Qualidade de Vida

18/07/2014 08:00 - Atualizado em 30/11/2016 11:08

Como prevenir acidentes com crianças nas férias

Acidentes com crianças nem sempre podem ser evitados, mas alguns cuidados são necessários.

POR

Redação

  • +A
  • -A

Com a chegada das férias de inverno, as crianças têm mais tempo para as suas brincadeiras e, mesmo depois de um semestre inteiro de aulas, não perdem o pique por um minuto sequer. Como não podemos colocar nossos filhos em uma bolha, aumentam aí os riscos de quedas, cortes, fraturas. Por isso, veja alguns cuidados básicos para prevenir acidentes com crianças.

Como evitar acidentes com crianças

Foto: Shutterstock

Foto: Shutterstock

Isso tudo faz parte do aprendizado de um jovem, o que não quer dizer que não seja importante saber como prevenir acidentes com crianças. Quanto mais cuidados forem tomados, menor gravidade as ocorrências terão.

Geralmente, basta que o pai tenha bom senso para atentar aos riscos mais evidentes de acidentes com crianças, mas há alguns detalhes que por vezes ele não se dá conta que podem ser bastante úteis.

Vamos a alguns deles:

5 passos para prevenir acidentes com crianças

1 - Superproteção

Os pais mais protetores costumam ver risco exagerado em tudo. A primeira dica é que você não passe dos limites nos cuidados, pois isso pode fazer mais mal do que bem para o seu filho. Saiba que, se você optar por esse nível de radicalismo, sua preocupação pode fazer mais mal do que bem, pois a tendência será evitar que o filho participe de atividades que ele gosta e todos os seus amigos praticam.

2 - Cuidados domésticos

Na maioria dos casos, é dentro do nosso lar que moram os maiores perigos para uma criança. O maior risco de acidentes está associado com a cozinha e a piscina. Portanto, nunca deixe-a sozinha brincando em um desses ambientes. Também lembre-se de deixar objetos pontiagudos, como facas e tesouras, longe do seu alcance. Faça o mesmo com produtos de limpeza. Evite manter chaves nos cômodos da casa, para que a criança não se tranque neles.

3 - Atividade e local

Para evitar os acidentes com crianças dentro de casa, não basta apenas proibir – o pai deve oferecer uma opção. Na hora de escolher as opções que você vai oferecer para o seu filho brincar durantes as férias já é possível eliminar uma boa parte do risco. Pense bem em todos os aspectos das atividades, pois às vezes a chance de acidente está no ambiente ou nos equipamentos utilizados. Andar de bicicleta, por exemplo, é um exercício seguro se realizado em um parque ou ciclovia, mas extremamente perigoso se for praticado na rua.

4 - Cultura

Apesar de uma criança ter muita energia para gastar, ela não precisa correr e se agitar durante todo o dia. Você pode educa-la para que, além das brincadeiras desse tipo, ela adquira também hobbies mais culturais, como assistir um filme ou uma peça de teatro, ler um livro ou desenhar. Algumas dessas preferências ela não vai adquirir sozinha, então procure estimular. No tempo que o seu filho se dedicar a esse tipo de atividade terá menos probabilidade de se acidentar.

5 - Participe

É claro que, se você está procurando essas dicas, isso quer dizer que não tem condições de ficar de olho na criança em tempo integral. Mas a sua colaboração efetiva para a segurança do seu filho não é apenas desse jeito. Dedicar algum tempo para brincar junto com a criança é muito importante, porque ela vai sempre imitar o seu jeito de fazer as coisas. Se ela repara que você toma bastante cuidado com uma determinada atividade, vai ter atenção pra ela também.

O seu filho já sofreu algum tipo de acidente que você poderia ter evitado? Se sim conte a sua experiência e previna outros pais deste risco.

Comentários

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

SERVIÇOS PARA VOCÊ