Qualidade de Vida

26/07/2014 05:30 - Atualizado em 17/11/2016 07:23

Exposição celebra 20 anos de Castelo Rá-Tim-Bum

Programa Castelo Rá-Tim-Bum ficou famoso nos anos 1990 e virou um clássico das crianças.

POR

Redação

  • +A
  • -A

Bum bum bum, Castelo Rá-Tim-Bum”. Se essa música lhe é familiar, provavelmente você foi uma criança nos anos 1990. É a vinheta de abertura de Castelo Rá-Tim-Bum, programa voltado ao público infantil produzido entre 1994 e 1997, exibido pela TV Cultura.

Exposição relembra momentos de Castelo Rá-Tim-Bum

O Museu da Imagem e do Som, em São Paulo, tem uma ótima programação para os nostálgicos dessa produção que marcou época. Trata-se de Castelo-Rá-Tim-Bum – A exposição, que celebra o aniversário de 20 anos da criação do programa.


A exposição vai até o dia 12 de outubro, e os ingressos são gratuitos para menores de cinco anos e às terças-feiras; nos demais casos custam R$ 5 (meia) e R$ 10 (inteira). O Museu da Imagem e do Som fica na Avenida Europa, número 158, no bairro paulistano de Pinheiros.

O horário para visitar a exposição é das 12h às 21h, de terça a sexta-feira; das 10h às 22h, aos sábados; e das 10h às 20h nos domingos e feriados. O trabalho é concebido pela equipe do Museu da Imagem e do Som, com o apoio da TV Cultura, e ocupa o primeiro e segundo andares do museu.

A atração é dividida em duas partes. A primeira é composta pelo acervo com objetos do cenário do programa, fotografias, figurinos e exibição de trechos do Castelo Rá-Tim-Bum, além de depoimentos gravados por atores do elenco original especialmente para a exposição.

A segunda parte apresenta uma experiência lúdica para os visitantes, que poderão entrar em mais de 10 ambientes do castelo recriados, como a biblioteca e o saguão, além de poder ver de perto alguns dos bonecos que compunham o show. Mais informações podem ser obtidas no site do museu.

Castelo Rá-Tim-Bum: um programa pedagógico

O Castelo Rá-Tim-Bum é considerado um dos melhores programas da história da televisão brasileira, tendo alcançado uma média de audiência de 12 pontos. Foi uma criação do dramaturgo Flávio de Souza e do diretor Cao Hamburger, com roteiros de Dionisio Jacob, Cláudia Dalla Verde e Anna Muylaert, entre outros.

O programa se destacava por ter uma grande variedade de quadros, todos muito divertidos e extremamente pedagógicos, a combinação perfeita para uma produção destinada às crianças.

O principal personagem do programa é Nino, um aprendiz de feiticeiro que vive no castelo. Seus companheiros de brincadeiras são o Zeca, o mais novo da turma, que está sempre perguntando como as coisas funcionam; Pedro, um garoto esperto que tem sempre ótimas ideias; e Biba, a menina que está sempre tirando sarro de todos.

Os adultos do castelo são o Dr. Victor, poderoso feiticeiro que é tio de Nino, e Dona Morgana, tia avó do garoto, que tem nada mais, nada menos que 6 mil anos de idade.

Quadros

Os quadros do Castelo Rá-Tim-Bum permeavam as brincadeiras da turma e tinham sempre algum aprendizado. Para citar alguns, havia o Tíbio e o Perônio que davam lições de ciência; em Porque sim não é a resposta, Marcelo Tas respondia as dúvidas de Zequinha.

Também fazia sucesso o quadro Lavar as mãos, com a música de Arnaldo Antunes que incentiva a higiene; as Histórias da Bruxa Morgana ensinavam coisas bem legais sobre as antigas civilizações; e Mau e Godofredo tinham questões excelentes para estimular o raciocínio lógico.

Receba dicas de Cris Polis sobre comportamento infantil para ajudar seu dia a dia

Comentários

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

SERVIÇOS PARA VOCÊ