Qualidade de Vida

29/07/2014 04:00 - Atualizado em 07/12/2016 04:07

Férias sem dor: Descubra como prevenir pernas e pés inchados na viagem

Pernas e pés inchados costumam atrapalhar em longas jornadas de carro ou avião.

POR

Redação

  • +A
  • -A

Viagens de férias são uma grande diversão. Mas em alguns casos o deslocamento até o destino pode ser longo demais. Passar muitas horas sentado, em carro, ônibus ou avião, é a pior parte da jornada. E uma das consequências são as pernas e pés inchados – isso acontece porque eles ficam muito tempo parados.

Causas de pernas e pés inchados

A intensidade do problema varia de pessoa para pessoa. Algumas não sentem desconforto ao passar horas a fio sentadas na poltrona de um avião. Já outras se queixam de pés e pernas inchados e não conseguem nem calçar os sapatos depois de chegar ao destino. De qualquer forma, ignorar esse inchaço pode ser pior.

Pernas e pés inchados
Inchaço nas pernas costuma acometer quem passa muito tempo parado. Foto: Shutterstock

As pernas e pés inchados em longas viagens são relacionados à fisiologia da circulação venosa na pessoa. Em um cenário normal, o coração se contrai constantemente, bombeando o sangue, que é distribuído por todo o corpo através das artérias.

Ele chega, então, aos pequenos vasos capilares arteriais, a extremidade da complexa cadeia por onde o sangue transita em nosso organismo. Depois de “alimentar” os tecidos, há uma troca de líquidos e o sangue é reabsorvido nos vasos capilares venosos, que vão transportá-lo novamente para o coração, lutando contra a gravidade, pressão baixa e velocidade lenta nesse retorno.

O que isso tudo tem a ver com as pernas e pés inchados depois de longas viagens? Quando estamos sentados, algumas veias importantes para esse escoamento ficam espremidas atrás dos joelhos e na virilha, dificultando esse retorno do sangue venoso ao coração. Isso faz com que ele fique represado nas veias, aumentando a pressão no território capilar. O resultado é que, em vez de ocorrer a reabsorção de líquidos pelo capilar venoso, há um maior extravasamento deles para os tecidos, originando os edemas que deixam as pernas e pés inchados.

Como evitar pernas e pés inchados

No jargão popular, esse tipo de problema chegou a ser chamado de “síndrome da classe econômica”, pois, nesse setor dos aviões, o espaço para as pernas nos assentos é menor, o que eleva a probabilidade de aparecimento de edemas. Atualmente, porém, com a redução das tarifas e o corte de custos das companhias aéreas, o espaço se tornou ainda mais exíguo na maioria dos casos, e setores diferenciados, inexistentes.

Pernas e pés inchados
Para crianças, mudar de posição com frequência não é um problema. Foto: Shutterstock

Embora encarada com bom humor nesses casos, o problema pode ser bastante sério. Em 2001, uma jovem de 28 anos morreu durante uma viagem de avião devido a uma embolia pulmonar que se formou após um coágulo que se soltou da trombose que atingiu a sua batata da perna. A trombose venosa é o nome da condição que se forma com o inchaço decorrente daquela repressão das veias explicadas ali em cima.

Dicas

Veja 6 ideias para prevenir pés e pernas inchados em sua próxima viagem:

1 - A principal recomendação para quem está em uma viagem que deve durar muitas horas é não ficar parado muito tempo na mesma posição. Você pode se levantar e movimentar os membros inferiores mesmo permanecendo no seu próprio lugar, apoiando o peso do corpo ora em um pé, ora no outro.

2 - Se possível, caminhe. Em uma viagem de avião, levante-se para ir ao banheiro, mesmo que não tenha necessidade de urinar.

3 - Mude periodicamente a posição do encosto da poltrona, diminuindo a compressão da veia na virilha, e estenda as pernas para baixo da poltrona da frente, reduzindo a compressão das veias nos joelhos.

4 - Dobre e estique bastante os joelhos e não esqueça de movimentar os pés. 

5 - Em uma viagem longa de carro, faça mais paradas - e não apenas para ir ao banheiro. Aproveite para esticar as pernas e se movimentar um pouquinho antes de voltar à estrada.

6 - Em viagens em família, não esqueça de orientar as crianças e os avós a se movimentar nos intervalos. Os pequenos vão adorar a história de fazer mais paradas, mas os mais velhinhos podem precisar de algum incentivo para mudar de posição.

Gostou das dicas? Deixe um comentário! Não esqueça de curtir nossa página no Facebook para ficar ligado em todas as novidades do Vivo Mais Saudável.

TAGS
viagens
inchaço
pernas e pés

Comentários

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

SERVIÇOS PARA VOCÊ