Qualidade de Vida

22/03/2016 04:00 - Atualizado em 07/12/2016 12:20

Cantar em coral aguça a sensibilidade: Confira 4 benefícios

Atividade traz ganhos para pessoas de qualquer idade, em diferentes situações e ambientes.

POR

Redação

  • +A
  • -A

“Quem canta seus males espanta”, diz o ditado. Apesar de antigo, o provérbio popular tem lá a sua razão. Mas, mais que uma válvula de escape para o estresse, a música pode traz outros benefícios. O coral, por exemplo, oferece vantagens para crianças, adultos e idosos e ainda é capaz de ser uma ferramenta de integração e interação nas empresas.

Além disso, a prática pode servir também como terapia alternativa no tratamento de algumas doenças. Confira, então, quatro benefícios que o canto em grupo pode trazer para pessoas de diferentes faixas etárias, nas mais diversas situações.

moças do coral

O canto de coral nas escolas

Uma pesquisa realizada pela Universidade Estadual de Campinas (Unicamp) constatou que a prática do canto coral infantil contribui não só para o desenvolvimento musical, como também social e intelectual da criança.

O estudo, feito com 25 crianças de uma Escola Municipal de Ensino Básico do interior de São Paulo, mostrou que, no decorrer das atividades, ocorreu um aumento da expressividade, da sensibilidade e da musicalidade das crianças.

Aspectos que dizem respeito à formação global também foram alguns dos ganhos apresentados pelos pequenos. Entre eles, destacaram-se concentração, capacidade de comunicar-se, interação e respeito ao colega de grupo e ao professor.

Coros nas empresas

Outro ambiente em que o canto de coral tem mostrado sua valia é nas empresas. Segundo a cantora e compositora Bia De Luca, responsável pela organização de muitos grupos de coros organizacionais, a demanda surgiu da necessidade de aumentar o vínculo entre empresa e funcionários, além de melhorar esse relacionamento.

A implantação veio, também, para trazer ganhos na qualidade do ambiente de trabalho e foi introduzida como uma nova atividade de lazer oferecida pelas empresas. Desenvolvimento do espírito de equipe, desinibição individual e maior facilidade na comunicação são outros ganhos que a prática pode oferecer às organizações.

equipe unida após cantar em coral

Coral na terceira idade

Vovôs e vovós também têm benefícios com a prática de canto, especialmente no que diz respeito ao desempenho vocal. Em pesquisa realizada pela PUCRS, comprovou-se que idosos que participam do coral melhoraram seus resultados.

A amostra analisou 44 idosos, de 60 anos ou mais, e constatou que ocorreu diminuição de sintomas e de problemas detectados antes da atividade. As modificações vocais e respiratórias observadas foram mantidas durante os dois anos de acompanhamento.

Terapia alternativa para doenças

Por fim, a atividade de canto também colabora para reduzir sintomas de depressão e ansiedade e, até mesmo, ajuda a preservar a pressão expiratória em pessoas com doenças pulmonares obstrutivas crônicas (DPOC). Isso foi apontado por uma pesquisa da Universidade de São Paulo (USP), que analisou 43 pessoas portadoras dessas enfermidades.

Instituições como a Ser em Cena também utilizam o canto em grupo para auxiliar na reabilitação de pessoas com afasia, um déficit geral da linguagem. O problema pode ter como causas mais comuns AVC, tumores cerebrais e traumatismos causados por acidentes automobilísticos, armas de fogo ou quedas graves, por exemplo.

Para o fundador da entidade, Nicholas Wahba, ações como essas servem para esses pacientes voltarem ao convívio social e se sentirem seguros e capazes de se expressar novamente.

E você: já pensou em cantar com os amigos? Compartilhe o artigo nas redes sociais e veja se você consegue montar um coro! Aproveite também para conferir outras dicas de saúde e bem-estar aqui no Vivo Mais Saudável.

TAGS
música
equipe
respiração
arte

Comentários

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

SERVIÇOS PARA VOCÊ