Qualidade de Vida

11/06/2014 09:00 - Atualizado em 04/12/2016 11:20

Você sabe escolher o travesseiro ideal?

Saiba como a posição de dormir e o material influenciam.

POR

Redação

  • +A
  • -A

Em tempos corridos, nada melhor que uma noite de sono bem dormida para restaurar as energias e acordar com boa disposição. Mas poucas pessoas pensam na importância de um colchão de qualidade e de um travesseiro adequado.

O travesseiro ideal deve evitar que o peso da cabeça force a coluna cervical, alinhando esta ao tronco e permitindo que o sangue circule com facilidade, relaxando os músculos. Para isso ele não pode ser nem alto nem baixo, nem macio demais nem duro demais. Importante observar alguns detalhes.

 

Sua posição na hora de dormir

De barriga para cima: O travesseiro deve preencher o espaço entre o colchão e a nuca. Recomenda-se usar outro travesseiro embaixo dos joelhos, de forma que eles fiquem semiflexionados.

De lado: O travesseiro deve preencher o espaço entre pescoço e ombro, mantendo a coluna cervical neutra. Os joelhos devem estar semiflexionados com um travesseiro entre eles.

De bruços: Essa maneira é a menos indicada pois provoca uma curvatura exagerada na coluna. Colocar um travesseiro debaixo do abdômen pode ajudar.

 

Tipos de materiais

Espuma:
Perfeito para quem sofre de alergias, pois não solta fiapos. Como o material não esquenta, é indicado para usar em regiões de clima quente.

Flocos de espuma: Costuma ser muito macio, o que não é recomendado para manter a cabeça na altura certa. Este material vai deixando o travesseiro mais fino com o uso.

Flocos de látex: Ideal para os alérgicos e ajuda a manter o corpo na posição correta ao dormir.

Pena de ganso: Macio devido à pluma de ganso e não fica deformado. Deve ser usado com precaução por quem sofre algum tipo de alergia respiratória.

Nasa: Feito de espuma viscoelástica que se molda ao corpo, mas nem todo mundo se adapta a este material.

Contour pillow: Formato anatômico, porém concebido a partir de um formato padrão que pode não servir para você.

Seja qual for o seu travesseiro, a recomendação é trocá-lo a cada 2 anos. Antes de comprar o próximo, pense nessas dicas do Vivo Mais Saudável.

Gostou da matéria? Então deixe um comentário! E não esqueça de acompanhar nosso debate sobre o tema no Facebook.   

TAGS
travesseiro
dormir bem
qualidade do sono
tipos de travesseiros

Comentários

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

SERVIÇOS PARA VOCÊ

Veja Também