Terapias

09/11/2014 06:42 - Atualizado em 02/11/2016 10:59

Gestalt: Conheça essa terapia pautada no tratamento holístico

Gestalt é uma terapia que busca o autoconhecimento com base no existencialismo.

POR

Redação

  • +A
  • -A

Ainda há na sociedade moderna alguns tabus a respeito das psicoterapias. Há quem diga que é “coisa de loucos”. Há quem garanta que sua vida é livre de problemas e, por isso, não precisa de tratamento. E na contramão de todas essas situações há a terapia gestalt. Um tipo de psicoterapia que analisa os problemas com uma perspectiva global e mostra que todos temos algo a desvendar.

gestalt

Princípios da terapia gestalt

A doutrina holística e o existencialismo são as bases teóricas da gestalt. Os adeptos dessa corrente psicológica não enxergam o indivíduo como uma soma de partes singulares e sim como um todo, composto por suas próprias características e pelas relações que possuem com os outros e com o mundo. Os sensos de conexão do paciente com o que o cerca é analisado na terapia.

Ela é focada no presente, no que acontece aqui e agora. A psicoterapia busca reconstruir, restaurar as relações do paciente que foram destruídas e é através dessa busca que se descobre o problema. Existem complicações que afetam a relação da pessoa consigo mesma, outras destroem as relações com outros, com o mundo e há aquelas que afetam todas essas relações.

A gestalt enxerga cada pessoa como um processo de mutação constante. Para essa corrente de pensamento, o homem se desenvolve o tempo todo e por isso é um ser tão complexo. Os psicólogos que seguem essa teoria trabalham para desenvolver o potencial de crescimento do ser humano, através da compreensão das características positivas e negativas que o compõem.

Para os seguidores dessa ideia, quando conseguimos equilibrar em nossa mente tanto aquilo que aceitamos quanto aquilo que negamos em nós mesmos, o que conhecemos e o que, até então, desconhecíamos em nosso ser, nos tornamos aquilo que realmente somos e não o que queremos ser. Dessa forma, a vida flui mais facilmente.

Como age a gestalt

O princípio básico de funcionamento da terapia gestalt é a humanização. Diferente das demais psicoterapias, essa busca criar um elo de ligação real e profundo entre terapeuta e paciente. A relação que se constroi deve ser pautada no diálogo de pessoa para pessoa e não de analista para analisado. É a partir dessas conversas que o sujeito consegue atribuir seus próprios significados aos fatos.

Quando o paciente consegue atribuir suas próprias percepções aos fatos que o afligem, os sintomas que sente, como depressão ou pânico, passam a ser vistos como sinais do corpo. Desse ponto em diante, os sinais passam a ser ressignificados e deixam de representar as emoções negativas que causavam anteriormente. Inicia-se a busca pela autorregulação, mesmo que involuntariamente.

O mecanismo de trabalho da gestalt consiste em etapas. Os teóricos que criaram essa corrente chamam o processo de “descascamento da cebola”. Nele, terapeuta e paciente vão descobrindo os motivos do que acontece com o indivíduo e as possibilidades de mudança daquela condição. A busca pelas oportunidades é uma base do pensamento gestaltiano.

As técnicas de significação de sonhos e de resgate de memórias passadas são muito importantes nas sessões desa terapia. A ideia é de que o paciente consiga trazer o passado para o presente, enxergando a partir de outro ponto de vista aquilo que lhe aconteceu. A pessoa passa a se identificar nos elementos que o incomodam e, assim, amplia sua fronteira de contato com o mundo.

Gosta das nossas dicas de bem-estar e saúde? Deixe um comentário e não esqueça de acompanhar nossa página no Facebook para receber todas as novidades do Vivo Mais Saudável.

TAGS
terapia
medicina alternativa
autoconhecimento
bem-estar

Comentários

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

SERVIÇOS PARA VOCÊ