Qualidade de Vida

19/06/2014 09:00 - Atualizado em 06/12/2016 03:17

Redes sociais podem afetar bem-estar e relacionamentos

Uso inadequado de redes sociais pode prejudicar relações sociais.

POR

Redação

  • +A
  • -A

As redes sociais são um fenômeno recente que trouxe grandes alterações na maneira com a qual nos comunicamos, interagimos e nos relacionamos com outras pessoas. Até mesmo cientistas sociais buscam entender quais são as implicações que essa nova ferramenta da tecnologia traz para as nossas vidas. Pois ela também provoca mudanças na nossa rotina – e muitas delas podem não ser saudáveis.

Redes sociais onipresentes

Foto: Shutterstock

Foto: Shutterstock

Provavelmente já aconteceu com você ou você já ouviu queixas de algum amigo: aquele trabalho da faculdade ou tarefa do seu emprego demorou muito mais do que o normal porque o Facebook estava aberto. Esse é, no entanto, apenas um dos pontos nos quais as redes sociais podem atrapalhar.

Veja mais:

Redes sociais nem tão sociais

Quando falamos em redes sociais, muitas vezes queremos nos referir ao Facebook, a mais utilizada ferramenta desse tipo. Nela você pode adicionar amigos – que você conhece na vida real ou não – e compartilhar com eles seus pensamentos, fotos e vídeos.

Esse ambiente virtual pode ser nocivo justamente por ser completo. Acaba-se criando um tipo de simulacro da vida. Você substitui as conversas da mesa do bar pelo chat do Facebook e toma como vivência do dia a dia o que aparece na sua timeline, e não o que vê nas ruas. Além disso, a tendência é você criar uma versão editada de você mesmo para ser exibida na rede, mostrando apenas o que quer que as outras pessoas vejam, criando mais uma situação irreal.

Ansiedade nas redes sociais

Quem é usuário do Facebook sabe bem. Cada postagem vem acompanhada de comentários ou curtidas dos seus amigos. Portanto, a atividade não acaba quando você publica o pensamento ou foto em seu mural. Os minutos seguintes são de expectativa por aprovação de outras pessoas. No chat, a mesma coisa – tem gente que fica minutos olhando para a tela, esperando que a outra pessoa responda algo falado.

Caso essa sua publicação não tenha recebido muitas curtidas, isso pode ter implicações na sua autoestima. Como você entrou de cabeça no simulacro que a rede social criou, vai achar que se uma foto publicada em seu perfil não foi muito curtida, é porque você não está com uma boa aparência ou que seus amigos não dão lhe dão importância.

A presença virtual

Por outro lado, perde-se tempo olhando o perfil de amigos. Você vê uma foto de uma pessoa conhecida em uma festa, rodeada de amigos, parecendo estar se divertindo bastante. Essa foto recebe muitas curtidas e comentários, enquanto a sua não fez tanto sucesso. Isso pode diminuir ainda mais a sua autoestima, pois você não leva em conta que o perfil da outra pessoa também é um simulacro, e não a vida dela na sua essência.

Passar muito tempo navegando em redes sociais pode ter como consequência a queda de produtividade no trabalho. Você pode até fechar a janela do navegador onde o Facebook ou o Twitter está aberto, mas de tempo em tempo vai abri-la novamente para ver se tem alguma novidade, o que pode prejudicar o andamento de tarefas que exigem mais foco e concentração. Com a popularização dos smartphones, é cada vez mais comum ver pessoas dispersas nas mais variadas situações, com o celular na mão até na mesa de jantar, navegando na janta dos outros.

Dicas para usar as redes sociais

É preciso se esforçar para diminuir o tempo que você gasta com as redes sociais. O ideal é criar alguns horários específicos para acessá-las e ver o que há de novo. A não ser que haja algo muito urgente para ser resolvido com uma pessoa e a maneira mais fácil de contatá-la seja pelo Facebook ou pelo Twitter, os assuntos dessa rede social podem esperar.

Concentre suas atividades em redes sociais nesses horários e libere o restante do dia para as suas tarefas mais importantes. Sobre os compartilhamentos, procure não se preocupar tanto com a aprovação de outras pessoas. Publique o que você acha que é interessante para você e para os seus amigos, independentemente do quanto isso vai ser útil para a sua autoestima.

Comentários

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

SERVIÇOS PARA VOCÊ