Qualidade de Vida

14/06/2014 09:00 - Atualizado em 02/12/2016 01:57

Fim de namoro: deixe a tristeza em casa e reveja os amigos

Fim de namoro dói, mas todo mundo passa por isso - e sobrevive.

POR

Redação

  • +A
  • -A

Parece o fim do mundo, mas não é. Fim de namoro dói, mesmo quando a relação já está desgastada e bem mais apegada do que amorosa. Nessa hora, o mais importante é lembrar que todo mundo passa por isso - e sobrevive.

Fim de namoro, início de nova fase

O fim de namoro é o fim de um ciclo. Isso significa que um pouco de quem você era ao lado do ex-namorado ou namorada ficou para trás. E, às vezes, desapegar-se de quem você era pode ser o que faltava para atingir objetivos que andavam esquecidos. Pense no tempo que você terá para dedicar a si mesmo e a atividades que há tempos queria fazer. Lembre-se de todas as vezes que você deixou de sair com seus amigos, seja para uma janta ou uma festa, porque tinha compromisso com seu ex-companheiro ou companheira.

Foto: Shutterstock

Foto: Shutterstock

Assim, sob esse prisma, o fim de namoro é o início de uma liberdade maior de escolhas. Agora você pode definir exatamente o que quer fazer, e quando, e onde, e com quem. Você certamente redescobrirá vontades antigas, retomará planos que estavam de lado e reordenará sua própria rota em prol daquilo que lhe faz feliz. Pode ser um novo trabalho, um novo hobby ou um novo amor.

Fim de namoro não é o fim do amor

Sim, você vai se apaixonar novamente, mesmo que agora julgue impossível. Mesmo que prometa a si mesmo nunca mais deixar que o brilho nos olhos, o aperto no coração e a ânsia de rever aquela pessoa lhe tomem por completo. Você vai se apaixonar de novo. E quer saber, de verdade? É provável que você termine de novo. E vai doer, mas não tanto. Porque você descobre, aos poucos, que vale a pena. Apesar de tudo, apesar da dor, apesar das brigas, apesar do fim - vale a pena.

Ninguém vai apagar o que você viveu e o que vocês tiveram juntos. Nem o próprio ex, independentemente de quão catastrófico tenha sido o fim de namoro. Daqui a algum tempo, quando esse turbilhão de emoções se aquietar, você vai olhar para trás e ver que ambos cresceram nessa história. E que aqueles dois personagens que se apaixonaram evoluíram ao longo do caminho e foram decisivos um para o desfecho do enredo do outro. Por mais que seja difícil, é possível aceitar que o namoro, mesmo que acabe, seja uma das pecinhas que moldaram quem você é hoje.

Por isso, aceite o fim de namoro. Essa talvez seja a parte mais difícil. E alimentar falsas esperanças sempre piora a situação. Por isso, fique um tempo bem longe do ex. Nas redes sociais, evite o perfil do seu antigo amor para não se machucar mais. Parece que você não perdeu apenas um relacionamento, mas uma parte de si mesmo. Mas quer saber? Você vai encontrar a parte perdida, e a vida seguirá. Assim que você aceitar.

Fim de namoro? Reveja os amigos

Aceitou o fim de namoro? Ótimo. Agora, o próximo passo. Se você não é daquelas pessoas que, quando namora, se dedica quase que exclusivamente ao seu par, aproveite os amigos que você manteve nesse tempo e bote o papo em dia. Vá a festas e bares com eles, fale bobagem, dê risadas. Amigos de verdade até vão aguentar os seus lamentos em relação ao fim de namoro. E assim que puder, retome as amizades esquecidas no período de namoro. Você vai ter ótimas surpresas.

Ajustando o foco após o fim de namoro

Todo mundo tem alguma atividade à qual gostaria de se dedicar mais, então esta é a hora. Em vez de ficar chorando pelo fim de namoro, mantenha o foco em um novo objetivo ou hobby. Pode ser o aprendizado de um novo idioma, a leitura de determinados livros, assistir a diversos filmes que você tem vontade. Algo que exija uma postura mais ativa é melhor ainda, como o início de um novo projeto profissional ou pessoal.

Você já passou por um fim de namoro difícil? Conte-nos um pouco sobre a sua experiência e deixe o seu comentário.

Comentários

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

SERVIÇOS PARA VOCÊ