Livia França

ESPECIALIDADE

Pranaterapia

ONDE ATENDE

Av. Bartolomeu Mitre 455, Loja 108 - Leblon/ Rio de Janeiro

Livia França

Apresentação

Terapeuta e Instrutora de Pranaterapia licenciada pelo Institute for Inner Studies. Após passar um ano em Angola como fellow do Programa de Direitos Humanos de Harvard Law School, Livia decidiu retornar ao Brasil e redirecionar totalmente sua vida profissional para trabalhar com a cura através da energia. Atende e oferece cursos em seu consultório, além de ministrar palestras sobre Pranaterapia.

O que Trata

Por meio da Pranaterapia, também conhecida como Pranic Healing, Cura Prânica ou Terapia Prânica,  trata problemas como estresse, depressão, insônia, esgotamento físico ou mental, doenças psicossomáticas e físicas.

Formação Acadêmica

Formada pela escola oficial da Pranaterapia, reconhecida pelo Institute for Inner Studies, órgão oficial da Pranaterapia no mundo situado nas Filipinas.

Alguns cursos: Básico e Avançado de Pranaterapia, Psicoterapia Prânica, Pranaterapia com Cristais, Feng Shui Prânico, Alcançando a Unidade com a Alma Superior, Yoga Arhática, Autodefesa Psíquica, Kryiashakti - A Ciência da Materialização.

Graduação em Direito pela PUC-Rio. Mestre em Teoria do Estado e Direito Constitucional pela PUC-Rio e Master in Laws por Harvard Law School.

Cargos e Títulos

Terapeuta, Instrutora de Pranaterapia e Palestrante.

Se sua dúvida for escolhida, ela vira artigo aqui no portal e ajuda milhares de pessoas.

Qualidade de Vida

01/12/2014 06:00 - Atualizado em 01/12/2016 09:29

Por que meditar? A ciência tem algo a dizer

Especialista em Pranaterapia, que usa o campo energético do corpo, fala sobre a prática milenar da meditação.

POR

Livia França

  • +A
  • -A

Já pensou em quantas pausas para o silêncio interno há no seu dia? Se a resposta for zero, igual a nenhuma, não se assuste. Mas pense em como reservar diariamente alguns minutos para reestabelecer sua conexão com você mesmo. O poder da meditação é comprovado cientificamente e o Vivo Mais Saudável traz informação especializada para seu maior entendimento sobre esta prática. Com a palavra, Livia França, especialista em Pranaterapia.  

Meditação e tranquilidade mental

Nós vivemos em um oceano de palavras, em um oceano de emoções. Como manter a tranquilidade mental para darmos conta de nossas atividades do dia a dia? Como alcançar o equilíbrio emocional que nos permitirá tomar decisões acertadas? A resposta é: meditação.

Há alguns anos, a meditação era considerada coisa de “esquisotérico”. Quem não tem um amigo assim? Muitos estereótipos foram associados à meditação. Parecia que, para meditar, era pré-requisito: ser vegetariano, usar brinco de pena ou saia indiana. No entanto, hoje, a meditação saiu do armário, se libertou de tudo isso e passou a ter a ciência como uma de suas grandes aliadas.

Nas séries de diferentes abordagens de meditação, focar no coração em algum momento é um ponto em comum. Como exemplo, podemos falar sobre “Meditação nos Corações Gêmeos”, que atualmente é bastante realizada em mais de 90 países. Nessa meditação, antes de se concentrar no silêncio, o praticante se concentra em seu coração por alguns minutos enquanto compartilha energias positivas com o planeta Terra e todas as pessoas. Este tipo de meditação tem a tendência não apenas de compartilhar energias de amor e compaixão com o mundo, mas também de gerar e estimular emoções e pensamentos positivos nos praticantes.

Conheça a nova seção do portal, Medicina Alternativa

Agora, vamos falar sobre o Instituto Heartmath sediado nos Estados Unidos. A instituição dedica-se em analisar cientificamente a “matemática do coração”.  São muitas pesquisas científicas por trás desse precioso órgão do corpo humano. Um dos temas de estudo é a relação entre o coração e o cérebro.

Antigamente, pensava-se que nossos lados cognitivo e emotivo – a razão e os sentimentos – funcionavam através de 2 sistemas que não tinham muita conexão entre si. Em meio a uma série de pesquisas, o Instituto Heartmath descobriu que o coração e os centros emotivos possuem um maior número de terminações nervosas indo em direção ao cérebro e aos centros cognitivos do que vindo do cérebro. Isso significa que o coração foi projetado com um poder maior de influenciar o cérebro do que vice-versa. Neste mundo racional e pragmático, são as emoções que dão as cartas. Esta constatação prova que uma emoção pode ser estímulo de futuros comportamentos.

Avalie agora sua Saúde Emocional

E é justamente aí que entra a meditação como ferramenta estimuladora de emoções positivas. Quando você tira alguns minutos do seu dia para cultivar emoções de paz, compaixão, alegria, prosperidade e saúde, são estes os sinais que você envia ao seu cérebro. É através desse tipo de conexão que você fortalece e sinaliza todo seu sistema cognitivo. Por mais que o dia tenha sido estressante, que o chefe estivesse irritado e o trânsito não tivesse ajudado, você é capaz de lembrar que essas coisas não são suficientes para perturbar uma certeza que há dentro de você, a de que, na verdade, está tudo bem. 

Imagine só o dia em que esse poder fantástico for posto em funcionamento pela humanidade. Poderemos mudar o mundo não através de armas, guerras, acordos comerciais, tratados. Poderemos mudar o mundo através de nossas emoções. Mas essa revolução em massa precisa começar dentro de cada um de nós.

Conte com o Vivo Mais Saudável para cuidar cada vez mais do seu Bem-estar

Comente e compartilhe hábitos saudáveis aqui pelo portal e também no Facebook

TAGS
meditação
como relaxar
benefícios meditação
saúde mental
saúde emocional
como meditar

Comentários

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

SERVIÇOS PARA VOCÊ