Terapias

15/04/2015 09:48 - Atualizado em 04/12/2016 04:30

Aprender a desenhar melhora capacidades cognitivas

A atividade traz benefícios para todos, ajudando no desenvolvimento infantil e aliviando o estresse dos adultos.

POR Redação

Durante a infância, aprender a desenhar é uma opção para divertir e entreter crianças. Porém, a atividade vai muito além disso e traz benefícios até mesmo na fase adulta e na terceira idade. Desenhar é uma forma de expressão, que ajuda a desenvolver a linguagem das crianças, aliviar o estresse dos adultos e manter a saúde mental dos idosos.

Por isso, não existe idade para aprender a desenhar e aproveitar as melhorias que a arte pode proporcionar. Essa é uma atividade prazerosa e relaxante, que contribui para o aumento da autoestima, melhora a habilidade motora e a percepção visual de todas as pessoas.

aprender a desenhar

Benefícios de aprender a desenhar

Quando criança, o desenho tem um papel importante no desenvolvimento do cérebro e também da coordenação motora. Desenhar ajuda principalmente a desenvolver a linguagem, que inicialmente ocorre por meio de rabiscos. Com o crescimento e o desenvolvimento, as ilustrações vão ficando mais bem-feitas e com cores que expressam o que é visto na realidade.

Desde os primeiros anos de vida, a criança já pode ser estimulada a desenhar, aprendendo assim a se expressar, a utilizar referências e a interpretar o que ela vivencia. É uma forma de contar histórias, desenvolver a criatividade e a imaginação e ainda estimular o tato dos pequenos.

Aprender a desenhar também serve como uma preparação para a próxima etapa do desenvolvimento infantil, que é a escrita. Para escrever, uma pessoa utiliza 21 áreas do cérebro, e algumas delas são desenvolvidas com a prática do desenho.

Os especialistas defendem que o contato com as artes auxilia na construção social das crianças. Desenhar é uma das formas de se tornar um indivíduo crítico, pois fornece experiências que ajudam a refletir e a desenvolver valores, sentimentos, emoções e uma visão questionadora de tudo o que está à volta.

Já para os adultos, aprender a desenhar pode servir como uma terapia para aliviar o estresse e a ansiedade do dia a dia. Como a atividade exige concentração e foco, ela proporciona relaxamento e estimula as capacidades cerebrais.

Os idosos também podem conquistar benefícios com a prática. Além de ser uma atividade de lazer, ela mantém a mente ativa, aumenta as capacidades cognitivas e melhora a autoestima. Ainda, estimula a coordenação motora, exercita a concentração, equilibra as emoções, diminui a ansiedade e evita quadros de depressão, comuns na terceira idade.

Como aprender a desenhar

Para as crianças, os livros infantis podem ajudar a aprender a desenhar. A variedade de livros de atividades para os pequenos é bem grande, apresentando opções como ligar pontos, preencher ou colorir desenhos prontos. Essas atividades são divertidas, mas é importante também que a criança treine seus próprios traços livres, com retas e curvas.

Existem livros de colorir  específicos para os adultos, com ilustrações próprias para a idade, funcionando como uma espécie de terapia. O objetivo principal da publicação é aliviar o estresse, estimular a concentração e deixar os problemas um pouco de lado. É uma atividade prazerosa e que pode servir como um hobby para diminuir a agitação do dia a dia.

Para começar a atividade, basta querer e soltar a imaginação. Escolha o tipo de técnica que você mais gosta e experimente. Procure livros, cursos e informações que possam ajudar, mas a dica principal é sempre seguir o seu estilo e se expressar.

Pronto para tentar? Conte para nós! E continue acompanhando as novidades de bem-estar aqui do Vivo Mais Saudável

TAGS
desenho
concentração
estresse
linguagem

Comentários