Saúde Financeira

14/09/2015 09:01 - Atualizado em 03/10/2016 01:58

Transforme o sonho da casa própria em realidade

Com disciplina e planejamento financeiro, é possível conquistar o sonho da casa própria com segurança.

POR

Redação

  • +A
  • -A

Sair do aluguel e conquistar a casa própria é o desejo de muitas pessoas, mas, para isso, é preciso organizar as finanças e planejar tudo com precisão para que o sonho não se transforme num pesadelo. Para evitar imprevistos e dívidas, cada passo deve ser bem pensado, sem que se aja no impulso ou com insegurança.

Os financiamentos são uma ótima opção para conseguir comprar um imóvel, mas os juros costumam ser altos e o planejamento deve ser feito para longo prazo. Confira como se organizar.

Conquiste a casa própria

Para quem não possui uma quantia em dinheiro para comprar a casa própria à vista, a melhor opção é recorrer ao financiamento. Uma boa dica é tentar guardar uma parte do valor para dar uma entrada no imóvel, pois assim é possível diminuir o montante das prestações do financiamento, ou então o tempo que se ficará pagando.

chave da casa propria

Seja casa ou apartamento, novo ou usado, o imóvel pode ser financiado. Os financiamentos são realizados pelos bancos, que pagam ao vendedor do imóvel a quantia que o comprador quer financiar. Com isso, quem compra paga as prestações diretamente à instituição para quitar sua dívida.

Os requisitos para contratar um financiamento, assim como as condições de pagamento, variam de acordo com cada banco. As taxas de juros cobradas, a duração dos contratos e quanto do valor do imóvel pode ser financiado são alguns dos fatores que variam e devem ser analisados ao financiar a casa própria.

Quanto menor o valor a ser financiado, mais fácil e rápido é conseguir a liberação do crédito junto ao banco. O primeiro passo é conversar com o gerente e entregar alguns documentos para abrir o pedido de financiamento, como cópias do RG, do CPF (do casal, quando for o caso) e dos comprovantes de estado civil e de renda (holerites, extratos bancários e declaração completa de imposto de renda).

Saiba Mais
Conheça 7 dicas simples para juntar dinheiro
Problemas financeiros tiram o sono e afetam a saúde
Organize sua planilha de gastos e tenha controle das finanças

A comprovação de renda do comprador indica a sua capacidade de pagamento das prestações, sendo que esse valor não pode ser maior que 30% da renda familiar bruta. Além disso, também é feita uma análise cadastral, que consiste na verificação de nome no Serviço de Proteção ao Crédito (SPC).

Como evitar imprevistos

Para evitar imprevistos e garantir que você dará conta de arcar com as prestações no longo prazo, é preciso definir metas e ações que devem ser bem planejadas e executadas. Uma compra de grande proporção como a casa própria pode gerar impactos no estilo de vida e principalmente na saúde financeira de uma pessoa, casal ou família.

O primeiro passo é criar metas e desenvolver um planejamento orçamentário pelo mesmo período que irá durar as prestações de um financiamento ou da economia para comprar a casa própria. Assim, é possível prever quanto será gasto e estabelecer prioridades, caso seja preciso economizar e cortar gastos desnecessários.

Com o objetivo final estabelecido e um planejamento preciso, você não terá surpresas no final do mês e nem naqueles períodos do ano em que os gastos aumentam, como no caso das férias ou de pagamento de impostos. É importante também guardar uma quantia mensalmente para quando surgirem imprevistos ou emergências, tendo assim uma reserva segura.

Ainda tem dúvidas? Deixe um comentário! E aproveite para conferir mais dicas de bem-estar e qualidade de vida aqui no Vivo Mais Saudável.

TAGS
planejamento financeiro
financiamento
renda
imóvel

Comentários

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

SERVIÇOS PARA VOCÊ