Saúde Financeira

14/11/2015 08:16 - Atualizado em 23/11/2016 11:51

Escolha o seguro de viagem certo para suas férias

Desfrute de mais tranquilidade durante o passeio e fique protegido de possíveis contratempos.

POR

Redação

  • +A
  • -A

Chegou a hora de curtir as férias ou o tão sonhado intercâmbio. Junto com toda a euforia e a ansiedade, também vem a dúvida na hora de contratar o seguro de viagem. Requisito para entrada em alguns países, o serviço oferece mais comodidade e tranquilidade ao viajante.

A consultora de viagens Letícia Matos explica que, ao embarcar para um novo destino, a pessoa deve estar preparada para algum imprevisto. Com o apoio do seguro, ela fica protegida de possíveis despesas médicas fora do orçamento.

Executivo fazendo as malas e conferindo o seguro de viagem no notebook

Contratando um seguro de viagem

Na hora de planejar a viagem, o risco de algo dar errado nem sempre é lembrado. Porém, em muitos países turísticos, o serviço de saúde custa caro e, na ausência de um seguro, pode acabar causando muita dor de cabeça - e problemas financeiros.

“Desde 2014, os seguros de viagem ao exterior passaram a ter mais responsabilidades obrigatórias”, explica Letícia. A resolução 315, publicada no Diário Oficial, decreta que despesas médicas, hospitalares e odontológicas devem ser oferecidas aos clientes do serviço.

Apesar de ser considerado “a parte chata” do planejamento, o momento da contratação é muito importante. As cláusulas de exclusão devem ser as mais cuidadosamente analisadas, a fim de evitar surpresas em território estrangeiro.

Saiba Mais
Kit viagem: Prepare as comidinhas para os pequenos
Viajar sozinho tem vantagens: Confira dicas para se aventurar
Confira como montar um kit de primeiros socorros para viagem

Alguns seguros mais básicos podem não se responsabilizar em caso de morte ou invalidez. ou limitar uma quantia em gastos médicos. A assistência no exterior também podem variar de acordo com o serviço escolhido.

Outro cuidado importante na hora de contratar o seguro de viagem é garantir a posse do contrato. Mesmo que opte pelo serviço oferecido por algumas empresas de cartão de crédito, o consumidor deverá exigir o recebimento do documento.

O perfil da viagem também deve ser considerado. É importante ser transparente com a empresa contratada, explicando, por exemplo, o envolvimento de esportes de aventura ou destinos em situação epidêmica. Assim, a seguradora poderá oferecer um tipo de serviço de acordo com a realidade do passeio.

seguro de viagem holanda

Países que exigem a cobertura

Para alguns destinos, não se trata de uma opção, mas, sim, de uma obrigação possuir uma cobertura médica durante o período de visita. Na Europa, os países que fazem parte do Tratado de Schengen exigem que o turista tenha um seguro de viagem com cobertura mínima de 30 mil euros para despesas médicas e hospitalares.

Os países são Alemanha, Áustria, Bélgica, Dinamarca, Espanha, França, Grécia, Holanda, Hungria, Itália, Irlanda, Luxemburgo, Malta, Noruega, Polônia, Portugal, Reino Unido, República Tcheca e Suécia.

Já o governo australiano requer de seus alunos intercambistas o seguro chamado Overseas Students Health Cover. Cuba é outro destino que exige seguro saúde.

Você está com viagem marcada? Já escolheu o melhor seguro para a sua família? Desfrute de mais tranquilidade durante a sua estada e evite surpresas desagradáveis. Não esqueça de nos contar o que você achou do artigo e de conferir outras dicas de bem-estar aqui no Vivo Mais Saudável.

TAGS
saúde
viajar
planejamento
assistência

Comentários

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

SERVIÇOS PARA VOCÊ