Qualidade de Vida

11/02/2015 08:27 - Atualizado em 09/12/2016 07:34

Mudança de hábito: Como a dança do ventre transforma a vida

Gabriela Nogueira promoveu a mudança de hábito pela dança do ventre e é um exemplo na arte.

POR

Redação

  • +A
  • -A

A dança traz benefícios para a mente e para o corpo. Que o diga Gabriela Nogueira, um nos maiores nomes da dança do ventre do Brasil. Para ela, a magia da dança virou profissão, promovendo uma mudança de hábito que fez bem para o corpo e para a vida.

Gabriela, conhecida profissionalmente como Mahaila El Helwa, é a única brasileira campeã mundial de dança do ventre pelo festival egípcio "Ahlan Wa Sahlan", organizado anualmente pela mestra Raqia Hassan.

mudanca de habito

Mudança de hábito: O prazer de estar em movimento

mudanca de habitoPara Gabriela, a mudança de hábito que trouxe benefícios ao corpo e à mente veio com o prazer da dança. A professora conta que, desde pequena, gosta da prática de exercícios.

Das aulas de Educação Física na escola, passando pelo vôlei na adolescência, sua vida sempre foi marcada pela alegria de estar em movimento.

Foi dessa forma que a dança acabou se tornando sua profissão. Além da dança do ventre, a paulistana de 29 anos complementa seus hábitos saudáveis com pilates, musculação e corrida alternada com caminhadas.

Quando mais jovem, ela não costumava se preocupar com a alimentação. Como a maioria das pessoas, sempre gostou de comer tudo o que ninguém recomenda.

Porém, a resistência corporal necessária para quem pratica dança do ventre determinou a mudança de hábito.

Hoje, a dieta equilibrada é prioridade e se tornou em um dos principais fatores para que ela se mantenha saudável e com o corpo em forma, como requer a profissão. A dança do ventre auxilia Gabriela na perda de medidas, no enrijecimento da musculatura e na busca de forma mais definidas.

Como nada acontece da noite para o dia, a mudança de hábito lhe rendeu benefícios de maneira gradual. "A dança do ventre transformou meu corpo ao longo dos anos. Ela tem o poder de modificar o corpo da mulher, fazendo com que ela perca calorias, defina e enrijeça a musculatura, porém sem perder as linhas femininas", ressalta.

Extremamente aplicada, Gabriela dedica 20 horas por semana para a dança do ventre, seja dançando ou lecionando. Mesmo no tempo livre, seu corpo está sempre em atividade para que ela possa enfrentar a rotina de treinos e ensaios.

O resultado: Gabriela já conquistou o título de campeã mundial de dança do ventre num dos principais festivais do gênero, no Egito.

Segundo ela, muitas pessoas que a encontram depois de um certo tempo ficam admiradas da sua mudança corporal. “Realmente, a perda de peso e redução de medidas foram os pontos primordiais que fizeram com que eu me sentisse muito mais feliz comigo mesma”, lembra.

Mudança de hábito: Benefícios da dança do ventre

mudanca de habitoPara quem também quer uma mudança de hábito, os caminhos da dança do ventre estão sempre abertos para novas adeptas. Isso porque ela aumenta a autoestima e a feminilidade.

A dança do ventre aflora a sensualidade, revigora, afasta a depressão e aumenta a produção da endorfina, o hormônio do prazer.

Quando praticada com o auxílio de profissionais, corrige a postura e, consequentemente, alivia dores nas costas e nas articulações.

Com a vantagem de ser um exercício completo, a dança do ventre não encontra empecilhos em fatores como idade e biotipo.

Muitas mulheres acreditam no mito de que apenas quem está em ótima forma física pode chacoalhar os quadris.

Na verdade, a dança do ventre aceita todas que procuram o bem-estar associado à música, à amizade e à sensualidade. O único risco é o de se apaixonar pela atividade e não parar de praticá-la.

Que tal inspirar-se em Gabriela e começar? Siga a professora no Facebook e acesse seu canal de videos no YouTube para conferir o poder da dança do ventre.


Gostou desta história de vida? Conte para nós! E não esqueça de curtir nossa página no Facebook para ficar por dentro de todas as novidades do Vivo Mais Saudável.

TAGS
dança do ventre
dança
condicionamento físico
atividade física

Comentários

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

SERVIÇOS PARA VOCÊ