Qualidade de Vida

14/07/2015 07:12 - Atualizado em 28/11/2016 03:53

Amor de irmãos se manifesta de diferentes maneiras

Jogador de futebol Neymar tatuou o rosto da irmã mais nova no braço.

POR

Redação

  • +A
  • -A

Apesar do estereótipo de competição, ciúmes e rivalidade, o amor de irmãos também está presente nas relações fraternais. Disputas e brigas sempre farão parte desse cenário familiar, mas é importante que os pais saibam dosar desentendimentos e incentivem a boa convivência.

De acordo com Marina Barcellos Barbosa, psicóloga e psicoterapeuta especialista em terapia de famílias, casais e indivíduos, essa relação é, sobretudo, um dos mais importantes e primordiais “laboratórios da vida”. Entenda como o amor de irmãos se manifesta.

amor de irmaos

Definição de relação fraternal

A psicóloga aponta que ter um ou mais irmãos possibilita que os indivíduos experimentem uma relação com iguais, uma vez que ocupam um posicionamento horizontal na hierarquia do sistema familiar. Além disso, Marina aponta que os irmãos desempenham um importante papel no desenvolvimento da compreensão da criança sobre seu mundo social, afetivo, moral e cognitivo.

“O relacionamento saudável entre irmãos é marcado por uma constante troca de experiências, de sentimentos de cumplicidade, de aprendizagem, de negociação, companheirismo e ajuda mútua”, define a psicoterapeuta. 

Entretanto, ela afirma que a relação fraternal muda ao longo do ciclo vital: “Enquanto na infância a relação atua como um fator estruturante, que oportuniza o aprendizado social e emocional, na adolescência é marcada por um maior distanciamento do núcleo familiar. Os interesses do sujeito estão mais voltados ao mundo externo, por isso ele investe sua energia nas relações sociais entre amigos e interesses extrafamiliares”. 

Marina adverte que, por essa razão, é essencial que espaços de conversa e troca de experiências sejam incentivados pelos pais. Na idade adulta, as pessoas criam seus próprios núcleos familiares e o amor de irmãos pode sofrer com um distanciamento. “Os irmãos partilham raízes e tendem a ser a relação mais duradoura da vida de cada um”, relata. 

De acordo com a psicóloga, os fatores que podem influenciar no amor de irmãos ficam entre a diferença de idade, o temperamento individual, a dinâmica familiar, as mudanças ocorridas ao longo do ciclo vital e o gênero, também, em alguns casos.

Segundo Marina, a diferença de sexo não é regra, assim como os outros fatores citados, mas pode influenciar sgnificativamente no relacionamento entre irmãos. “Irmãos do mesmo sexo podem ter uma maior identificação, mas também podem estar mais suscetíveis a pontos de conflito e disputa”, identifica.

Demonstrações de amor de irmãos

Recentemente, o jogador de futebol Neymar publicou em seu Instagram uma imagem da nova tatuagem que carrega no braço: o rosto de sua irmã mais nova, Rafaella.

A psicoterapeuta fala que, apesar de a homenagem ter ganho repercussão nas redes sociais, é importante pensar além do ato midiático. “A família tem um papel central na vida do jogador e os outros membros do núcleo (pai, mãe e filho) também já ganharam a mesma manifestação de carinho”, lembra.

amor de irmaos

Como lidar com irmãos que brigam constantemente?

A psicóloga alerta que os adultos necessitam de uma sensibilidade maior e de estratégias adequadas para lidar com as dificuldades entre os irmãos. “É importante que os pais atuem como mediadores de conflitos, de uma maneira construtiva, utilizando limites, negociações e soluções justas. O diálogo é sempre importante para que aprendam a conviver bem uns com os outros”, aconselha.

Marina acredita que os pais podem incentivar atividades que promovam o trabalho em equipe, brincadeiras e jogos que estimulem a cooperação para que possam se divertir juntos. “O bom relacionamento entre irmãos será construído na convivência diária, no diálogo e nas trocas de carinho, afeto e aprendizagens.”

Como você demonstra o amor por seus irmãos? Deixe um comentário! E continue acompanhando o Vivo Mais Saudável para conferir dicas de bem-estar para toda a família.

TAGS
família
relação fraterna
carinho
brigas

Comentários

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

SERVIÇOS PARA VOCÊ