Saúde Financeira

17/07/2015 09:15 - Atualizado em 17/11/2016 11:00

Conheça 7 dicas simples para juntar dinheiro

Casa própria? Carro novo? Uma viagem? Definir metas é uma ótima forma de controlar gastos supérfluos.

POR

Redação

  • +A
  • -A

Dúvidas na hora de elaborar um plano financeiro? Juntar dinheiro não é fácil, especialmente quando a pessoa já possui maus hábitos na administração da renda. Porém, com algumas mudanças no orçamento (e no comportamento), é possível conquistar diferentes metas e melhorar a qualidade de vida.

Altemir Farinhas, especialista em finanças pessoais e comportamento, afirma que estabelecer objetivos é fundamental na hora de se motivar a seguir um plano de contenção de gastos. “Por não saber o que deseja, a pessoa não tem vontade de juntar dinheiro, ao contrário daquela que almeja a casa própria, comprar um carro ou fazer uma viagem”, explica.

juntar dinheiro

Controlando os impulsos

O especialista comenta que os principais maus hábitos que comprometem a economia são:

- Gastar o dinheiro poupado naquilo que não era sua meta

- Emprestar o dinheiro poupado para um amigo ou parente (podendo perder o dinheiro e o amigo)

- Gastar acima da renda, invertendo a proposta e indo de poupador a devedor.

Para Altemir, ter um sonho ou um objetivo contribui para mensurar quanto será preciso poupar. Além disso, serve como um motivador na hora de se privar de outros gastos supérfluos. “Esforce-se, não desanime, mantenha-se firme em seu propósito”, orienta o especialista.

“Para aqueles que não conseguem se controlar, eu recomendo a poupança forçada, que é fazer um consórcio, comprar um terreno, criar um mecanismo para retirar o dinheiro de sua conta corrente”, adiciona.

Quanto deve ser poupado?

O especialista em finanças pessoais comenta que a quantia poupada dependerá da situação de cada indivíduo, levando em conta fatores como idade e estado civil. “Quem mora com os pais, por exemplo, pode poupar a metade do seu salário, ou mais. Já quem já passou dos 60 anos não precisa fazer isso, pois talvez nem venha a usufruir de toda a sua poupança.” 

Segundo o profissional, os pais de família, por sua vez, sabem que é difícil manter uma casa. Por isso, mesmo querendo poupar, muitos não conseguem. Ainda assim, pouco já é válido.

Existem vários momentos na vida, cada um influenciando na forma de juntar dinheiro. Enquanto noivos podem poupar muito para realizar o casamento dos sonhos, um empreendedor pode reinvestir seus ganhos objetivando o crescimento de seu negócio.

O especialista comenta que a poupança é o primeiro degrau dos investidores. “Depois, recomendo olhar o Tesouro Direto, fundos de investimentos, letras hipotecárias, letras de crédito imobiliário e outros investimentos”, elenca Altemir.

juntar dinheiro

7 passos para juntar dinheiro e realizar seu sonho

O também autor do e-book “Os Sete Passos Para Realizar Sonhos” propõe etapas para ter foco nos objetivos e, assim, conseguir juntar dinheiro. Conheça os sete passos descritos pelo especialista:

1. Escreva seus sonhos: Tenha uma lista com o que você pretende realizar

2. Classifique seus sonhos: Defina a ordem de prioridades

3. Precifique seus sonhos: Verifique quanto será preciso investir

4. Calcule o tempo para realizar cada sonho: Tenha em mente que algumas metas demoram para ser atingidas.

5. Planeje como conquistar cada sonho: Faça um plano de ação

6. Execute o seu plano: Depois de planejar, é hora de agir

7. Comprometa-se com cada sonho: Não adianta desistir no meio do caminho. O segredo está na força de vontade.

Por que você pretende juntar dinheiro? Qual o seu maior sonho? Conte para nós! E aproveite para conferir mais dicas de bem-estar aqui no Vivo Mais Saudável.

TAGS
economizar
poupança
finanças pessoais
metas

Comentários

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

SERVIÇOS PARA VOCÊ