Terapias

10/01/2015 08:31 - Atualizado em 18/12/2016 12:26

Pais têm culpa em nossos erros. Veja como a psicanálise aborda

Estudo realizado por revista de Psicologia aponta que pais têm culpa nos problemas infantis.

POR

Redação

  • +A
  • -A

Quantas vezes você já ouviu falar que “fulano é agressivo por culpa da liberdade dada pelos pais” ou que “fulana tem medo de tudo por ter sido protegida demais pela família”? Pode até parecer exagero culpar os pais pelos problemas dos filhos, mas uma pesquisa publicada na revista Child Development diz que, na maioria dos casos, é isso o que acontece.

culpa

Culpa dos pais: o estudo

O estudo aponta que a forma como você é tratado pelos seus pais na infância tem muita influência nas atitudes e no comportamento que você assume quando cresce. Os pesquisadores americanos que desenvolveram esse estudo acompanharam 243 crianças, vindas de famílias de baixa renda do estado de Minessota, nos Estados Unidos.

Eles começaram a analisar as crianças desde o seu nascimento e os acompanharam por muitos anos, até que atingissem os 32 anos de idade. A ideia era observar a forma como as mães interagiram com os seus filhos durante todas as fases da vida, até que atingissem a vida adulta. O contato durante os três primeiros anos e a transformação ocorrida ao longo do tempo.

À medida que as crianças foram envelhecendo, os pesquisadores começaram a perguntar aos professores sobre as habilidades sociais desenvolvidas pela criança e sobre suas competências acadêmicas diante dos estudos. Ao chegar na faixa dos 20 e 30 anos, os pesquisadores começaram a observar sua educação e seus relacionamentos.

Foi ao analisar os resultados dessa pesquisa, que os estudiosos entenderam que os pais têm culpa na forma como os filhos se desenvolvem ao longo da vida. As crianças cujos pais foram mais presentes, atendiam mais prontamente e tiveram um contato mais sensível com os filhos, tiveram relacionamentos mais bem sucedidos e um nível acadêmico superior.

Em comparação, os filhos de pais que não tiveram uma relação tão próxima, que não estiveram presentes e não atenderam às necessidades demonstradas pelos filhos, que não dedicaram um tempo ao contato com ele durante os três primeiros anos de vida, demonstraram muito mais dificuldade em estabelecer relacionamentos e em conquistar conhecimento acadêmico.

Culpa dos pais: a visão da psicanálise

Essa relação entre a criação dada pelos pais e os problemas apresentados pelos filhos é um dos maiores dilemas enfrentados pela psicanálise. Isso acontece porque tentamos reprimir, ao longo da vida, a ideia de que nossos pais têm culpa nas coisas que sofremos. Para nós, eles são sempre as melhores pessoas do mundo, porque nos amam incondicionalmente.

E nada disso deixa de ser verdade. O fato é que, na ânsia de acertar, eles acabam exagerando em alguns pontos. Por outro lado, a rotina de quem precisa trabalhar muito para dar uma vida digna aos filhos, não permite que haja muito tempo livre para dedicar aos momentos de lazer e contato com as crianças durante os dias.

Quando os filhos começam a frequentar sessões de psicanálise, começam a perceber que os pais possuem muita responsabilidade sobre todas as dificuldades que eles vivem e, muitas vezes, ficam com raiva da família por tudo isso. E é nesse ponto que os psicólogos e psiquiatras precisam começar a agir.

A psicanálise entende que esse processo de descoberta é importante para que os filhos comecem a se desligar dos pais. O entendimento de que eles são pessoas comuns, que cometem erros e que tem culpa de muitos acontecimentos ruins dá início à conquista da maturidade, quando possuímos uma visão mais plena e concreta do mundo.

A decepção que sentimos ao descobrir a culpa dos pais em nossos problemas é uma forma de cortar o cordão umbilical imaginário que ainda nos prende à nossa família de forma dependente, como quando éramos crianças. O processo dessa descoberta se assemelha ao de superação de uma perda e nos torna mias independentes.

Gostou das dicas? Então deixe um comentário! E não esqueça de curtir nossa página no Facebook para ficar ligado em todas as novidades do Vivo Mais Saudável.

TAGS
pais
relação
família

Comentários

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

SERVIÇOS PARA VOCÊ