Qualidade de Vida

17/09/2014 05:14 - Atualizado em 01/12/2016 02:00

Swásthya Yôga é opção para aliviar tensões e buscar o autodescobrimento

Método do Swásthya Yôga foi desenvolvido por brasileiro.

POR

Redação

  • +A
  • -A

A definição de yoga é simples: um sistema que, com métodos estritamente práticos, conduz ao estado de hiperconsciência. Difícil é interpretar os ensinamentos e colocá-los em prática sem deturpação do sentido original.

Existem mais de 100 modalidades de yoga. Atualmente, no Brasil, praticam-se mais de 40 diferentes vertentes da filosofia. O Swásthya Yôga é uma sistematização da yoga antiga.

Os benefícios do Swásthya Yôga

Alguns praticantes garantem que o Swásthya Yôga é a mais completa modalidade, por contemplar todos os elementos que fundamentam as outras correntes de yoga praticadas ao redor do mundo.

O Swásthya Yôga apresenta regras gerais de prática, mas dá autonomia e liberdade ao aluno, ao contrário de alguns ramos da yoga. Entre os benefícios do método, estão:

- Alívio das tensões

- Fortalecimento do sistema respiratório

- Incremento do equilíbrio

- Tonificação do abdômen

- Aumento da elasticidade

- Elevação da consciência corporal.

swasthya-yoga

A coreografia do Swásthya Yôga

Para conceber e tornar sistêmica essa interpretação da yoga antiga, chamado de Dakshinacharatantrika-Niríshwarasámkhya Yôga, De Rose criou oito passos a serem executados, reinserindo a coreografia no ramo.

Assim, as técnicas corporais são sincronizadas de forma harmoniosa e  é estritamente prática, e apenas a sua execução pode ser considerada legítima do nome.

1. Mudrá

Em Yoga, mudrá designa os gestos feitos com as mãos. São gestos reflexológicos que têm o intuito de desencadear uma sucessão de estados de consciência e de estados fisiológicos.

2. Pújá

É definido como oferenda, honra ou retribuição de energia. A função do pújá é criar uma corrente de sintonia uqe interligue o discípulo e o Mestre, permitindo o fenômeno dos vasos comunicantes, quando aquele que tem mais (mestre) deixa fluir para quem tem menos (discípulo).

3. Mantra

Pode-se traduzir como vocalização. Mantra é qualquer som, sílaba, palavra, frase ou texto, que detenha um poder específico. É necessário, porém, que ele pertença a uma língua morta, em que os significados não permitam regionalismos, modismos e outras modificações em virtude da evolução da língua viva.

4. Pránáyáma

Designa as técnicas - predominantemente respiratórias - que conduzem à intensificação ou expansão da energia interna no organismo.

5. Kriyá

Os kriyás são técnicas de purificação típicas do Yoga Antigo. É considerado uma arte capaz de limpar o corpo, tanto por fora como por dentro.

6. Ásana

Envolve o movimento e procura elevar o espírito apelando para a beleza, por meio de posições corporais plásticas que criem esculturas humanas.

7. Yôganidrá

É o relaxamento que auxilia na assimilação e manifestação dos efeitos produzidos pela prática de cada uma das etapas da coreografia. Favorece a descontração muscular e nervosa.

8. Samyama

Consiste no estado de concentração, meditação e, finalmente, hiperconsciência.

Além do acréscimo na resistência física e do inevitável trabalho de todos os grupos musculares para manter e criar as posições, o Swasthya Yoga beneficia a coluna vertebral, o sistema nervoso, endócrino, respiratório e circulatório. É o que prometem os adeptos da prática.

A filosofia cultuada por De Rose também está associada, segundo ele próprio, à reeducação comportamental, boa forma, boa alimentação, boas relações humanas, integração na família, no trabalho, no esporte e, enfim, na vida real do praticante.

E aí, curtiu a matéria? Então deixe um comentário! E não esqueça de ficar ligado na nossa página no Facebook para receber todas as novidades do Vivo Mais Saudável.

TAGS
yoga
bem-estar
equilíbrio

Comentários

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

SERVIÇOS PARA VOCÊ