Qualidade de Vida

14/03/2016 01:00 - Atualizado em 08/11/2016 01:25

Confira o que foi destaque no Lollapalooza Brasil 2016

Quinta edição do festival levou 160 mil espectadores ao Autódromo de Interlagos.

POR

Redação

  • +A
  • -A

O Lollapalooza Brasil foi mais uma vez um sucesso de público. Na edição deste ano, 160 mil espectadores estiveram no Autódromo de Interlagos, em São Paulo, para curtir muita música nas duas noites de shows.

Ao contrário das quatro edições passadas, quando subiram ao palco bandas como Foo Fighters, Queens of The Stone Age e Pearl Jam, em 2016 o festival não apostou em artistas internacionais tão conhecidos do grande público. As duas exceções, talvez, ficaram por conta de Noel Gallagher, ex-Oasis, e do rapper Eminem.

Essa ausência de grandes estrelas mostra o outro lado do festival: o de promover bandas do cenário independente, que têm pouco tempo de estrada e uma carreira internacional ainda não consolidada.

lollapalooza brasil 2016

Mulheres comandaram o Lollapalooza Brasil

Quem ditou o ritmo do primeiro dia do festival foram as mulheres. Inclusive as que nem compareceram ao evento foram lembradas. Rihanna, parceira de Eminem em shows e composições, não veio ao Lollapalooza Brasil, mas teve suas músicas cantadas por milhares de fãs na plateia.

Das presentes, também fizeram sucesso a novata Halsey, que lançou seu primeiro álbum no ano passado, e Marina and The Diamonds, que, depois de cancelar sua aparição no Lolla em 2015, levantou o público. Os dois shows foram considerados por muitos como os mais animados da noite, não só pelas músicas em si, mas também devido aos figurinos - ou melhor, à falta deles.

Outro ponto alto da primeira noite foi o show da Mumford & Sons, que apagou as luzes do palco secundário. Apesar de não ter nenhuma mulher na composição da banda, pode-se dizer que um ponto marcante da apresentação foi quando o vocalista, Marcus Mumford, chamou uma fã da plateia para passar um recado ao público brasileiro. De quebra, ela ainda levou a meia lua tocada pelo integrante.

lollapalooza brasil florence welch

Segundo dia foi tranquilo e favorável

O segundo dia de Lollapalooza Brasil também teve a participação feminina dentro e fora dos palcos. Lá em cima, o destaque foi para a performática Florence Welch, à frente da banda Florence + The Machine. Já na plateia, as atenções voltaram-se para algumas famosas presentes no evento. Thaila Ayala, Débora Falabella e Leandra Leal foram algumas que marcaram presença.

No entanto, mesmo com essas participações importantes, quem empolgou mesmo foi a dupla Jack Ü. Os produtores Skrillex e Diplo tocaram músicas de diversos artistas, como Adele, Rihanna, Justin Bieber e Calvin Harris, além dos brasileiros Wesley Safadão e MC João.

O público foi à loucura quando os caras chamaram ao palco MC Bin Laden para tocar o hit “Tá tranquilo, tá favorável”. A participação especial fechou com bom humor o show dos norte-americanos.

thaila ayala no lollapalooza brasil

Dia das viúvas

O domingo também foi o dia para as "viúvas" de The Strokes e Oasis sentirem saudades. Isso porque Albert Hammond Jr e Noel Gallagher, ex-integrantes das respectivas bandas, se apresentaram.

Noel até deu uma palinha de alguns sucessos da banda que compunha com seu irmão. “Don't look back in anger”, inclusive, foi uma das mais cantadas. Hammond Jr, no entanto, não deu esse gostinho ao fãs. Apesar de algumas de suas novas composições serem bem parecidas com às da sua antiga banda, o ex-guitarrista do The Strokes preferiu não fazer esse remember.

leandra leal e thiago petit no lollapalooza brasil

Você foi ao Lollapalooza Brasil? Na sua opinião, qual foi o melhor momento do festival? Deixe um comentário! E aproveite para conferir as dicas de saúde e bem-estar do Vivo Mais Saudável.

TAGS
festival de música
indie rock
são paulo
bandas

Comentários

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

SERVIÇOS PARA VOCÊ