Qualidade de Vida

14/06/2015 02:47 - Atualizado em 10/11/2016 09:49

Andragogia: Conheça os princípios do ensino para adultos

Adultos aprendem melhor com ambiente confortável e troca de experiências sobre a própria vida.

POR

Redação

  • +A
  • -A

De origem grega, a palavra andragogia quer dizer “educar adultos”. Basicamente, consiste num método educacional que busca entender as necessidades dos alunos e facilitar seu processo de aprendizagem.

Como as pessoas mais velhas aprendem na chamada “escola da vida”, essa experiência é utilizada para adaptar o conhecimento a ensinamentos práticos e reflexivos.

Desenvolvida por Malcolm Knowles, no século 20, a andragogia tem como finalidade encontrar uma aprendizagem concreta para criar novas competências, habilidades e conhecimentos. Segundo os preceitos do fundador, o método de ensino deve ser aplicado em ambientes confortáveis, flexíveis e informais. Saiba como.

Como funciona a andragogia?

Na andragogia, os currículos são direcionados de acordo com a necessidade dos adultos, valorizando a independência e a autonomia deles. Os objetivos são mais factíveis, exemplificados com situações e desafios cotidianos. Com estudos voltados à pesquisa, a pessoa conquista realizações pessoais e profissionais, aprendendo assuntos que permitem o exercício de erros e acertos.

Buscando manter o estudante sempre atualizado e informado, as técnicas de ensino valorizam a autogestão de aprendizagem, convidando os participantes a solucionar problemas sozinhos e entre os colegas.

andragogia

O ambiente é composto por adultos que confrontam suas experiências. O professor, nesse caso, serve como facilitador e mediador do processo. Os educandos, apesar de aprendizes, utilizam sua bagagem de vida como forma de entendimento recíproca, colaborando em aula com aquilo que vivem, adaptando e expondo pontos de vista.

As relações que se estabelecem na andragogia são colaborativas, de ensino conjunto. Porém, a motivação e as diretrizes partem de preceitos dos próprios estudantes. O espaço, assim, promove a resolução de problemas, incentiva a liderança, molda identidades e muda atitudes, tornando tudo mais significativo.

Os princípios da andragogia

Diferente de uma educação tradicional de alunos na escola, a andragogia adapta os conteúdos para os adultos, que também colaboram para organizar o currículo. O foco é no processo de aprendizagem em si, não meramente no ensino. Busca-se não só avaliar a capacidade de internalizar o conhecimento, mas, sim, de dar sentido à bagagem de informações que cada um traz.

Existem alguns princípios que orientam o processo andragógico. Conheça-os:

Necessidade: os adultos precisam estar sempre aprendendo algo novo.

Autoconhecimento: é necessário entender como é possível ser independente, mas estudante ao mesmo tempo. O conhecimento vem da administração das tarefas diárias.

Experiência: como a bagagem dos adultos é maior e as experiências são diversas, elas devem ser usadas como base para o aprendizado. Assim, preconceitos e hábitos mentais devem ser desconstruídos.

Prontidão: enfrentar o dia a dia deve se tornar mais fácil quando se aprendem novos assuntos com base em situações da vida real.

Orientação: a aprendizagem é orientada com foco na própria vida e nos problemas da rotina.

Motivação: desejo de satisfação profissional, melhora na autoestima e melhor qualidade de vida devem motivar novos aprendizados.

Gostou das dicas de bem-estar? Conte para nós! E continue acompanhando as novidades do Vivo Mais Saudável.

TAGS
ensino
experiência de vida
troca de experiências
aprendizagem

Comentários

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

SERVIÇOS PARA VOCÊ