Dra. Adriana de Araújo

ESPECIALIDADE

Psicologia Clínica

ONDE ATENDE

Clínica We Care, no bairro do Anhangabaú, em Jundiaí (SP)

Dra. Adriana de Araújo

Apresentação

Adriana de Araújo é psicóloga clínica com 17 anos de profissão. Ela atende presencialmente em Moema, e Jundiaí (SP), por Skype. Adriana também é responsável pela empresa IDEAA - Instituto Desenvolva Excelência Adriana de Araújo. 

O que Trata

Adriana trabalha com várias vertentes, entre elas traumas, fobias, neurolinguística, coaching de vida, depressão, emagrecimento.

Formação Acadêmica

Treinada pessoalmente por John Grinder, co-criador da Programação Neurolinguístia (PNL) e Novo Código da PNL e estudou na NLP ACADEMY – UK;

Estudou hipnose no Instituto Milton Erickson de São Paulo, por 2 anos;

Estudo hipnose na Milton Erickson Foundation – USA.

Participou de grupo de estudos de dor no Hospital das Clínicas em São Paulo, por 2 anos.

Participou de grupo de estudos de ansiedade na UNIFESP, por 2 anos.

Estudou também EMDR, Coaching de vida, cognitiva comportamental, etc. 

Vasta experiência prática e teórica pelos anos de clínica e estudo.  

Cargos e Títulos

Adriana de Araújo é autora de oito livros publicados: 

– "O Segredo Para Emagrecer" – 2ª edição – Ed. Universo dos Livros – 2007. – Brasil
– "Treinamento Prático de Memorização" – Ed. Universo dos Livros – 2008. – Brasil
– "O Segredo Para Vencer a Depressão" – Ed. Universo dos Livros – 2009. – Brasil
– "O Segredo Para Vencer o Medo" – 2ª edição – Ed. Universo dos Livros – 2011. – Brasil
– "Como Dirigir Sem Medo" – Ed. Universo dos Livros – 2011. – Brasil
– "A Chave Para Emagrecer" – Ed. Mundial – 2013 – Brasil
– "Oltre La Paura" – Bonanno Editore – 2014. – Italia
– "Emagreça Sem Medo" – Ed. Laços – 2015 – Brasil

Qualidade de Vida

27/10/2015 06:00 - Atualizado em 05/12/2016 04:11

Medo de mudar de vida? Psicóloga ajuda você a enfrentar novos desafios

O medo pode barrar várias coisas na sua vida. Para lhe dar coragem, a psicóloga Adriana de Araújo faz você refletir sobre novas técnicas.

POR

Dra. Adriana de Araújo

  • +A
  • -A

O que você pensa sobre mudança? 

Você é daquelas pessoas que tem medo de tudo que não segue um padrão e tende a gostar de rotina? Ou você é uma pessoa que está pronta para as novidades? Viver é contar que as mudanças acontecerão. Quem sonha com rotina deve criá-la. Essa ideia de repetição, de uma vida sobre controle é uma forma de manter o cérebro menos sobrecarregado e pesado com tantas escolhas e adaptações. Quando você faz ações sempre iguais não é preciso usar tanta atenção e, com isso, o cérebro "descansa" e relaxa. Quantas vezes você repetiu tantas vezes uma mesma ação que nem precisou mais prestar atenção e ao executá-la novamente era como se estivesse no piloto automático? Essa sua atitude acaba por poupar seu cérebro de grandes esforços. 

Porém, para mudar é preciso energia, ação, atitude, esforço e determinação. Para alguns, mudar é um terror, para outros é um enorme prazer. Quem encara a mudança como negativa pode apresentar sintomas de medo e angústia. O novo assusta pela necessidade de adaptação constante. O medo, a preocupação e insegurança vem da incerteza de saber se você será capaz de sobreviver ao desafio. O conforto do que já se conhecido é certo para muitos.

Quem sente medo, pode travar, paralisar e não conseguir mudar, nem ter atitude saudável sobre a vida. O medo atrapalha nas decisões. Com medo uma pessoa é capaz de se esconder, de fugir e evitar situações ao invés de enfrentar e superar. Esse tipo de atitude impede o crescimento e bem-estar. Quem costuma fazer da sua vida uma rotina sem fim, se preocupa com o que pode dar errado e prefere não mexer no que está funcionando bem. São pessoas com nível de crítica exacerbados, bem alto, e até mesmo perfeccionistas. Esse problema pode afetar a vida pessoal e profissional. Um bom trabalhador é aquele que está pronto para as novidades do mercado de trabalho, para os desafios da empresa, para o que estar por vir com energia e força, pois só assim, a criatividade vem, a inovação e o crescimento acontece.  

Saiba Mais
Aprenda como vencer o medo com 6 dicas
Você tem medo de morrer? Saiba como enfrentá-lo
5 motivos para deixar de lado o medo de fazer o exame de toque retal

Ajuda profissional pode ser uma boa saída

Todo medo é um sinal de alerta, de proteção, é a mente tentando cuidar de você, mas não necessariamente é o que deve se manter, por isso, buscar ajuda para tratamento e cura é o ideal. Reconhecer o que está errado é o primeiro e o grande passo. Ser capaz de perceber que o medo paralisa e não ajuda no crescimento pessoal pode ser fundamental para conscientização do problema.

Para a cura do medo, saiba que o tratamento psicológico, com técnicas de psicoterapia breve, como hipnose, programação neurolinguística, coaching de vida e EMDR podem ser suficientes para a compreensão do que está havendo, para cura e bem-estar. Durante o tratamento, você aprenderá técnicas que vão liberá-lo do medo e das preocupações.

Mudar é mais que preciso, faz parte da vida de todas as pessoas, sempre. Desejo sucesso e boas escolhas para as mudanças que a vida lhe aprenda e as que você mesmo poderá criar para novas ações. 

Gosto do conteúdo da dra. Adriana de Araújo? Ela tambem pode ajudar você a encarar melhor o medo. Clique aqui. 

Vivo Mais Saudável. 

Informação que faz bem.

TAGS
como lidar com o medo
mudança de vida
medo
angústia

Comentários

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

SERVIÇOS PARA VOCÊ