca uma conexão mental para relaxar a mente e conectar-se ao interior da pessoa.

As pedras utilizadas são de origem vulcânica ou sedimentar, muitas vezes com milhares de anos. Cada esteticista utiliza as mais adequadas, e os tamanhos e formatos são escolhidos de acordo com a região do corpo e as formas do paciente.

As pedras devem ser encaixadas da melhor maneira possível no corpo, para agir no sistema circulatório, criando respostas sedativas e de renovação energética.

A terapia com pedras quentes costuma ser muito relaxante, atuando como um inibidor das reações e dos impulsos cerebrais. Cada sessão dura, em média, uma hora e meia. Ao final da massagem com as pedras, é comum que os pacientes estejam dormindo, já que o estresse e a ansiedade se esvaem com a alteração da temperatura.

O tratamento com essa terapia tem se mostrado benéfico inclusive para pacientes com câncer, já que renova as energias e promove mais tranquilidade e bem-estar.

Gostou das dicas para melhorar sua qualidade de vida? Deixe um comentário! E não esqueça que você sempre encontra novidades aqui no Vivo Mais Saudável.

TAGS
relaxamento
alívio
massagem
pedras quentes

Comentários

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

SERVIÇOS PARA VOCÊ