Saúde Financeira

29/11/2015 12:28 - Atualizado em 23/11/2016 11:16

Entenda como funciona o crédito consignado

Novas taxas para crédito consignado foram aprovadas em outubro.

POR

Redação

  • +A
  • -A

O crédito consignado é um tipo de empréstimo em que o desconto da parcela é feito diretamente na folha de pagamento ou no benefício previdenciário de quem contrata o serviço. Por isso, é considerado uma modalidade indireta, já que o abatimento acontece antes mesmo de a pessoa receber o salário.

Trata-se de um empréstimo exclusivo para funcionários públicos, beneficiários do INSS e trabalhadores de carteira assinada. Nesse último caso, é preciso verificar se a empresa tem convênio com bancos. Saiba mais sobre a modalidade e veja como recorrer a ela.

mão cheia de dinheiro representando o crédito consignado

Não há normativos editados pelo Banco Central ou pelo Conselho Monetário Nacional que tratem do valor máximo da remuneração que pode ser comprometido com o crédito consignado. Normalmente, existem leis estaduais e municipais, que fixam o valor em torno de 30% do salário ou benefício.

Aposentados ou pensionistas não necessariamente precisam contratar o serviço na instituição financeira em que recebem o benefício. Por outro lado, a viabilidade depende da existência de um convênio entre o órgão responsável pelo pagamento e a instituição escolhida para conceder o empréstimo.

Novas taxas de crédito consignado

No final de outubro de 2015, foram anunciadas as novas taxas para concessão de crédito consignado. A decisão foi tomada pelo Conselho Nacional de Previdência Social. As taxas passaram de 2,14% para 2,34%, no caso de empréstimo pessoal. Para empréstimos feitos pelo cartão de crédito, o valor pula de 3,06% para 3,36%.

De acordo com informações da Previdência Social, o aumento já vinha sendo debatido desde maio de 2014. Inicialmente, o sistema financeiro buscava um reajuste ainda mais alto, o que foi rejeitado pelo governo. A contraproposta, elaborada pelo Ministério do Planejamento, foi o resultado final.

Saiba Mais
Organize sua planilha de gastos e tenha controle das finanças
Como economizar dinheiro: Aprenda 3 dicas
Fuja do endividamento com dicas simples

Cuidados ao utilizar o serviço

Antes de fazer a contratação do serviço, e mesmo na hora de realizar as operações bancárias necessárias, é preciso tomar medidas para evitar riscos. Veja abaixo alguns cuidados recomendados nessas horas. As informações são do Banco Central.

1. Não contrate empréstimos sem pesquisar as taxas de juros e as condições oferecidas por outras instituições bancárias

2. Verifique se a instituição financeira está autorizada pelo Banco Central a funcionar

3. No caso de crédito consignado para aposentados e pensionistas, é preciso verificar se a instituição está conveniada ao INSS

4. Não aceite a intermediação de pessoas que prometem acelerar o crédito

5. Não comprometa sua renda pessoal ou familiar, já que os descontos ocorrem diretamente na folha de pagamento

6. Nunca forneça a senha do banco ou o cartão magnético a terceiros para a realização dos processos bancários referentes ao crédito consignado.

E então, tirou suas dúvidas? Deixe um comentário! E aproveite para conferir outras dicas de bem-estar e qualidade de vida aqui no Vivo Mais Saudável.

TAGS
crédito pessoal
empréstimo
INSS
carteira assinada

Comentários

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

SERVIÇOS PARA VOCÊ