Saúde Financeira

23/12/2015 03:00 - Atualizado em 06/12/2016 01:19

Planilha financeira: Organize seu orçamento para o próximo ano

Registrar os gastos possibilita que você tenha um melhor controle das finanças.

POR

Redação

  • +A
  • -A

Com o fim de ano chegando, vem o momento de se preparar financeiramente para 2016. Para ajudar a organizar os gastos e otimizar seus investimentos, manter uma planilha financeira pode ser bastante vantajoso.

Ao monitorar as despesas de perto, fica mais fácil identificar aquilo que pode ser cortado e o que merece mais atenção. E existem diversos métodos para deixar sua renda organizada. Confira a seguir alguns itens que não devem ficar de fora da sua planilha.

pessoa calcula planilha financeira

Monte sua planilha financeira

Uma pesquisa realizada pelo Serviço de Proteção ao Crédito (SPC Brasil), divulgada em 2014, mostrou que a inadimplência no Brasil não está relacionada necessariamente à renda baixa, mas aos maus hábitos de planejamento.

A planilha financeira pode ser a solução. É possível registrá-la em um caderninho, em uma tabela online ou com um aplicativo de smartphone. Qualquer que seja a ferramenta, é importante que conste sua renda mensal e os principais gastos.

Primeiro, divida sua planilha entre os 12 meses do ano. Em cada mês, insira os gastos, como aluguel, financiamento, gasolina, contas da casa, e lazer. Depois é só ir preenchendo no decorrer do mês.

Saiba Mais
Problemas financeiros tiram o sono e afetam a saúde
Organize sua planilha de gastos e tenha controle das finanças
Fim de ano: Como lidar com a depressão nessa época

Ao fim do período, você terá uma visão do quanto gasta e poderá comparar o montante com sua renda mensal. A partir daí, é possível estabelecer metas para os próximos meses. Você pode, por exemplo, gastar menos em restaurantes, tentar cortar alguma despesa desnecessária e, então, juntar dinheiro para uma poupança, para a reforma da casa e por aí vai.

Mesmo que o seu gasto mensal seja menor que a renda, cabe verificar se você economiza para emergências. Gastar todo o dinheiro recebido, mesmo sem ficar no vermelho, não é sinônimo de boa administração.

Seja bastante crítico quanto às despesas supérfluas e, diante da meta estabelecida, esteja pronto para fazer os cortes necessários.

info planilha financeira

Conquiste a organização financeira

Segundo pesquisa da Serasa Experian, no primeiro trimestre de 2015, a inadimplência do consumidor brasileiro cresceu 15,8% em comparação com o ano anterior. Segundo os especialistas, entre os principais motivos estão a inflação, o desemprego e a alta taxa de juros.

Para driblar a crise no cenário econômico, é fundamental que haja organização nas finanças pessoais. Para isso, antes de tudo, você deve estabelecer metas e objetivos. A partir deles, será possível determinar quanto economizar e para qual fim.

Uma viagem em família, a compra da casa própria ou a troca do carro podem ser alguns dos planos para o próximo ano. Por isso, manter a planilha financeira atualizada contribuirá para a avaliação dos gastos da família.

Além disso, livrar-se das compras por impulso também é uma forma de alcançar mais sucesso nas finanças pessoais. Pense duas vezes antes de adquirir qualquer produto e avalie a necessidade. Lembre-se que, mesmo durante uma promoção, não quer dizer que você precisa daquilo.

Com alguns hábitos saudáveis, você tem mais chances de começar 2016 sem aperto e mais consciente sobre suas economias. Que tal tentar organizar a planilha financeira? Depois nos conte se deu certo! E aproveite para conferir outras dicas de bem-estar e qualidade de vida aqui no Vivo Mais Saudável.

TAGS
finanças pessoais
despesas
orçamento
ano novo

Comentários

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

SERVIÇOS PARA VOCÊ