Cris Poli

ESPECIALIDADE

Orientação Infantil

ONDE ATENDE

Av. Nova Independência, 1061, São Paulo (sob agendamento)

Cris Poli

Apresentação

Cris Poli tem 40 anos dedicados à educação infantil. Atuou como professora de algumas das mais respeitadas escolas de Buenos Aires até se mudar para São Paulo e aplicar seus conhecimentos em colégios da capital paulista. Desde 2006, apresenta o programa 'Super Nanny' no canal SBT.

O que Trata

Educação infantil, Relacionamentos e solução de conflitos familiares, Estímulos e desenvolvimento de caráter da criança de 6 a 12 anos.

Formação Acadêmica

Formou-se em Educação pelo Instituto Nacional Superior del Profesorado en Lenguas Vivas Juan Ramón Fernandez, de Buenos Aires, na Argentina, com ênfase em Pedagogia e Psicologia. No Brasil, fez Licenciatura em Letras Inglês-Português na USP.

                                                                             

Cargos e Títulos

A educadora Cris Poli ministra palestras sobre Educação Infantil e Relacionamento Familiar há mais de 7 anos por todo o Brasil e já escreveu 7 livros sobre o tema, dos quais 2 são best sellers consagrados. Consultora no 'Instituto Cris Poli' de ensino que oferece treinamentos a professores e escolas e orientadora de famílias através de consultas particulares e consultorias domiciliares.

Qualidade de Vida

13/04/2015 06:00 - Atualizado em 06/11/2016 08:03

Entrevista Cris Poli: Publicidade para crianças e estímulo ao consumismo

A criança brasileira é a que mais assiste TV no mundo, 4h 51 minutos é a média, segundo dados do IBGE.

POR

Cris Poli

  • +A
  • -A

“Publicidade infantil em questão no Brasil” foi o tema da redação do Enem 2014. Segundo o IBGE, a criança brasileira é a que mais assiste TV no mundo, 4h 51 minutos é a média. O Vivo Mais Saudável conversou sobre este assunto com Cris Poli, especialista em orientação infantil. Leia a entrevista e compartilhe informação que faz bem com pais, educadores, babás e pessoas que lidam com crianças no dia a dia. O desenvolvimento dos pequenos agradece!

 

1) Quando a televisão passa a ser um problema no desenvolvimento e amadurecimento da criança?

Quando ela se torna um vicio, sem controle, nem supervisão nem horários determinados por parte dos pais.

2) Videogame, celular, tablet... Que orientação dar aos pais diante desta presença tecnológica e como dosá-la? 

Esta presença é inevitável nos dias de hoje, mas os pais precisam administrar de maneira consciente o uso de cada um deles e a idade em que os filhos podem começar a utilizá-los. A educação dos filhos é responsabilidade dos pais e essas atitudes tem a ver com educação.

Leia também:

Educação dos filhos: Cris Poli do programa Supernanny dá dicas valiosas

3) De que maneira é possível aos pais “proteger” as crianças do consumismo excessivo?

Colocando limites concretos sobre o que comprar, quando e de que maneira. Mas, acima de tudo, dando o exemplo com suas próprias atitudes.

4) Meninas que usam maquiagem, salto e acessórios que remetem ao universo de uma mulher adulta. Quais cuidados os pais devem ter com isso?

As crianças crescem observando tudo em volta delas. É lógico que elas queiram imitar os pais em tudo e, nesse caso especial, as meninas que querem crescer aceleradamente e parecer com as mães. Mas, mais uma vez, cabe às mães colocarem os limites do que é adequado para a idade e serem firmes, sempre com muito amor e paciência.

Saiba mais sobre Psicologia Infantil

5) Qual é a importância do “não” como resposta do “eu quero”?

O “não” é importante porque é o primeiro limite que a criança recebe desde pequenininho. Mas os pais não devem esquecer do “sim” como alternativa para a criança de aquilo que ela pode fazer, lembrando que esse também é um limite. O “eu quero” é próprio da criança. Cuidado para que essa imaturidade não permaneça na idade adulta!

A publicidade infantil em diferentes países:

No Brasil, entidades da sociedade civil e o Conanda (Conselho Nacional dos Direitos da Criança e do Adolescente) tentam a aprovação de projetos de lei sobre a publicidade infantil que restrinja a publicidade de alimentos não saudáveis dirigida à crianças e proíba a venda de alimentos com brindes. A obesidade infantil é uma epidemia que precisa ser combatida. Veja dados abaixo e reflita. Eles foram retirados do documentário “Criança: a alma do negócio, segundo pesquisa de consumo”:

Suécia - É proibida a publicidade na TV dirigida à criança menor de 12 anos antes das 21h;

Inglaterra - É proibida a publicidade de alimentos com alto teor de gordura, açúcar e sal dentro e durante programação de TV para público menor de 16 anos;

Bélgica - É proibida a publicidade para crianças nas regiões flamencas;

EUA - Limite de 10 minutos e 30 segundos de publicidade por hora nos fins de semana, 12 minutos por hora nos dias de semana. Proibido merchandising testemunhal;

Alemanha - Os programas infantis não podem ser interrompidos pela publicidade;

Canadá - É proibida a publicidade de produtos destinados à crianças em programas infantis. Em Quebec é proibida qualquer publicidade de produtos destinados à crianças de até 13 anos em qualquer mídia;

Dinamarca - É proibida qualquer publicidade durante os programas infantis, e ainda, 5 minutos antes e depois;

Irlanda - É proibida qualquer publicidade durante programas infantis em TV aberta;

Holanda - Não é permitido publicidade dirigida às crianças com menos de 12 anos na TV pública;

Áustria - É proibido qualquer tipo de publicidade nas escolas;

Itália - É proibida a publicidade de qualquer produto ou serviço durante desenhos animados. É proibida a publicidade de brinquedos entre 17 e 22h;

Portugal - É proibido qualquer tipo de publicidade nas escolas;

Noruega - É proibida a publicidade direcionada à crianças com menos de 12 anos. Proibida qualquer publicidade durante os programas infantis.

Se você acha importante o debate sobre a publicidade infantil, deixe seu comentário abaixo.

Interaja e compartilhe informação que faz bem. Deixe a vida cada vez mais saudável!

Para receber dicas no seu celular, experimente Vivo Orientação Infantil com Cris Poli.

TAGS
publicidade infantil
orientação infantil
cirs poli
educação infantil
dicas pais e filhos
pais e filhos

Comentários

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

SERVIÇOS PARA VOCÊ