Qualidade de Vida

26/03/2016 12:00 - Atualizado em 30/11/2016 01:06

Entenda como as mudanças climáticas podem afetar a sua saúde

Pesquisa indica relação entre alterações no clima e aparecimento de doenças.

POR

Redação

  • +A
  • -A

Você já reparou se em algum momento do ano costuma ficar mais doente que em outro? Se a sua reposta for negativa, procure fazer essa relação. As mudanças climáticas que o mundo tem sofrido no passar dos anos podem estar afetando a sua saúde, e é possível que você ainda não tenha percebido.

A relação entre o aparecimento de doenças e as alterações no clima tem sido relatada por diferentes estudos. O surgimento dessas patologias está ligado, na maioria das vezes, à variação de temperatura. Entenda.

homem espirra devido a mudanças climáticas

Relação entre mudanças climáticas e doenças

Em pesquisa feita pelo Hospital Albert Einstein e pela a Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP), verificou-se que, em São Paulo, a sazonalidade de algumas doenças está diretamente relacionada à temperatura, mas também a outros fatores climáticos. Eles podem influenciar no aparecimento de enfermidades, ou mesmo intensificar seus efeitos.

De acordo com o estudo, entre a população acima de 65 anos, considerada grupo de risco para variações climáticas, foram constatados índices como 40,1% de óbitos por doenças circulatórias e 16,3% por doenças respiratórias, entre os meses de maio e agosto do período observado, quando as temperaturas médias são mais baixas na cidade.

Também foi detectado um índice de mortes de 19,8% por neoplasias, ou seja, relacionadas com algum tipo de câncer. Por outro lado, na análise dos dados sobre óbitos por infarto, constatou-se haver menor mortalidade quando a temperatura ficava entre 21,6° e 22,6°C, bem como nos dias em que a umidade relativa do ar era maior.

Temperatura como fator preponderante

O estudo ajudou a constatar que a variação de temperatura tem maior influência nesses casos que a sazonalidade. Ou seja, sua atuação nesses quadros depende mais da amplitude térmica que da época do ano.

Um exemplo disso se dá no caso do AVC do tipo hemorrágico. A pesquisa comprovou que há uma maior incidência da doença quando há maior variação entre a temperatura mínima e a máxima no mesmo dia.

Bento Fortunato dos Santos, um dos idealizadores da pesquisa, adverte que, entre as moléstias com maior agravamento devido ao clima, estão: doenças isquêmicas, hipertensivas e cerebrovasculares; gripe e pneumonia; outros problemas relacionados às vias aéreas; infecções; doenças infecciosas intestinais.

Documento prevê aumento nas temperaturas

Se o aumento na temperatura é um responsável pelo aparecimento de doenças, as mudanças climáticas que ainda estão por vir são motivos de preocupação para a população mundial.

Segundo o Núcleo Latino-americano da Rede de Pesquisas sobre Mudanças Climáticas Urbanas, todas as cidades no planeta terão suas médias de temperatura aumentadas entre 1ºC e 4ºC até 2018. No Rio de Janeiro e em São Paulo, por exemplo, a previsão é de que o crescimento seja de 3,4ºC e 3,9ºC, respectivamente.

Além do aumento nos termômetros, as capitais fluminense e paulista também terão, até a data prevista, crescimento no volume de chuva e no nível do mar.

Para diminuir esses impactos, a recomendação dos especialistas é reduzir a emissão de gases do efeito estufa, principalmente da queima de combustíveis, além de investir em projetos que reduzam impactos e desastres - entre eles, a criação de parques e de tetos verdes nos prédios.

Segundo a professora do Departamento de Arquitetura e Urbanismo da Pontifícia Universidade Católica (PUC-Rio) Cecilia Herzog, essas estratégias facilitam a absorção de água da chuva e retêm a umidade do ar, combatendo efeitos como ilha de calor e capturando o gás carbônico.

Gostou do artigo? Então aproveite para compartilhar as informações nas suas redes sociais! E continue de olho no Vivo Mais Saudável para conferir outras dicas de saúde e bem-estar.

TAGS
amplitude térmica
variação de temperaturas
temperatura média
aquecimento global

Comentários

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

SERVIÇOS PARA VOCÊ