Saúde Financeira

02/11/2015 11:06 - Atualizado em 05/06/2016 09:01

Prós e contras: Entenda como abrir uma franquia

Modelo de negócio deve ser gerido com a mesma dedicação de outros empreendimentos.

POR

Redação

  • +A
  • -A

Alguns empreendedores, na hora de se tornarem o próprio chefe, optam por seguir um modelo de negócio cedido por um franqueador, com direito de uso da marca ou patente de serviço. Para saber como abrir uma franquia, é preciso ter uma visão geral do mercado, bem como do próprio empreendimento.

Franquia é uma modalidade que envolve a venda ou a prestação de serviços com base em condições estabelecidas em um contrato entre o franqueador e o franqueado. No Brasil, essas relações são regulamentadas, dentre outras, pela lei 8.955.

executiva quer saber como abrir uma franquia

Saiba como abrir uma franquia

Altemir Farinhas, especialista em finanças pessoais e comportamento, explica que, entre os benefícios de investir em uma franquia, está o fato de que o negócio “deu certo”. Ou seja, pelo menos já foi testado antes e o produto ou o serviço vende.

"Um negócio próprio envolve muitos fatores, como marketing, contabilidade, RH, jurídico, fornecedores, desenvolvimento de produtos, layout de loja e pesquisa de mercado. Com uma franquia, boa parte disso já faz parte do 'pacote'", explica o consultor.

Farinhas destaca as principais vantagens e desvantagens desse modelo de empreendimento:

Vantagens

- Força da marca

- Planejamento do negócio, que já vem pronto

- Marketing nacional, já que o custo é dividido entre todos os franqueados

- Metodologia e padronização dos produtos ou serviços

- Projeções com cálculos (receita bruta, despesas, margem, lucratividade e investimentos)

- Treinamento de equipes.

Desvantagens

- O produto não é seu e não há liberdade para mudá-lo

- A marca não é sua

- O formato da loja e os preços também não podem ser alterados

- O contrato é rígido, com muitas exigências

- Devido a essas exigências, a empresa pode não dar lucro, mas, sim, prejuízo

- A rentabilidade não é somente sua, mas o risco é

- Caso as exigências contratuais não sejam cumpridas, você pode perder a franquia.

Saiba Mais
Organize sua planilha de gastos e tenha controle das finanças
Reforço no bolso: 7 maneiras de ganhar mais dinheiro
Fuja do endividamento com dicas simples

Farinhas explica que não existe um apoio financeiro na hora de abrir uma franquia. "Você compra e investe mensalmente até o negócio dar lucro, o que pode ou não acontecer. As exigências são muitas, é preciso manter um padrão", esclarece.

Segundo ele, para saber se o negócio vai dar certo, é preciso pesquisar o mercado, falar com outros franqueados locais e, também, de outras cidades. Isso ajuda ao empreendedor identificar "o que é sonho e o que é realidade", afirma Farinhas. "O franqueado tem de participar do empreendimento. Não basta ser somente um investidor, ou deve ter alguém de confiança para gerenciar o negócio."

papelada para saber como abrir uma franquia

Cuidados importantes para gerir os negócios

Farinhas conta que, em muitas de suas palestras para grandes redes de franquias, identificou um erro comum: a administração financeira. Segundo ele, muitos empreendedores acabam misturando o caixa (dinheiro do negócio) com o "bolso" (dinheiro da família).

"Isso costuma ocorrer por falta de planejamento, administração e gestão. Essas pessoas perdem dinheiro na franquia e sugam recursos da família", explica o consultor.

Ele reitera que, no início, você investe no negócio. Depois o empreendimento deve devolver o dinheiro investido. Se durante muito tempo você continua aportando capital apenas investindo na franquia, algo está errado.

Você pensa em abrir uma franquia? Qual o segmento em vista? Deixe seu comentário! Aproveite também para conferir outras dicas de bem-estar e qualidade de vida aqui do Vivo Mais Saudável.

TAGS
negócio próprio
como abrir uma empresa
empreendedorismo
mercado de trabalho

Comentários

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

SERVIÇOS PARA VOCÊ