Qualidade de Vida

03/12/2015 01:22 - Atualizado em 04/09/2016 11:41

Aproveite as vantagens do stopover sem prejuízos na viagem

Escalas e paradas longas podem ser bem aproveitadas, se feitas com organização.

POR

Redação

  • +A
  • -A

Se você está pensando em viajar, mas ainda não sabe exatamente como será seu voo, nem conhece termos como "check-in" e "stopover", é melhor se programar antes do embarque.

Esse último nada mais é que uma escala, em tradução livre para o português. Ou seja, é uma parada que a aeronave faz antes de seu destino. Dependendo do caso, pode valer a pena sair do avião e conhecer um pouco da cidade no meio do caminho, nem que seja só para movimentar as pernas. Saiba mais sobre esse e outros tópicos importantes a todo viajante.

casal esperando o stopover do avião

Vantagens e desvantagens do stopover

O editor-chefe do site Falando de Viagem, Gabriel Dias, explica que, quando se fala em stopover, não há certo ou errado em como aproveitar essas paradas. Isso é algo que depende de cada viajante.

Segundo ele, a principal desvantagem é justamente não poder viajar sem pausas. “Voar direto é mais rápido e menos cansativo. Então, quando há o stopover, você demora mais para chegar ao destino final”, explica.

Em compensação, isso pode ser a principal vantagem da parada, desde que bem aproveitada, já que a escala “permite que você conheça mais de uma cidade, maximizando a experiência de viagem e deixando-a mais interessante”, complementa Gabriel.

Os custos também devem ser avaliados. Normalmente, o valor de uma viagem com no mínimo uma escala é menor que em voos diretos.

Saiba Mais
Confira dicas para encarar um mochilão pelo mundo
Você tem medo de avião? Veja como enfrentar
Viagem de avião com o bebê: Veja como se preparar

Para se organizar e tirar o melhor proveito possível do stopover, evitando imprevistos e prejuízos financeiros, é preciso programá-lo antes de emitir a passagem aérea. “Muitas pessoas querem solicitá-lo depois da emissão, o que não é possível, pois exige a reemissão do bilhete, cobrando multas e possível diferença tarifária”, alerta o especialista.

Caso você não saiba se tem direito a stopover gratuito, deve ler as regras de sua passagem aérea. Em geral, não há custos, mas algumas promoções não permitem paradas. Passagens adquiridas com milhas também devem ser consultadas, já que cada programa de fidelidade possui suas próprias normas.

A diferença entre escala e conexão

Se você viaja com alguma frequência, provavelmente está familiarizado com a diferença entre esses dois termos. Ainda assim, não custa relembrar.

A escala é quando há uma ou mais paradas no meio do caminho, mas os passageiros não trocam de aeronave. Geralmente, essas pausas são destinadas ao reabastecimento do avião, e são bastante comuns em trajetos mais longos.

Já a conexão é quando você precisa trocar de aeronave no aeroporto para continuar rumo ao destino final. É comum que elas aconteçam em grandes aeroportos, como os de São Paulo, Rio de Janeiro, Brasília e Recife.

Você já aproveitou o stopover em alguma ocasião? Deu certo? Deixe um comentário e ajude outros leitores do Vivo Mais Saudável! Aproveite também para conferir outras dicas de turismo e planejar sua viagem com muito mais bem-estar.

TAGS
escala
conexão
avião
aeroporto

Comentários

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

SERVIÇOS PARA VOCÊ