Qualidade de Vida

22/05/2015 08:00 - Atualizado em 10/12/2016 04:13

Aprender a tocar guitarra estimula a cognição

Conheça os benefícios de praticar instrumentos musicais e adicione mais qualidade à sua vida.

POR

Redação

  • +A
  • -A

Mais que momentos relaxados de lazer, a música proporciona benefícios que vão muito além do que se imagina. Aprender a tocar guitarra, violão ou qualquer outro instrumento musical possibilita uma melhora efetiva no cérebro e na qualidade de vida.

Aulas de música na infância refletem em uma série de vantagens ao longo da vida. Mas o aprendizado musical não é restrito apenas às crianças: quem nunca teve contato com instrumentos também pode começar a tocar e aproveitar os benefícios.

aprender a tocar guitarra

Os benefícios dos instrumentos musicais

As vantagens da música no seu dia a dia são diversas. Entre elas, está o alívio do estresse. E você não precisa se restringir a escutar a sua banda ou artista favorito. O ato de tocar um instrumento pode ser extremamente benéfico para saúde.

A música tem o poder de melhorar a coordenação motora, o raciocínio, a audição e até mesmo a compreensão - tanto de crianças quanto de adultos.

Uma pesquisa realizada pelo Instituto Baycrest Rotman, no Canadá, revelou que adultos que tiveram contato com aulas de música quando crianças são 20% mais rápidos identificando sons. Ou seja, a perda de audição com o passar dos anos também pode ser retardada pelo uso de instrumentos musicais ao longo da vida.

Outra pesquisa da mesma instituição, publicada no periódico Psychological Science, mostrou benefícios cognitivos em crianças que passaram por um curso de quatro semanas de exercício musical. Foi confirmada melhora na inteligência, no vocabulário e no raciocínio.

aprender a tocar guitarra

Como aprender a tocar guitarra

O som da guitarra, em especial, é um grande atrativo do instrumento. Sinônimo de atitude e muita personalidade, ela possibilita criar acordes e solos incríveis, como os grandes astros do rock. Mas, para dominar a guitarra, é preciso muita disciplina e comprometimento. É o treinamento contínuo que leva o praticante à excelência.

A primeira dica para aprender a tocar guitarra é conhecer os acordes. Depois de familiarizado com eles, você poderá executar qualquer música. Além disso, é normal um pouco de dificuldade para formar os acordes com uma mão e segurar as cordas com a outra. Aos poucos, você estabelecerá maior confiança nas duas atividades.

Quem já é familiarizado com o violão pode ter mais facilidade para aprender a tocar guitarra, especialmente no domínio com as mãos.

Para identificar cada acorde, basta ler a cifra e posicionar os dedos de maneira correta, familiarizando-se com a posição de cada um. Você pode encontrar tutoriais na internet ou em revistas especializadas.

Comece com músicas simples. Acostume-se com o instrumento e com os sons. O treino constante levará você a novos níveis, possibilitando criar ou acompanhar músicas cada vez mais complexas.

Procurar um professor qualificado auxiliará você a aprender mais a teoria e tirar dúvidas que poderão surgir. Porém, não basta frequentar as aulas: tem que treinar em casa. Lembre-se que para aprender a tocar guitarra exige, antes de tudo, muito comprometimento.

Tocar um instrumento profissionalmente ou apenas como um passatempo deixará seus dias muito mais tranquilos, garantindo qualidade de vida e benefícios para o seu cérebro.

Vai apostar na guitarra? Então veja como escolher o melhor instrumento! E continue acompanhando o Vivo Mais Saudável para conferir mais dicas de bem-estar.

TAGS
música
coordenação motora
instrumentos musicais
audição

Comentários

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

SERVIÇOS PARA VOCÊ