Qualidade de Vida

26/10/2015 10:43 - Atualizado em 28/11/2016 11:43

Raja yoga propõe o autoconhecimento pleno

Trajetória de oito passos resulta na iluminação da consciência e no equilíbrio entre corpo, mente e plano superior.

POR

Redação

  • +A
  • -A

A raja yoga propõe o autoconhecimento pro meio do domínio da mente. O estudo prático da modalidade facilita a jornada interna e leva ao entendimento de aspectos mais profundos do Eu, do relacionamento com o plano superior e do propósito da vida.

Marcia Medeiros, coordenadora voluntária da ONG Brahma Kumaris, de Porto Alegre-RS, e praticante de meditação raja yoga há 32 anos, conversou com o Vivo Mais Saudável e tirou algumas dúvidas sobre esse método. Confira!

mulher praticando raja yoga

A origem da raja yoga

Marcia explica que a prática da meditação da raja yoga é fundamentada em um conhecimento básico, que conecta o mundo interno - dos pensamentos, dos sentimentos e das ideias - ao mundo externo - das ações e dos relacionamentos.

"O resultado dessa modalidade desenvolve a capacidade mental, intelectual e emocional. Como qualquer habilidade, a meditação requer prática. Ao praticá-la um pouco, diariamente, ela logo se torna um hábito natural, fácil e agradável", explica.

Essa é uma prática espiritual, em que não são tão necessárias as posturas físicas. O praticante procura relembrar sua natureza espiritual e conectar-se com a fonte suprema - o que muitas pessoas chamariam de Deus.

Como principais benefícios para a mente, podem-se destacar o acréscimo de silêncio mental, autoestima, sensação de paz interior e equilíbrio emocional. Quanto ao físico, apesar de não ser esse o foco, a raja yoga ajuda a prevenir doenças psicossomáticas, devido à redução do estresse e da ansiedade.

Todos são bem-vindos a participar das sessões. Além de turmas para adultos, existem atividades para crianças e para outros grupos específicos.

Saiba Mais
Prepare-se para um dia de trabalho com a meditação matinal
Yoga para iniciantes: Como começar a praticar a modalidade
Saiba identificar o tipo de meditação que mais combina com você

Os 8 passos da raja yoga

A modalidade está dividida em oito passos. Conheça-os:

1. Yamas

Para começar a estrada desse equilíbrio mental e espiritual, é preciso fundamentar a base para que a filosofia seja vivenciada em sua plenitude. Por isso, os preceitos de não matar, não mentir, não cobiçar, não furtar e não se desequilibrar guiam jornada.

2. Niyama

Nessa fase, inicia-se a purificação do corpo e da mente. São alguns preceitos éticos que envolvem pureza, contentamento, austeridade, autoconhecimento e rendição a Deus.

3. Asanas

Essas são as posturas psicofísicas e os exercícios realizados durante a prática da meditação. O seu objetivo é contribuir para que a energia flua pelo corpo, unindo ainda mais o corpo e mente. Além disso, as asanas trazem uma série de benefícios à saúde.

4. Pranayama

As pranayamas são as técnicas de respiração utilizadas durante os exercícios. Elas se dividem em quatro fases: inspiração, manter o ar nos pulmões, expiração e permanecer com os pulmões vazios. Quando executada de forma correta, a respiração contribui para direcionar a energia aos chakras.

infográfico chakras raja yoga

5. Pratyahara

Já a pratyahara envolve os sentidos. É o momento de acalmar pensamentos, relaxar ao máximo e preparar o corpo e a mente para a meditação, que vem nos próximos passos.

6. Dharana

No sexto passo, tudo envolve a concentração. O objetivo é focar a mente do praticante em um ponto único, evitando-se pensamentos paralelos e, assim, atingindo-se o estado total de atenção.

7. Dyana

O penúltimo passo envolve o desejo da iluminação. Essa é a verdadeira meditação, quando se atinge o equilíbrio perfeito, longe das confusões mentais constantes.

8. Samadhi

Por fim, o samadhi representa o resultado final da trajetória, que é a consciência iluminada pela luz divina. Para atingir esse estado, os outros sete passos devem ter sido feitos de forma perfeita.

Ficou interessado em praticar esse tipo de yoga? Conte para nós! E aproveite para conferir outras dicas de bem-estar aqui no Vivo Mais Saudável.

TAGS
meditação
consciência plena
iluminação
espiritualidade

Comentários

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

SERVIÇOS PARA VOCÊ